Maconha parece estar ligada ao câncer de testículo

Por , em 16.12.2019

Um novo estudo americano descobriu que homens que fumam maconha todos os dias por uma década podem ter um risco 36% maior de desenvolver câncer de testículo.

Isso não significa que um a cada três fumantes pesados de maconha vão desenvolver câncer, mas sim que o risco de desenvolver a doença é aumentado em três vezes para cada indivíduo.

Metodologia

Os pesquisadores (do Instituto de Pesquisa e Educação do Norte da Califórnia, da Universidade Brown, da Universidade da Califórnia e do Memorial Sloan Kettering Cancer Center) revisaram 25 estudos sobre o assunto, que ao todo compreenderam 50 anos de dados coletados.

Infelizmente, as metodologias dessas pesquisas eram todas diferentes, o que impediu a equipe de tirar melhores conclusões. De qualquer forma, a ligação encontrada não é causal, ou seja, não podemos dizer que a maconha causa câncer, ao menos por enquanto.

De todo o modo, o risco de desenvolver câncer testicular não deve preocupar muito as pessoas, uma vez que é preciso ser um usuário muito frequente e antigo da droga para ver efeitos.

Lacunas

Vale notar que não conhecemos totalmente os impactos da maconha na saúde, e os cientistas não gostariam que as pessoas assumissem que a droga não tem consequências.

“Detestaria que as pessoas interpretassem isso como significando que o uso da maconha é completamente seguro. O fato é que não sabemos muito sobre o impacto do uso pesado, do uso em uma idade muito jovem ou sobre o uso de maconha que não seja fumada”, disse a pesquisadora Deborah Korenstein, do Memorial Sloan Kettering Cancer Center, ao Inverse.

Um artigo sobre a pesquisa foi publicado na revista científica JAMA Network Open. [Futurism]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (19 votos, média: 3,16 de 5)

Deixe seu comentário!