Cera de ouvido grudenta e excesso de odores são sinais de câncer de mama

Por , em 1.06.2009

Cientistas japoneses descobriram sintomas peculiares que podem indicar câncer de mama: cera de ouvido grudenta na orelha e forte mau cheiro nas axilas. Toshihisa Ishikawa, PhD, Professor do Departamento de Engenharia Biomoplecular do Instituto de Tecnologia de Tokyo é o autor principal do trabalho.

Para chegar a conclusões, ele e seus colegas monitoraram as atividades de uma proteína criada por um gene associado ao câncer de mama, denominado ABCC11.

Estudando este gene e seu complexo celular e interações moleculares no corpo, os pesquisadores descobriram uma ligação distinta entre o gene e odor intensivo nas axilas e cera de ouvido úmida e grudenta. Especificamente, os pesquisadores expressaram que o gene ABCC11 e suas proteínas variantes em cultua humana embrionária em células do rim mostrou exatamente como o gene produz este tipo de cera de ouvido e odor nas axilas.

A descoberta pode levar a ferramentas práticas para médicos clínicos – especialmente aqueles em países em desenvolvimento – para identificarem rapidamente quem pode ter um maior risco de câncer de mama.

O médico Gerald Weissman, editor-chefe do Faseb Journal diz que apesar de as mudanças na consistência da cera de ouvido, o mau cheiro é difícil de passar despercebido. Ao que parece, o tipo de cera de ouvindo está lligado ao mesmo gene que gera o mau cheiro. Esta pode ser uma descoberta que irá salvar vidas detectando o câncer de mama mais rapidamente. [Science Daily]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Estela Marques Correa Pereira:

    Eu adorei o site,quanto mais a gente le,mais assuntos interessantes vai surgindo,pode -se passar longo tempo entretido com assuntos que são muito importante para o nosso dia a dia e dicas para ficarmos de olho na saúde.
    Parabéns.

  • Maria José Maciel:

    Achei de grande valia esta reportagem, pois tudo que soubermos relacionado a esta doença nos ajuda na prevenção e nos cuidados com nossa saúde.

Deixe seu comentário!