Foto: a Nebulosa da Bolha

Por , em 5.10.2014
Copyright: Bernard Michaud

Copyright: Bernard Michaud

No meio de uma nuvem molecular, na direção da constelação Cassiopeia, encontra-se uma delicada estrutura que se assemelha a uma bolha, com 10 anos-luz de diâmetro.

O que ninguém imagina ao ver esta imagem é o processo violento que origina e mantém a bolha.

No centro desta nebulosa há uma estrela quentíssima, centenas de milhares de vezes mais brilhante que o sol, e 45 vezes mais massiva.

Esta estrela gera um vento estelar fortíssimo que, ao mesmo tempo, cria a bolha e a mantém. A estrela também energiza o objeto com radiações, fazendo com que ela brilhe, e é por causa deste brilho próprio que a nebulosa é classificada como uma nebulosa de emissão.

Esta intrigante nebulosa, que está catalogada com o nada romântico nome de NGC 7635, está a meros 11.000 anos-luz de distância de nós, na direção da Constelação de Cassiopeia (a rainha bela, vaidosa e arrogante, mãe de Andrômeda). A foto acima é uma imagem de falsas cores, na qual o vermelho representa as emissões do hidrogênio e oxigênio. A combinação delas foi usada para criar a cor verde.

Se alguém apontar um telescópio de 200mm ou 250mm em direção à nebulosa, ela é vista na forma de uma concha enorme e tênue em torno da estrela. Se for usado um telescópio um pouco maior, com 460mm, a forma irregular e levemente alongada no sentido norte-sul pode ser percebida. [APOD 02/10/2014, Wikipedia NGC 7635]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)

Deixe seu comentário!