Segredos de majestosa nebulosa são revelados em nova foto

Por , em 28.02.2012

A imagem mais detalhada até agora da conhecida nebulosa Carina foi tirada por um telescópio europeu, revelando características incríveis.

A paisagem cósmica de gás, poeira e estrelas jovens da nebulosa está localizada a 7.500 anos-luz da Terra.

A dinâmica de formação de estrelas da nebulosa dá aos astrônomos um importante campo para o estudo do desenvolvimento das estrelas massivas.

A nebulosa Carina foi a peça central de muitas fotos incríveis do espaço no passado, mas a maioria delas foi tirada com alcances muito pequenos do espectro de luz.

Dessa vez, ao usar capacidades infravermelhas do telescópio, a equipe conseguiu revelar alguns dos segredos da nebulosa.

Essa nebulosa contém algumas das mais brilhantes e massivas estrelas. Uma dessas gigantes é a Eta Carinae, que além de misteriosa, é muito instável. Ela era a segunda estrela mais brilhante no céu por muitos anos, no século 19, e os astrônomos acreditam que ela irá se destruir em uma violenta supernova em um curto período de tempo.

O grupo de estrelas brilhantes no centro da figura é um agrupamento chamado de Trumpler 14. Nos últimos milhões de anos, essa região do espaço formou muitas estrelas individuais e agrupamentos.

O Trumpler 14 pode ser facilmente visualizado em imagens comuns, mas nessa, com infravermelho, muitas estrelas mais fracas podem ser detectadas. No lado esquerdo da imagem, uma pequena concentração de estrelas amarelas pode ser vista. Esse grupo, que não pode ser visto sem infravermelho, foi encontrado agora pela primeira vez.

O novo panorama da Carina foi montado com centenas de imagens individuais, criando um intrigante mosaico da nebulosa. Aproveite! [Space]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 4,50 de 5)

14 comentários

  • magoado:

    coisas celestiais…….!!!

  • Mexirica:

    Aquela estrela gigante na beira da imagem ali é monstruosa, já pensou ela numa fogueira, meus marshmallows ficariam assados muito mais rápido.

  • Flor de Lis:

    Magnifíca imagem!

    • there:

      realmente magnífico a imagem e vc tbm!!!

    • Flor de Lis:

      Grata pelo elogio. Bjo.

  • alx:

    Como diria o nosso amigo Shun dos cavaleiros do zodiaco… POEIRA DE ANDROMEDOA kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • marcos de frança:

    muitissisimo interessante quando poderemos ir pra lá…

  • José:

    São tantas galaxias que seremos extintos é não conheceremos todas.

  • Marte:

    Como dizem os mineiros: coisa mais linda!

  • Jonatas:

    Ah o belíssimo complexo de Carina, onde se aninham mais de 5.000 massas solares na forma de estrelas jovens e massivas em recém formados aglomerados estelares, do tipo aberto, mesmo tipo das Plêiades. A grande estrela Eta Carinae é uma Hiper Gigante Azul, tem entre 50 e 150 massas solares e brilha como 4 milhões de Sóis. Sua explosão não será uma super, mas uma hiper-nova, a mais próxima jamais ocorrida perto daqui, em termos galácticos.

    • Marte:

      Desnecessário conselho: mantenha a sombrinha e a máquina fotográfica sempre a mão para a hiper-nova de Eta Carinae.;-)

    • André Luis:

      Será que a explosão desta hypernova seria visualmente mais incrível do que a explosão da Betegelse? Eu até agora só consigo localizar a Betegelse. Espero que estejamos vivos até ocorrer uma delas!

    • Jonatas:

      Provavelmente. Talvez vejamos uma estrela resplandecer maior que a lua cheia clareando as noites por algumas semanas, mas essa é uma suposição minha, baseada em leituras que já tive sobre a intensidade, suficiente para ser vistas até em distantes galáxias. Isso porque temos uma vista praticamente limpa de Carinae, só não a vemos brilhar em alta magnitude por causa de uma nebulosa que ela mesma formou a sua volta, mas esta será dissipada na explosão.

    • Marte:

      A briga é feia, mas tenho essa impressão. Quem viver verá.

Deixe seu comentário!