Novas imagens de Plutão mostram um incrível céu azul e água congelada na sua superfície

Por , em 10.10.2015
Atmosfera azul de Plutão

Atmosfera azul de Plutão

A sonda New Horizons da NASA continua a nos enviar belas e reveladoras imagens sobre Plutão e sua família de luas.

Recentemente, ela nos deslumbrou com as primeiras imagens coloridas de Plutão, revelando sua superfície escamosa (abaixo). Esta semana, descobrimos a cor da atmosfera do planeta-anão: azul!

plutao novas imagens (2)

“Quem teria esperado um céu azul no Cinturão de Kuiper? É lindo”, disse Alan Stern, investigador principal da New Horizons do Instituto de Pesquisa do Sudoeste em Boulder, Colorado, nos EUA.

Céu azul

Enquanto as partículas reais que compõem tal atmosfera provavelmente não são azuis (os cientistas pensam que são vermelhas ou cinzas), essa cor pode indicar muito sobre elas. Com base nesta tonalidade, os pesquisadores podem determinar seu tamanho e composição.

“Um céu azul muitas vezes resulta da dispersão da luz solar em partículas muito pequenas”, disse Carly Howett, também do Instituto de Pesquisa do Sudoeste. “Na Terra, essas partículas são moléculas muito pequenas de nitrogênio. Em Plutão, parecem ser maiores, mas ainda relativamente pequenas, partículas de fuligem que chamamos de tolinas”.

Detectadas pela primeira vez na atmosfera superior da lua Titã de Saturno, os pesquisadores creem que as tolinas são produzidas pela luz solar ultravioleta quando esta atinge compostos orgânicos atmosféricos.

Essencialmente uma “gosma orgânica complexa”, tolinas vêm em uma variedade de cores, dependendo de quais moléculas estão presentes e a quantidade de radiação que recebem. Experimentos de laboratório mostraram que o nitrogênio e metano – ambos presentes na atmosfera de Plutão – podem resultar em tolinas vermelhas. Isso pode explicar o material vermelho da superfície de Plutão e sua maior lua Caronte.

Tolinas

As tolinas são uma revelação importante.

Essas partículas poderiam ter implicações para a vida em outros mundos. Cientistas já produziram os blocos básicos da vida (aminoácidos) em experimentos usando tolinas.

Elas também podem fornecer informações valiosas sobre a idade da superfície de um planeta, e sua composição. Por exemplo, você tem um mundo onde tolinas se formam regularmente, quaisquer regiões carentes dessas partículas seriam ou muito jovens ou submetidas a processos de remoção, como chuva.

Água congelada

A New Horizons também nos deu outra surpresa esta semana: água congelada na superfície de Plutão.

Água congelada na superfície de Plutão

Água congelada na superfície de Plutão

Embora não haja grandes áreas de gelo exposto, existem muitas regiões pequenas. A equipe de pesquisa quer aprofundar essa descoberta, mas, no momento, os cientistas acreditam que as regiões podem ser mais extensas do que parecem.

A análise espectral sugere que a localização dos depósitos de água congelada correlaciona-se com as áreas vermelhas brilhantes nas imagens coloridas recebidas recentemente.

Isto é inesperado e pode indicar uma relação entre as áreas congeladas e as tolinas, que ainda não compreendemos. “Estou surpresa que esta água congelada seja tão vermelha”, diz Silvia Protopapa, membro da equipe científica da New Horizons, da Universidade de Maryland, nos EUA. “Nós ainda não entendemos a relação entre a água congelada e as tolinas na superfície de Plutão”. [IFLS]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 5,00 de 5)

1 comentário

  • Agnaldo Lucindo:

    E se existir forma de vida que nao precisa de agua pra sobreviver?

Deixe seu comentário!