FOX vai relançar “Cosmos”, minissérie sobre ciência e história do universo

Por , em 8.08.2011

“Cosmos”, a minissérie documentário americana de 1980 que incentivou uma geração de espectadores a contemplar as origens do universo e seu lugar nele, além de tornar o astrônomo Carl Sagan uma “celebridade”, vai voltar à telinha.

Só que, desta vez, a nave será dirigida por um piloto menos “técnico”.

Na sexta-feira, a rede de televisão Fox anunciou que ordenou uma série de 13 episódios de “Cosmos: Uma Odisseia no Espaço-Tempo”, esperados para serem transmitidos em 2013.

Como parte de uma equipe criativa que inclui Ann Druyan, viúva de Carl Sagan e colaboradora do original “Cosmos”, um dos produtores executivos é Seth MacFarlane, o criador, produtor, coestrela e espírito que anima a comédia irreverente da Fox, “Family Guy” (no Brasil, “Uma Família da Pesada”, que passa no canal pago FX, da Fox).

No entanto, por trás de uma sensibilidade cômica, MacFarlane se diz também um fã comprometido do primeiro “Cosmos”, que lamenta uma sociedade moderna que ele diz ter perdido o fascínio pela ciência.

“Nós estamos obcecados com anjos, vampiros e outros enfeites”, fala MacFarlane,”quando existem coisas muito mais emocionantes e muito mais reais para se falar e animar, que estão bem no nosso quintal planetário”.

Quando o original “Cosmos” foi exibido pela primeira vez de setembro a dezembro de 1980, foi um momento divisor de águas para a ciência como tema da programação de televisão. O olhar de Sagan da existência na sua forma mais maciça e microscópica acabou sendo visto por 400 milhões de pessoas em 60 países (no Brasil, o canal TV Escola exibiu o documentário dublado em português em março de 2008), tornando-se a minissérie de televisão pública mais assistida de todos os tempos, até o documentário “A Guerra Civil”, de Ken Burns.

Porém, agora, talvez seja difícil conciliar o espírito intrépido de “Cosmos” com uma época em que a NASA não tem nenhum sucessor claro para seu programa espacial que terminou recentemente. “Quanto mais velho eu fico, percebo um padrão de letargia em nossa cultura”, diz MacFarlane. “Conquistamos a lua, e então paramos”.

Assim, Seth MacFarlane começou a conversar e conhecer pessoas interessadas no projeto de retomar “Cosmos”, não com o objetivo de visar o público que já sabe que ama ciência, mas para atingir uma maior audiência e atrair pessoas que nunca tinham pensado nas maravilhas do mundo.

Com o apoio de MacFarlane, a equipe do novo “Cosmos” conseguiu reuniões com Peter Rice, o presidente da Fox Broadcasting, e Kevin Reilly, o presidente de entretenimento da rede, que deram a série o sinal verde. A nova série será produzida em conjunto com o canal National Geographic, que mostrará episódios depois que eles passarem na Fox.

MacFarlane parece ter uma carreira de entretenimento cada vez maior. Ele também é produtor executivo dos programas de animação da Fox “American Dad!” e “The Cleveland Show”, além de estar preparando um relançamento de “Os Flintstones” para a rede, lançando um álbum pop e dirigindo seu primeiro filme, “Ted”, sobre um homem que tem um urso de pelúcia vivo.

Ele disse que seu amor pela cultura e humor “baixos” fizeram dele um homem ímpar em “Cosmos”. “Talvez eu seja a pessoa menos essencial nessa equação”, afirmou MacFarlane, “mas, apesar de ser obviamente completamente diferente de tudo o que eu fiz profissionalmente, é um território muito confortável para mim”.

Ao contrário dos shows e desenhos de MacFarlane, o novo “Cosmos” não contará com piadas de cultura pop, e será apresentado pelo cientista Neil Tyson que conta, no vídeo acima, qual o fato mais incrível sobre o Universo. [NewYorkTimes]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

38 comentários

  • Campos:

    Este comentário é muito bom. Eu já o assisti há muito tempo, mas acredito que isto já está ultrapassado. Afinal tem mais de trinta anos e a cosmologia avança muito rápido, ultimamente.

  • enejonas:

    caramba adoro cosmos, ele passa sempre na tv escola!

  • Daniel:

    Assim como o Seth MacFarlane disse; hj em dia o publico se esqueceu que a ciencia é um assunto interessantíssimo. Jah assisti cosmos com o Carl Sagan e se esta releitura for lançada pretendo assistir denovo.

  • EltonPaes:

    Glauco é tão estranho… acho que as teorias da conspiração mexeu com o cabeção dele…
    sem ofensas!

  • T4T1:

    NÃO acredito no que eu li…Será perfeito!

  • ANDRÉ:

    FANTASTICO! Isto também me traz estímulos!!!
    A humanidade está precisando disso pois muitos ainda vivem na pré-história.

  • Campos:

    O fato mais incrivel não! os fatos mais incriveis. São muitos os fatos incriveis do universo. O principal deles, é que se anda ensinando coisas erradas nas escolas, sobre o universo. O big bang é como as histórias dos contos de fadas (mágicas): Um átomo primorial enche todo o universo de matéria que não cabe em seu interior mesmo comprimido ao máximo; Energia e matéria escuras, que continuam sem solução; matéria e antimatéria desafiando a fízica; etc. Tudo isso devido a teoria do big bang. Cálculos e mais cálculos desperdiçados. Para absolutamente nada.

    • Glauco:

      Esse é um cara q se esforça prá sair da caixa! Muito bom!

  • Alisson:

    Assistindo ao terceiro DVD da série Cosmos. Sou apaixonado por essa série. espero que essa tenha tanto sucesso quanto a original.

  • Canis Majoris:

    Carl Sagan é o mestre!

    • Glauco:

      Carl Sagan é um biltre…

  • Andy:

    Neil Tyson é dos cientistas mais legais da atualidade, sem dúvidas uma ótima contratação. Acho que além dele só o Richard Dawkins para conseguir sair da sombra de Carl Sagan.

    • Druyan:

      Richard Dawkins? auhhauhuaauhuahua

  • vicente:

    eu gostava da tv escola quando passava o cosmos cara akele programa era show XD

  • drew:

    cada vez mais descobrimos mais informações sobre o espaço,que esses filmes épicos ja estão em parte desatualizados,ai temos que refazer esses filmes com o nosso conhecimento atual.

    seria bem interessante ver a antiga edição deste e depois o atual para vermos o quanto o nosso conhecimento evoluiu.

  • Giselle Hannah:

    Boa iniciativa da Fox! Conheço muitos livros do Neil deGrasse Tyson e vai ser bem legal assistí-lo na TV.

  • Pensador®:

    Ótima notícia! Adoro a série Cosmos. Claro que nem todo mundo concorda com o que é dito. Eu só não concordo quando dizem que antes do Big Bang não havia nada. Como poderia não haver nada?!
    Isto é impossível. Sempre houve algo.

    • Kelvin:

      Então Pensador, esse “nada” é muito mais um paradoxo do que alguma coisa conclusiva. Imagine que o Big Bang criou todo o espaço e o próprio TEMPO! Quando se diz que não havia nada antes, é porque realmente não havia nada simplesmente porque não havia um tempo que possamos dizer que fazia as coisas “serem” e deixarem de “serem”. O que não quer dizer que nunca houve uma coisa se quer antes!

      O Hawking tem uma hipótese bem simples para explicar essa questão:

      Imagine um “supertempo” infinito, sem começo e sem fim, do qual uma linha perpendicular brota num determinado ponto de um trajeto infinito, essa linha é nosso tempo, é o tempo que podemos “perceber”, que começa e um dia termina. Juntando mais umas teorias que catamos pela curiosidade, o que há é o multiverso….ok, daqui em diante é só ficção científica pura.

    • xd:

      POde ser possivel ou nao, a Teoria de ‘M’ ou DE Cordas explica o espasso de tempo antes do big bang. (teorisa)xD

    • aguiarubra:

      Pensador!
      Antes do Big-Bang havia o “nada sabemos”. É desse “nada sabemos” que surgiu o Universo!

  • Glauco:

    msm q eu me cale, meus dedos contiuam!

    • Nicke:

      macacos usam os dedos para limpar a bunda tambem…

  • xd:

    Mas existe um’ Poerem’. Fox e conhecida por manipular informacao,sendo ela noticia e principalmente cientifica,eles nao querem que vc saiba de fatos,pq a fox e um canal fundamentalista Crtistao.Tomara que eles deixem o SET trabalhar livre pq ele e um otimo Produtor xD

    • Kelvin:

      Minha primeira reação:
      Cosmos? Remake?
      AEHHHHHH!!!

      Minha segunda reação:
      Fox?
      NNNNÃÃÃÃÃOOOOOOOO!!!!!!!!!

      Mas temos Tyson! Ele é como uma “reencarnação” mais divertida do Sagan, se o remake não der certo é porque ele desafiou os fundamentalistas da Fox!

  • Ícaro Lago:

    melhor notícia do dia!

  • Ozzy:

    eu adoro a série, “O Universo”, que passa no History Channel, com certeza vou gostar dessa!

  • JUCABALA:

    Ótima noticia

  • Ze da Feira:

    aaaaah! ache que o Seth ia apresentar ! ele é o máximo.

  • Gilberto:

    Quem já assistiu a série original ou leu algum livro do Carl Sagan (O Mundo Assombrado pelos Demônios como exemplo), sabe a maravilha que é explorar o infinito do universo.
    Tomara que essa nova série seja tão boa quanto a antiga.

  • Fernando:

    Putz grila !
    grande notícia.,; principalmente para a geração q acha q só a fantasia e a tecnologia tem super-poderes !

  • Glauco:

    Essa não! Desinformação para as massas!!

    • Kelvin:

      Glauco,

      Se Cosmos, ou um remake dele, é desinformação para as massas, então realmente eu não vejo futuro nenhum numa humanidade que assiste televisão aberta, principalmente no Brasil…

      Agora, se um mínimo de pessoas conseguirem entender a diferença entre o que é Admiração e Ceticismo, e a necessidade de exercer ambas as atividades de forma harmônica, então sim, talvez já seja muito tarde para ser um pessimista.

    • Glauco:

      Exatamente…

    • EltonPaes:

      Desinformação para as massas?
      Então vai assistir novela, lá vc aprende bastante coisa boa pra vida…
      como por exemplo matar o irmão a mãe, roubar o pai…

    • Marte:

      Nobre amigo: antes Cosmos do que BBB. Pelo menos as massas estarão com alguma informação relevante. E creio que depois da série O Universo neguinho não vai querer pisar na bola, agora existe um parâmetro, e dos bons. Quem viver verá. Abração!

    • Glauco:

      Outro programa que não presta.

      Enquanto a astronomia estiver travada em seus quatro axiomas, nenhum programa de televisão sobre o assunto vai prestar.

    • Giselle Hannah:

      Glauco, o seu queridíssimo professor não é a única pessoa no mundo que está correta. Eu acho impossível que essa conspiração para que as pessoas não saibam da Verdade (seja lá qual for)é pouco provável. Todas as vezes que você comenta parece que todo o mundo está errrado e que só você e alguns outros tem a Verdade mantida para si e que o resto é muito cego e não vê a “verdade”. O que você diz só faz sentido para si. Muitas das novas teorias científicas “descartam” as antigas, é verdade, mas muitas também as sustentam. Então, por favor, pare de dizer que todos estão errados, se o que o seu professor (esqueci o nome dele) diz é verdade, logo todos os outros cientistas irão descobrir que ele está certo e irão concordar com ele. Ok?

    • Glauco:

      Não, nunca vão concordar com ele. Tente ouví-lo em seu programa de rádio semanal para entender porquê.

      Acesse jmccsci.com e procure a página de programas semanais. É difícil de encontrar, a página é bem bagunçada.

Deixe seu comentário!