Novo fóssil de dinossauro de quatro asas é encontrado

Por , em 27.03.2012

Ele teria aproximadamente o tamanho de um pombo, cobertura de penas que o davam um aspecto de corvo e um formato de cauda que parece a de um pavão. Apesar disso, este animal que acabamos de descrever não é um pássaro moderno, e sim um recém-descoberto dinossauro de quatro asas, que viveu há cerca de 130 milhões de anos.

Esta nova espécie, segundo pesquisadores da Universidade de Akron, em Ohio (EUA), seria pertencente ao gênero Microraptor, descoberto pela primeira vez em 2003. Tal gênero era composto por dinossauros carnívoros e emplumados, que habitavam a região nordeste da China desde o início do período Cretáceo (o último dos três grandes períodos em que houve dinossauros).

O Microraptor zhaoianus é peculiar por sua estrutura e por sua coloração. Na estrutura, destaca-se o fato de ter quatro asas ao invés de duas, já que as patas traseiras também eram dotadas de uma estrutura com penas.

Apesar disso, os cientistas acreditam que tais penas tinham papel meramente decorativo e o Microraptor sequer podia voar, uma vez que sua cauda comprida era um empecilho prático. Na primeira descoberta, os cientistas imaginaram que tal cauda seria um auxílio aerodinâmico, mas provavelmente ela fazia justamente a função contrária.

Outro fator interessante sobre este dinossauro é sua coloração, que os cientistas descobriram através da análise dos melanossomas, substâncias responsáveis por dar coloração às penas. Quanto mais os melanossomas estiverem condensados na estrutura da pena, mais escura ela era, e vice-versa.

Baseando-se nisso, os pesquisadores afirmam que o Microraptor tinha penas negras. O fato de serem negras, no entanto, esconde outra curiosidade: elas também eram iridescentes.

A iridescência é um fenômeno pelo qual uma superfície muda a cor e a intensidade do brilho conforme o ângulo do qual é observada, tal como uma bolha de sabão que reflete o arco íris. Mas os cientistas ainda não sabem precisar “quão brilhante” o Microraptor era. [MSN]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

7 comentários

  • maico mota maico mota:

    Daria uma bela Canja kkkkkkk

  • R^ml:

    Dificil acreditar que não era uma ave, ou que não voava…

  • Thomaz Lipparelli:

    A morfologia destes animais pré-históricos fornece evidências favoráveis sobre o processo e o resultado da evolução orgânica e nos traz entendimento sobre as forças que regem o curso da vida neste planeta. Entretanto, obter uma visão sobre o curso da vida no tempo e no espaço não é para todos.

  • nght:

    tinha que ser asiático…

  • CASTOR:

    daria uma tatuagem maneira

  • Jonatas:

    Similar a um animal previsto por métodos evolucionistas para voar pelos céus das cordilheiras daqui 100 milhões de anos no futuro:
    Quadriptérus Azul

    Animal interessante esse microraptor, mais uma amostra grátis da evolução em ação.

Deixe seu comentário!