Núcleo da Terra tem a capacidade de se regenerar

Por , em 5.08.2010

Se você prestou atenção às aulas de Geologia, talvez se lembre que o núcleo da Terra se estende por 3500 km, partindo do centro, e é composto por uma certa porcentagem de Níquel, um pouquinho de outros metais, mas a maior parte é feita de Ferro. Pesquisadores da Universidade de Toulouse (França) afirmam que esse sólido núcleo de Ferro é capaz de reconstruir a si mesmo a cada 100 milhões de anos.

Ele se regenera constantemente usando o seguinte método: enquanto um dos lados derrete devido à altíssima temperatura (segundo estimativas, algo em torno de 5500°C, semelhante à superfície do Sol), o outro se re-solidifica. Quando o lado solidificado começa a derreter, 100 milhões de anos mais tarde, o primeiro já está se solidificando, assim, forma-se um ciclo.

Isso pode explicar porque o núcleo transmite ondas sísmicas de diferentes intensidades na porção ocidental e oriental do planeta, seria porque um dos lados do núcleo está sólido e o outro não. Segundo a teoria dos pesquisadores, é o nosso lado do núcleo, o ocidental, que está se solidificando nesse momento, enquanto derrete no hemisfério oriental.

Mas esse tempo estimado para um ciclo, 100 milhões de anos, é apenas uma teoria. Mas se for realmente verdade, é bom que os orientais se preparem, porque o lado do núcleo deles ainda estará se derretendo por um bom tempo. [New Scientist]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

  • André:

    Ocidental e Oriental em relação a que? Norte e Sul são hemisférios demarcados por um fenômeno físico, mas Leste e Oeste são políticos, imaginários… A não ser que o cara que inventou o Meridiano de Greenwich fosse um médium iluminado que recebeu as coordendas diretamente de um elemental da terra, certamente nosso conceito de oriental e ocidental não vale nesse caso…

Deixe seu comentário!