Consumimos em apenas 8 meses o que a Terra leva 12 para produzir

Por , em 10.08.2016

Desde 1987, medimos anualmente quanto tempo levamos para consumir o equivalente a 12 meses de produção de recursos naturais pelo planeta Terra. Quando chega o dia em que atingimos essa cota de consumo, ele é chamado de Dia da Sobrecarga da Terra. A cada ano que passa, esse dia é alcançado mais cedo, mostrando que estamos consumindo mais e mais recursos naturais.

Em 2016, este dia foi 8 de agosto – ainda temos 145 dias até o fim do ano. Em 2015 foi em 13 de agosto, em 2014 foi dia 19 de agosto. No primeiro ano de registro, 1987, o Dia da Sobrecarga foi alcançado apenas no dia 19 de dezembro.

“Nós usamos mais recursos naturais do que a natureza pode repor. Fazemos isso com a pesca exagerada, explorando as florestas de forma exagerada e emitindo mais dióxido de carbono na atmosfera do que as florestas conseguem absorver”, diz uma nota publicada no site da Global Footprint Network.

tabela recursos naturais

Para colocar esses números em perspectiva, neste momento precisaríamos de 1,6 plantas Terra para suprir tudo o que utilizamos em apenas um ano.

Se todo mundo no planeta consumisse esses recursos na proporção usada pela Austrália, precisaríamos de 5,4 planetas para repor o consumo. Se todos consumissem a mesma quantidade que os estadunidenses, precisaríamos de 4,8 Terras. Mesmo no Brasil, um país em desenvolvimento, o consumo é quase o dobro do considerado sustentável.

Segundo a GFN, o que mais pesa nessa sobrecarga do planeta é a emissão de dióxido de carbono. Se quisermos seguir o compromisso assinado em 2016 no Acordo de Paris, precisamos mudar nossos hábitos com urgência.

“Este modo de vida vem com muitas vantagens, mas torná-lo realidade exige esforço”, diz Mathis Wackernagel, co-fundador da Global Footprint Network. “A boa notícia é que é possível fazer isso com a tecnologia que temos hoje, e é muito vantajoso financeiramente”.

Essas mudanças vão estimular setores em crescimento como energia renovável, ao mesmo tempo em que são reduzidos os riscos e custos associados ao impacto da mudança global. Segundo ele, a única coisa que precisamos melhorar é a vontade política para que isso aconteça.

Alguns países já começaram essa mudança. Costa Rica conseguiu gerar 97% de sua eletricidade com fontes renováveis nos três primeiros meses de 2016. Reino Unido, Alemanha e Portugal também bateram recordes neste ano com esse tipo de energia limpa. [Gizmodo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 5,00 de 5)

2 comentários

  • EvandroJGC:

    Os dados do gráfico são antes ou depois dessas medidas tomadas que bateram recordes?

    • Cesar Grossmann:

      São referentes a 2016, pelo que eu entendi. O ano não terminou, mas é para isso que serve a extrapolação.

Deixe seu comentário!