O engenhoso próton que encolheu

Por , em 8.07.2010

O próton, uma das mais conhecidas e básicas estruturas que formam a matéria, esteve guardando alguns segredos. Essa semana, cientistas descobriram que seu núcleo é 4% menor do que se achava. E o que isso muda na sua vida? Nós já explicamos:

Os prótons, como você deve lembrar das aulas de química e física, são partículas elementares de carga positiva. Juntamente com nêutrons e elétrons, eles formam os átomos que, por sua vez, formam o Universo.

Os cientistas descobriram que o próton é menor disparando raios laser em uma versão do átomo de hidrogênio (que consiste de um elétron e de um próton). O experimento deixou claro que o raio do próton é menor. E essa descoberta significa que a teoria que explica como a luz e a matéria interagem deve ser revisada ou então que a constante usada em muitos cálculos envolvendo prótons está errada.

E isso afeta várias áreas da ciência. Na astronomia, por exemplo, a forma com que se calcula os elementos químicos de outras galáxias usando espectroscopia pode estar errada!

Pode não parecer muito significativo para nós, meros mortais, mas segundo os físicos é uma discrepância muito séria que pode significar uma nova teoria de eletrodinâmica quântica.

A medida “errada” foi tirada há 10 anos atrás, em um instituto alemão. Ou seja, não só os alemães confiaram em um polvo para dizer que iriam perder as semifinais para a Espanha, mas também podem ter feito besteira com a mecânica quântica – com todo o respeito, afinal, durante 10 anos, ninguém conseguiu provar que eles estavam errados.

Agradecemos ao leitor Diego Willrich pela dica! Quer sugerir um tema para o HypeScience? Comente ou mande um e-mail! [LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

12 comentários

  • franbogado:

    Desde sempre a ciencia tem encontrado falhas e equivocos nos dados e calculos.
    É disso que é feita a ciencia e não de JARGÕES!

  • Ercy Miranda:

    Eu não entendi o que é um próton, mas isso deve ser realmente muito interessante pra quem sabe do que vocês estão falando.

  • Farofa:

    pode ser também ctrl (gira o scrool do mouse)
    olha que impressionante
    para cima aumenta
    e para baixo diminui

  • Cesar:

    O Windows tem uma “lente de aumento”, apropriada para quem tem deficiência visual.

  • Diogo:

    Grande desperdício… Um monitor de 22″ pra uma pessoa q num sabe, sequer, dar um ctrl + . Tsc Tsc.
    ————————————————————-

    O que 4% no mínimo tamanho do próton muda na teoria da eletrodinâmica quântica ??

  • gabriel:

    se achando com 22″, veio de onde loco, do centro da terra?
    Século 21 cara, monitor de 22″ é tipo pedra, cada passo que da se chuta um.

    Se não ta ligado de um Ctrl +, ou compre um óculos……kkkk

    Quanto ao artigo muito interessante!

  • Miguel Galli:

    Eu todiboa com o meu 54″ e óculos 3d..podem escrever em qualquer tamanho…!

  • Eduardo Garcia:

    O que eles dispararam pode ser considerado um raio, mas mais especificamente um múon negativo ao qual tomou o lugar do eletron, pelo seu tamanho ser maior que do eletron ele pode indicar com precisão o tamanhho do proton!

  • Marcos:

    Só um esclarecimento: O Marcos do monitor 22″ não sou eu não !
    Ainda estou no velho e bom 14″ …
    Abraços

  • Tony:

    Aff povo ridículo. Um reclama e o outro paga de cuzão. Conhecem ctrl +, ctrl – e ctrl 0 ? Testem talvez mudem a vida de vcs.

  • Joel:

    Bananão, quis usar os comentários só pra dizer que tá com
    um monitor de 22″, sabendo que a grande maioria tem menor,
    e vc vem com essa “Ler assim num 22” tah muito chato…” otário
    tu deve é ta num de 14″ de tubo…

  • Marcos:

    Por favor donos do site, aumentem o tamanho das letras como estava no site antigo, e mais escuras… Ler assim num 22” tah muito chato…

Deixe seu comentário!