Descobertos dois novos planetas com inédita atração gravitacional

Por , em 23.08.2010

E seguem havendo descobertas interessantes para além do Sistema Solar. Astrônomos do Caltech (Instituto de tecnologia da Califórnia) anunciaram a descoberta de dois novos planetas, em torno de uma estrela próxima de morrer. Essas duas novas localidades do Universo estão situadas logo ali: a cerca de 223 anos-luz da Terra.

Trata-se de dois gigantescos planetas, cuja composição básica é feita de gases. Os planetas estão próximos um do outro de uma maneira jamais observada antes, devido à sua atração gravitacional mútua.

Esta é a mais recente descoberta de um longo processo de estudos sobre planetas extra-solares, que nos últimos anos têm fornecido descobertas ainda mais estranhas e surpreendentes do que nossos planetas vizinhos, segundo os cientistas do Caltech.

Os astrônomos afirmam que existe um risco real de destruição de todo um sistema planetário quando há uma proximidade gravitacional muito forte entre dois planetas tão grandes. Estas grandes (literalmente) descobertas estão distantes uma da outra apenas 0,35 Unidades Astronômicas (cerca de 53 milhões de km, semelhante ao que separa a Terra de Marte). Exercem uma atração gravitacional mútua que é 4 vezes maior que entre a Terra e o Sol, 700 vezes maior que entre a Terra e a Lua e 3 milhões de vezes maior que a força gravitacional entre a Terra e Marte. Em suma, os planetas estão terrivelmente próximos.

Para detectar casos semelhantes em outros pontos do Universo, os cientistas estão monitorando 450 estrelas de massa equivalente, em torno das quais eles encontram aglomerados de planetas. A massa estelar é determinante para saber o quanto há de planetas em torno, porque a quantidade de matéria-prima disponível para o surgimento de corpos celestes varia conforme a massa da estrela principal.

Estes planetas têm massa semelhante à de Júpiter, mas apresentam uma órbita em torno de sua estrela muito menor que a dele. Enquanto Júpiter completa uma volta em torno do Sol em 12 anos terrestres, estes planetas contornam sua estrela-mãe em no máximo 2,3 anos.

Daqui a algum tempinho, entre 10 e 100 milhões de anos, como explicam os cientistas, essa proximidade acabará por fazer com que os planetas se agigantem, inchem e expulsem todos ou outros corpos celestes e satélites naturais de perto deles, causando uma instabilidade gravitacional que pode afetar grande parte do universo. Quando isso acontecer, se protejam! [msnbc]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

21 comentários

  • sabrina:

    tem como respirar nesses planetas?

  • lIRO:

    SEI NÃO VIU…… AINDA SABEMOS MUITO POUCO SOBRE TODA ESSA IMENSIDÃO. NEM SE QUER SABE-SE SE É INFINITO. ESPERO QUE NOSSO PLANETA RESISTA PARA DAQUI A ALGUMAS CENTENAS OU MILHARES DE ANOS A HUMANIDADE POSSA CONHECER NOVOS TIPOS DE SERES, QUANDO DESCOBRIREM VIDA EM OUTROS PLANETAS, POIS HÁ MAIS VIDA NESSA IMENSIDÃO, ISSO É INDISCUTÍVEL.

  • miliana fossile fragoso:

    podes ateh viver em 2012 mais sabes q o mundo naum e o msm de antes… mais ainda podemos muda essa histiria…e sim km ando dizendo eu gosto muito de ciencias fisicas…e muito importante sabermos td sobre o nosso planeta td oq involve vida…..woooooooooow bjksss ateh a proxima!!!

    • celson:

      Ler como vocês escrevem é de dar medo. Que português terrível! Vão estudar pessoal. Ninguém merece !

  • miliana fossile fragoso:

    e muito enteirecante pq a precisamos saber sobre td q envolve at terra…gosto muito d ciencias fisicas

  • Brunna:

    Nossa , sera q isso e verdade não quero ser engolida por luz =/ , mais sera q ate esse tempo vamos estar aqui ? vi na tv q descobriram o planeta agua um planeta q tem agua e assim q souberem o fim da terra muita gente vai rapa da qui ;D

  • S-Z Master:

    É Mentira muitos de nos passaremos de 2012 Junior
    Isso que falam de 2012 é enteressante mais e uma grande mentira!

  • junior:

    pessoal ,se liga somos apenas um atomo comparando o universo e vcs imaginam que podemos mudar algo aguardem e vera que 2012 esta proximo e nao passaremos de 2012

  • eduardo ;):

    Que coisa em, Mais planetas e bem grandes ja penso se les se chocam pela sua atação gravitacional EITAH MAH!
    (Aran claudia senta lá)

  • lais:

    BOM O MUNDO ESTA JA MUITO DESENVOVIDO ANTES NOS NAO SABIAMOS NEM O QUE ERA RECURSOS MAS HOJE JA DESCOBRIRAM UMA GRANDE ATRAÇAO GRAVITACIONAL JA EM DOIS PLANETAS DA QUI UNS DIAS JA VAM PENSAR QUE NESSES PLANETAS JA VAI TER ATE EETHE…..UM MARCIANO;;;

  • Ozzy Osbourne:

    sinceramente, 223 anos-luz é uma distancia pequena na astronômia, se a estrela esta realmente em “fim de carreira”,
    pesquisem supernovas, quando esta morre ela chega a brilhar normalmente mais do que toda galaxia dependendo de sua massa, seriamos engolidos por um clarão de luz, ja li aqui mesmo nesse site sobre um local de nossa galaxia de estrelas velhas onde é impossivel haver vida, pois com essa explosoes seguidas nada de vida complexa pode existir…

  • Cleyton:

    É mais do que provado que um dia a vida na terra vai perecer, porém até lá ja estaremos povoando outros planetas, assim como nossos ancestrais fizeram com a terra. Ou alguém acha que somos nativos daqui? Híbridos talvez, mais nativos evoluídos aqui como as outras espécies sinceramente não creio.

  • michel:

    somos um virus! estamos crescendo rapido de mais, ficando espertos de mais, o universo está preparando os anti-corpos.
    e agora o que faremos?
    desistimos, miramos uma vida de puro conforto e lazer esperando a morte ou nos unimos, lutamos e nos expandimos a dominar essas forças que podem nos matar a qualquer momento??

  • Cesar:

    Não estou entendendo a causa de tanta celeuma.

    Os planetas estão a 223 ANOS-LUZ. Obviamente a esta distância a influência deles sobre nós é ZERO. Se alguém acha que eu estou errado, então troque os anos-luz pela distância em quilômetros: um ANO LUZ tem aproximadamente 9 TRILHÕES DE QUILÔMETROS. Façam as contas. Depois considerem que a influência da gravidade cai com o inverso do quadrado da distância, ou seja, CAI MUITO RÁPIDO.

    Quanto às dimensões do Universo, não há nada de mais nisto, temos telescópios e pessoas inteligentes usando eles, e pelo que sabemos (que não é pouco), o Universo visível tem um raio de cerca de 13,72 bilhões de anos-luz, e a melhor estimativa para o raio do Universo é de 78 bilhões de anos-luz, no mínimo (pode ser maior, pode até ser infinito).

    Vocês tem que perder esta mania besta de achar que os cientistas sabem menos que vocês. Eles sabem MAIS. MUITO MAIS. É o que se espera de quem estuda MUITO MAIS QUE VOCÊS. Vocês tem que aprender a serem humildes e ouvir quem sabe mais, quem sabe vocês não aprendem alguma coisa? Mas para isto primeiro tem que deixar de lado a arrogância.

  • Fátima Rocha:

    Alguém que puxe pela cabeça! Um evento desses a 223 anos-luz da Terra não tem efeitos por cá, quanto mais afectar grande parte do Universo! Como se soubessem a dimensão do Universo!
    Ele há cada uma!
    Ainda se fosse a explosão duma super-nova ou fulgurações de estrelas de neutrões, poderiam haver efeitos na Terra; mas desta situação é muito pouco provável que sequer se saiba alguma coisa, até 223 anos depois, através de telescópios potentes, detectarem alterações luminosas associadas ao evento.

  • Genivaldo:

    Para a matéria é longe demais mais, para o espírito é perto demais, o universo é vivo pois o Pai dos espíritos os fez assim, somos espíritos encarnado neste corpo onde sofremos um influência da carne com o espírito. Todo universo engrandese a Hashem = Eterno e ele renova os espíritos na terra, agrade ao Todo Poderoso e ao Ben Yeshua = filho Jesus, contemple as belesas que ele cria o Adonai Eterno.

  • Marcos:

    Olá a todos !
    Jorginho, nesta ocasião, já estaremos todos em espírito hehehe
    Abraços

  • Eduardo R. V.:

    E tem gente falando de blá blá blá próxima geração. Se não resolver agora, não tem próxima geração.

    Esse Universo é coisa fantástica mesmo.

  • Addler Martin:

    Só lembrando, Jorginho… é 100 MILHÕES de anos!

  • Jorginho:

    Isso deve ser chocante !
    Mas, peraí!!! Nossa civilização chegará ao menos no ano 2100!?
    Do jeito que anda as coisas por’aqui… Tenho dúvida se chegaremos a 2050!

    • sabrina:

      isso so depende de DEUS porque so ele determinara ate que dia iremos viver na terra!!!!!!!

Deixe seu comentário!