O primeiro vírus de computador foi lançado há 40 anos atrás

Por , em 17.03.2011

Você conhece o The Creeper? Ele é o primeiro vírus que surgiu, em 1971, que simplesmente enviava uma mensagem: “Sou o Creeper, pegue-me se for capaz”.

Esses primeiros vírus eram apenas irritantes, sem prejudicar o funcionamento do computador e só serviam para provar o que o programador conseguia fazer.

O Creeper, por ser muito antigo, não foi repassado através da internet. Mas depois da consolidação da rede, os vírus eram transmitidos de usuário para usuário. Em 1990 havia cerca de 1300 vírus conhecidos. Hoje, há mais de 200 milhões. Será que algum leitor consegue estimar quantos vírus existirão daqui a outros 40 anos? Deixe sua opinião nos comentários e, se você já foi infectado por algum vírus, conte sua história. [Gizmodo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 3,00 de 5)

11 comentários

  • Jhones Tressmann:

    Meu pc foi infectado por uma especie de cavalo de tróia q multiplicava meus arquivos, e quando eu apagava, voltava novamente dentro de alguns minutos.

  • Thiago César:

    Lembro do primeiro vírus que peguei, creio que no windows 95.
    Chamava-se “Natas” ou algo parecido.

  • Luan Carlos:

    Maldito Cavalo de troia!! º_º

  • Eric:

    “O Problema esta entre a cadeira e o monitor”

  • André luz:

    @IGOR
    deixe-me advinhar, vc nao usa antivirus ? hahaha

  • estrôncio:

    Obviamente muitos vírus também ficam obsoletos.
    Já o “meu” querido barrotes que me atrofiou o PC em 4 de Janeiro de 1994 ou o FLIP Omicron partitation tb me encheu a paciência em dezembro de 1992, duvido que façam algo hoje em dia.

  • Rodolfo:

    Todos os dias são criados novos vírus, sendo que a grande maioria dos vírus atacam o Sistema Operacional Windows (nas suas diversas versões).
    Ter um antivirus não resolve 100% o problema, tanto que há muitos casos que o antivirus está atualizado e ainda a máquina é infectada. A razão é simples: primeiro criam o vírus, depois a vacina! E além disso: o antivirus, por melhor que seja, não consegue prever todas as vezes se aquela ação solicitada por um programa foi solicitada é desejada pelo usuário ou não.
    Depois de ouvir as histórias de pessoas próximas serem roubadas na Internet, já não tenho muita coragem de usar o Windows quando faço compras ou pagamentos pela Internet. Uso o Ubuntu Linux para ficar tranquilo. Até hoje, desde a criação do Linux, pelo que ouvi falar, estima-se terem sido criados cerca de 6 vírus para Linux. É um sistema muito seguro.
    É interessante notar uma coisa: quando você se conecta a um banco ou site de compra, e o site tem criptografia alta, isso nos deixa tranquilo com relação à transmissão. Porém, isso não garante que as informações digitadas na máquina utilizada não serão roubadas. Então, não adianta nada você ter um canal de comunicação criptografado se na sua própria máquina tem um software coletando suas informações e enviando-as para um hacker.
    Mais uma informação: na China hackers vendem aos montes dados de cartão de crédito, e bem baratinho. Existe um mercado por trás disso 😉

  • Gilberto:

    Se o pessoal usar linux, vai dar uma travadinha nos virus, daí em quarenta anos poderemos continuar com os 200 milhões mesmo.

  • big bang:

    Eu me lembro do primeiro virus q vi, era chamado de ping pong e foi no final dos anos 80, la por 89, 90. E depois apareceu aquele “fuck you” q so xingava. Nossa como to velho…

  • Bruno Juncklaus:

    Acho que vou começar a acessar esse Gizmodo da fonte aí. Mó legal o site.

  • IGOR:

    Até hoje não tive nenhum virus! 😀 mesmo baixando um monte de coisas!

Deixe seu comentário!