Hemorroidas: o que são?

Por , em 27.11.2012

Se você está sentado confortavelmente em frente ao seu computador, provavelmente não tem hemorroidas. Afinal, sentar e até caminhar podem se tornar tarefas difíceis (e doloridas) para quem tem esse problema.

As hemorroidas são uma condição bastante conhecida, mas você sabe o que elas realmente são?

O que causa hemorroidas

As hemorroidas surgem quando as veias ao redor do ânus ou do reto se inflamam ou dilatam. Estima-se que metade de todas as pessoas terá essa experiência dolorosa até os 50 anos de idade.

Hemorroidas podem surgir por diversos motivos. Vários deles nos induzem a fazer mais força na hora de fazer o “número dois”, como a prisão de ventre, por exemplo. Por isso, é importante ter uma dieta rica em fibras e líquidos.

Outra dica para ficar livre das hemorroidas é fazer exercícios físicos, pois uma vida sedentária diminui o estímulo para a digestão dos alimentos e a irrigação sanguínea do ânus. A obesidade pode exercer pressão sobre as veias da parte inferior do abdome – assim como a gravidez – e causar o problema.

Em algumas situações, não tem como fugir das hemorroidas. Muitas pessoas tem predisposição para desenvolver a doença, com casos na família. O sexo anal também pode fazer com que as veias se inflamem, pois pode produzir fissuras em uma região muito vascularizada.

Sintomas

Os sintomas de hemorroida são dor e coceira ao redor do ânus, sangramento através do reto ou sangue nas fezes e dor na hora de utilizar o banheiro. O sangue nas fezes também pode ser sinal de doenças mais graves, como o câncer. Por isso, é essencial consultar o seu médico caso apresente esses sinais.

Tratamento

O tratamento para as hemorroidas pode ser feito com pomadas e supositórios. Em casos mais graves, a cirurgia pode ser necessária para a retirada das veias doentes.

Hemorroidas são mais comuns nas pessoas entre 45 e 65 anos. Mesmo que você seja mais jovem, vale a pena seguir as dicas de manter uma dieta equilibrada e fazer atividade física. [LiveScience/Drauzio Varella, foto de Cayusa]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

3 comentários

  • Flora305cc:

    A hemorroidectomia é uma cirurgia muito dolorosa. Mas agora existem novas técnicas, mais modernas e quase indolores que oferecem um pos operatorio melhor aos pacientes. Eu conheço a THD e recomendo enormemente! Jà se passaram 4 meses da cirurgia e nunca mais tive problemas.

  • Carlos Chaves:

    Um medico me falou que índios não sofrem desse problema pois vivem na mata e ao sentirem a necessidade de evacuar dão uma paradinha e fazem logo serviço e seguem a jornada , mas particularmente acredito que o maior problema é o fato de nos sentarmos em privadas que são antinaturais pois o normal seria agachar de cocoras para fazer o serviço pesado a diferença será notada em pouco tempo, o que confirma a situação favorável dos índios .

  • Cesar Grossmann:

    A causa número um das hemorroidas é que não fomos “projetados” para ficar em pé. O reto é altamente vascularizado e absorve o que puder de substâncias nutritivas que as fezes ainda tenham, e como consequência é bastante vascularizado, mas as paredes dos vasos não foram feitas para suportar a pressão de um corpo em pé. O resultado é a dilatação. Hemorroidas.

    Mais uma prova que não fomos “projetados”.

Deixe seu comentário!