Partes do cérebro são maiores em quem é mais sociável

Por , em 27.12.2010

Se você passa muito tempo com os amigos, uma parte específica do seu cérebro pode ser maior do que o habitual. Uma nova pesquisa descobriu que a amígdala, que fica numa parte funda do cérebro, é maior conforme as pessoas relatam ter visto regularmente amigos e familiares.

Segundo os pesquisadores, os resultados fazem sentido, porque a amígdala está no centro de uma rede do cérebro que é importante para a socialização. Por exemplo, a rede nos ajuda a reconhecer se alguém é um estranho ou um conhecido, um amigo ou um inimigo.

O estudo contou com varreduras do cérebro de 58 voluntários. As pessoas têm uma amígdala na metade esquerda do cérebro e outra na metade direita. As descobertas da pesquisa valem para ambas.

Mas a pesquisa ainda tem perguntas sem respostas. Será que ter uma amígdala maior leva a ter mais amigos, ou se socializar com um monte de amigos cria uma maior amígdala? Somente mais estudos podem explicar qual a ligação.

O objetivo desse estudo foi revelar conhecimentos básicos, em vez de produzir qualquer recompensa imediata prática. Mas, um dia, pode conduzir a maneiras de ajudar as pessoas a manter uma vida social ativa. [MSN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

15 comentários

  • puta lhe pariu:

    eu vou testar no meu aparelho de telepatia

  • guilherme:

    oi gostaria de saber qual o nome da parte do cerebro que controla todas as atividades realizadas por nossos órgãos

    • Ezio José:

      O hemisfério dominante em 98% dos humanos é o hemisfério esquerdo, é responsável pelo pensamento lógico e competência comunicativa. Enquanto o hemisfério direito, é responsável pelo pensamento simbólico e criatividade, embora pesquisas recentes estejam contradizendo isso, comprovando que existem partes do hemisfério esquerdo destinados a criatividade e vice-versa. Nos canhotos as funções estão invertidas. O hemisfério esquerdo diz-se dominante, pois nele localiza-se 2 áreas especializadas: a Área de Broca (B), o córtex responsável pela motricidade da fala, e a Área de Wernicke (W), o córtex responsável pela compreensão verbal.

      O corpo caloso, localiza-se no fundo da fissura inter-hemisférica, ou fissura sagital, é a estrutura responsável pela conexão entre os dois hemisférios cerebrais. Essa estrutura, composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axónios envolvidos em mielina), é responsável pela troca de informações entre as diversas áreas do córtex cerebral.

      O córtex motor é responsável pelo controle e coordenação da motricidade voluntária. Traumas nesta área causam fraqueza muscular ou até mesmo paralisia. O córtex motor do hemisfério esquerdo controla o lado direito do corpo, e o córtex motor do hemisférios direito controla o lado esquerdo do corpo. Cada córtex motor contém um mapa da superfície do corpo: perto da orelha, está a zona que controla os músculos da garganta e da língua, segue-se depois a zona dos dedos, mão e braço; a zona do tronco fica ao alto e as pernas e pés vêm depois, na linha média do hemisfério.

      O córtex pré-motor é responsável pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisão. É na parte em frente da área do córtex motor correspondente à boca que reside a Área de Broca, que tem a ver com a linguagem. A área pré-motora fica mais ativa do que o resto do cérebro quando se imagina um movimento, sem o executar. Se se executa, a área motora fica também ativa. A área pré-motora parece ser a área que em grande medida controla o sequenciamento de ações em ambos os lados do corpo. Traumas nesta área não causam nem paralisia nem problemas na intenção para agir ou planear, mas a velocidade e suavidade dos movimentos automáticos (ex. fala e gestos)fica perturbada. A prática de piano, ténis ou golfe envolve o «afinar» da zona pré-motora – sobretudo a esquerda, especializada largamente em atividades sequenciais tipo série.

      Cabe ao córtex do cerebelo, fazer a coordenação geral da motricidade, manutenção do equilíbrio e postura corporal. O cerebelo representa cerca de 10% do peso total do encéfalo e contém mais neurônios do que os dois hemisférios juntos.

      O eixo formado pela adeno-hipófise e o hipotálamo, são responsáveis pela auto regulação do funcionamento interno do organismo. As funções homeostáticas do organismo (função cárdio-respiratória, circulatória, regulação do nível hídrico, nutrientes, da temperatura interna, etc) são controladas automaticamente.

  • Ezio Jose:

    As amígdalas de meu irmão mais velho foram estirpadas(via cirurgia!) quando ele ainda tinha 8 anos. Ele não simpatizou com escolas e abandonou os estudos quando ainda estava na 4ª série. Não sei se isto tem a ver com alguma coisa. Só fico imaginando como esse meu irmão tem uma capacidade imensa na autodidática. Aprendeu escrever e falar a língua italiana com facilidade. Faz projetos de esquemas eletrônicos com uma facilidade imensa, além de conhecer todos componentes físicos dessa área, suas utilidades, características. cOnserta e monta qualquer aparelho eletrônico doméstico. Para completar é um ótimo tecladista, violonista e baixista.
    Será que isto tem algo a ver com a ausência das amígdalas ou se as tivesse seria um indigo-blue?

  • josé ricardo:

    Se valer sociedade com amigo imaginário tudo bem!

  • Jales Carvalho de Oliveira:

    Se nos desenvolvemos porque temos amigos ou temos amigos porque somos desenvolvidos?

    Não sei a resposta, mas tenho uma dica para consegui-la.

    Eu era uma pessoa muito tímida, não tinha amigos, não sabía me comunicar direito.
    Lí um livro chamado “Como conquistar as pessoas” e hoje sou uma das pessoas mais sociáveis que conheço.
    Não sei se desenvolvi meu cérebro nesse processo, mas sei que se estivessem monitorando minha ascenção social desde mesmo antes dela acontecer, certamente teriam respostas a essa indagação.

    Dica: Monitorem alguém antisocial descubram como é o cérebro dele e o ensinem como ter amigos e o monitorem nesse processo.

  • rachel castro:

    SINCERAMENTE, SOU MAIS DAQUELE DITO POPULAR:

    ‘ANIGOS SÃO QUAIS ESTRELAS
    QUE BRILHAM NA ESCURIDÃO
    CHEGANDO A TEMPESTADE
    SE PÉRDEM NA ESCURIDÃO.”

    Em minha vida, constatei a verdade disto.

    O que seria pior? Amigdala maior por ter ou tristeza profunda por não mais ter quando mais precisa?

    Oh, acho que chamarei o Chapolin Colorado….
    Fui.

  • Prix:

    Acredito no conceito do equilíbrio, e sempre procurei ser assim! no colégio tirava boas notas e fazia parte do grêmio,conhecia todos na escolas, tinha boa relação com meus professores… na facu a situação mudou um pouco, pois não tinha colegas com o mesmo interesse que eu, APRENDER. Meus melhores companheiros são meus livros porém não dispenso uma boa compania e muitas risadas.

  • Forever Alone:

    a minha amígdala ta atrofiada.
    mas compenso com outras coisas mais úteis.
    um cérebro maior não significa mais inteligência.

  • Antonio Cícero da Silva(Águia):

    Neste caso, o meu cérebro, pode ser classificado de médio… OOPS…

  • criancinha:

    Quem nasceu primeiro o ovo ou a galinha?

    Resposta: o ovo, pois antes de existir a galinha já haviam outros animais que colocavam ovos.

    Quem nasceu primeiro, o ovo de galinha ou a galinha?

    Resposta: a galinha, pois o ovo do qual nasceu era pertencente ao seu ancestral imediado – segundo teoria da evolução. Também a mesma resposta se aplica se observada a teoria criacionista.

  • ShadowsAV:

    Legal, pode ajudar “Forever Alones” por ai mas pra mim essa pesquisa não tem muita utilidade

  • ana paula camoesas:

    Estudo interessante,mas faz lembrar aquela famosa pergunta: Quem nasceu primeiro,a galinha ou o ovo ?

  • criancinha:

    To mais preocupado em saber como aumento a região do meu cérebro responsável pelo raciocínio lógico.

  • Evem:

    Opá o meu deve ta pequeno rsrs

Deixe seu comentário!