Por que as mulheres têm peitos?

Por , em 8.11.2015

No mundo primata, peitos cheios só aparecem durante o aleitamento materno. Mas esta regra não se aplica aos seres humanos. As mulheres são peitudas o tempo todo, mesmo após a menopausa (com algumas exceções, claro).

De acordo com alguns cientistas, este traço é um truque evolucionário para os homens, pois sinaliza a capacidade da mulher de alimentar seus filhos.

Peitos, para que te quero?

Mesmo que eles pareçam completos, os seios de uma mulher só são preenchidos com leite após ela dar à luz. O resto do tempo, eles são na sua maioria compostos de gordura. Então, segundo David P. Barash e Judith Eve Lipton, do Centro Nacional de Recursos de Sexualidade dos Estados Unidos, os seios humanos poderiam muito bem ser uma espécie de engano biológico.

No entanto, Barash e Lipton relatam que seios fartos facilmente poderiam sinalizar a verdade sobre a capacidade da mulher para armazenar gordura e sua fertilidade. Por exemplo, meninas antes da puberdade, sem peito, são jovens demais para ter filhos, e os peitos caídos encolhidos de mulheres mais velhas podem sugerir que elas já passaram da fase de reproduzir.

Questão de princípio

Como os seios às vezes atrapalham as mulheres, alguns cientistas desenvolveram uma teoria evolucionária que eles chamam de “princípio da desvantagem”. De acordo com esta teoria, seios pesados honestamente anunciam a saúde genética de uma mulher, mas com o custo de ela carregá-los por onde for. E se você tem mamas, sabe como essa “bagagem” pode ser um tanto pesada.

Barash e Lipton explicam que esta mesma ideia se aplica a criaturas como o pavão macho, que arma sua cauda ornamental na esperança de atrair fêmeas. Uma outra teoria, apoiada por Leonard Shlain, cirurgião e autor do livro “Sexo, Tempo e Poder: Como a sexualidade das mulheres moldou a Evolução Humana” em tradução livre (Viking, 2003), sugere que os seios das mulheres cresceu depois que os nossos primeiros ancestrais ficaram em pé.

Neste ponto de vista, os seios dos antepassados de seres humanos do sexo feminino evoluíram ao longo do tempo, juntamente com uma inclinação gradual da bacia, de modo que a vagina foi orientada mais para a frente do corpo. Em conjunto, estas transformações encorajaram o sexo, e marcaram uma saída a partir da posição mais comum usada por outros primatas, em que o macho se aproxima da fêmea por trás.

O etólogo Desmond Morris também propôs esta teoria, sugerindo que os seios são substitutos para as nádegas vermelhas de nossos ancestrais símios fêmeas. [livescience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 3,00 de 5)

3 comentários

  • Felipe Silva:

    Muito interessante

  • Adylio Silva de Mello:

    peitão gostoso dessa ae…preciso nem ler, só olhei e já sei p q serve os peitos rs mas vou ler agora

  • Cesar Grossmann:

    O livro do Desmond Morris chama “O Macaco Nu”, e, apesar de defasado, merece uma leitura.

Deixe seu comentário!