Poluição faz com que todos os habitantes de Moscou se tornem “fumantes”

Por , em 29.07.2010

E não apenas fumantes moderados. Aspirar a fumaça que tomou conta de Moscou nos últimos dias é o equivalente a fumar 40 cigarros a cada 3 horas, segundo especialistas.

A cidade, com mais de 10 milhões de habitantes, está sob uma nuvem de ar extremamente poluído. Segundo autoridades russas, a fumaça elevou os níveis de poluição a 10 vezes o que seria considerável seguro para o convívio humano e, de acordo com moscovitas, a cidade está com “um cheiro de cinzeiro” – a fumaça não está apenas do lado de fora, mas infestou lares e locais de trabalho.

Segundo Alexander Chuchalin, pneumologista do governo russo, os enormes níveis de monóxido de carbono fazem dano a, aproximadamente, 20% dos glóbulos vermelhos no sangue, o que equivale a fumar dois pacotes de cigarro a cada três horas. Ele aconselhou a população a usar máscaras e a usar aparelhos para umidificar o ar do ambiente em casa.

A fumaça é causada por incêndios que estão ocorrendo ao redor da cidade, aliados à altas temperaturas que mantém o ar seco (nessa semana a média de temperatura foi de 37 graus Celsius). O governo espera que a situação melhore a partir do fim de semana, quando a temperatura deve cair pelo menos quatro graus.

Autoridades pediram ao Primeiro Ministro, Vladmir Putin, que investisse cerca de 827 milhões de dólares para combater os incêndios ao redor de Moscou.[Reuters]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Ezio Jose:

    Que tal despacharmos o Serra prá lá?

  • henrique pereira:

    a europa quase q por inteira está sofrendo com essa onda de calor, nesse ano foi quebrado o recorde de calor q era de 50ºC do verão de 2003 em Sevilla, q passou a ser de 52ºC em Amareleja em Portugal.

Deixe seu comentário!