Poluição na China ameaça desenvolvimento do país

Por , em 2.03.2011

Segundo o ministro do meio ambiente da China, Zhou Shengxian, a poluição e a demanda por recursos ameaçam sufocar o crescimento econômico do país.

Nas últimas décadas, o desenvolvimento tem sido prioridade em relação ao meio ambiente, o que significa que a China tem agora alguns dos céus e vias navegáveis mais poluídos do mundo. O país depende muito do carvão e é o principal emissor de CO2 (superou os EUA como maior mercado de carros e vans do mundo em 2009).

Nos anos recentes, houve vários exemplos de derramamentos industriais ou depósitos de lixo que deterioraram rios e escoamentos, e em alguns casos prejudicaram moradores locais. O governo tem repetidamente prometido combater a poluição, mas nunca cumpre suas decisões.

O ministro alerta que o conflito entre desenvolvimento e natureza nunca foi tão grave no país. As implicações disso são que, se a China quiser quadruplicar o tamanho de sua economia em 20 anos sem maiores danos, tem que se tornar mais eficiente na utilização dos recursos.

Tais comentários vieram um dia depois do premiê Wen Jiabao afirmar que a China estava baixando sua meta de crescimento econômico anual de 7,5% para 7%, em parte devido ao seu impacto sobre o meio ambiente.

Shengxian sugeriu que seu ministério deveria ter um papel mais importante na luta contra as emissões de gases do efeito estufa, e que novos projetos de desenvolvimento deveriam avaliar seu impacto nas alterações climáticas. [BBC]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

5 comentários

  • mathews:

    concordo com tu rodrigo com estou lhe dando 1 convite especial para entrar na butter secret aceite ok abraço esperando resposta

  • jeferson:

    concordo com vc Rodrigo.Na minha opinião eles exportam lixo para o mundo, pelo menos 90% do que eles fabricam não presta. (Não pensem que tenho preconceito contra os chineses, mas sim dos seus produtos).

  • josé ricardo:

    A pesquisa deveria ser feita também no Brasil.
    Concordo com o Rodrigo,a diferença com o Brasil,é que não entraremos em tão grande declínio por causa que nunca ascendemos,é a velha história:quanto maior a subida maior a queda.Apesar de o Brasil também utilizar-se de tais métodos para tentar crescer.

  • Rodrigo Paim:

    A economia da China vem de produtos baratos, de má qualidade, mão de obra semi-escrava, recursos fosseis, moeda desvalorizada…

    Não é preciso ser um gênio pra saber que, daqui a uns 30 anos, a China vai declinar tão rápido quanto ascendeu.

    • Vicious Sid:

      Colega, isso podia ser verdade vinte ou trinta anos atrás, mas não mais agora. A China já entrou no mundo da tecnologia e da inovação. Exporta porcarias ainda, mas não só. Exporta tudo, da bugiganga ao computador de última geração, celulares, carros etc. Tem programa espacial e quer ir para a Lua. Estás subestimando os chineses.

Deixe seu comentário!