Por que alguns permanecem famosos mesmo sem nenhum talento

Por , em 25.06.2009

As Spice Girls já acabaram faz tempo, mas Victoria Beckham continua aparecendo na mídia. Paris Hilton, famosa principalmente pelo seu estilo de vida, fica diariamente sob os holofotes. Um novo estudo tenta explicar por que algumas pessoas “brilham” depois que seu talento desaparece – se é que havia algum.

Nathanael Fast, da Universidade Stanford da Califórnia, nos Estados Unidos, afirma que as pessoas precisam de um assunto. O desejo de encontrar pontos em comum em uma conversa faz com que conversemos sobre pessoas que já são populares. A pesquisa feita por Fast se concentrou em jogadores profissionais de beisebol nos EUA. “Percebemos que existem várias estatísticas e dados sobre o beisebol, então se conseguíssemos mostrar que jogadores famosos ou mais conhecidos se tornam mais proeminentes que outros jogadores desconhecidos que jogam tão bem ou melhor, então teríamos uma análise convincente”, diz Fast.

Os pesquisadores deram uma lista de oito jogadores de beisebol com listas da sua performance nas últimas temporadas de jogos para 33 homens e 56 mulheres. Os voluntários então tinham que escolher um nome da lista e escrever um e-mail para outra pessoa do grupo sobre o jogador. Em alguns casos, o voluntário escrevia o e-mail sabendo que a outra pessoa era um grande fã do jogo. Na maioria das vezes, os voluntários acabaram conversando sobre jogadores populares mas pouco importantes no campo, e não sobre jogadores extraordinários – que recebem pouca atenção da mídia.

Os voluntários fãs do jogo escolheram jogadores mais obscuros se achassem que estavam se correspondendo com alguém que entendesse também do jogo. Quando esses mesmos fãs escreviam para outra pessoa, escolhiam os jogadores mais famosos. “Aqueles que nós acreditamos que podiam informar os outros não o fizeram. Eles continuaram dando a eles as mesmas informações que eles já sabiam, porque assim é mais fácil estabelecer uma conexão”, afirma Fast.

A equipe de Fast também analisou as conversas de fãs em fóruns na internet, e descobriu que os jogadores que receberam mais votos para jogar no All-Star (jogo que reúne os maiores jogadores de beisebol das duas ligas estadunidenses) receberam mais atenção da mídia e também nos fóruns. Se a ideia parece repetitiva, é isso mesmo: pessoas proeminentes continuam populares porque elas servem como uma forma de manter conversas, o que leva a mais atenção da mídia. “A Paris Hilton, por exemplo, de alguma forma se tornou conhecida e agora as pessoas falam mais sobre ela”, diz Fast.

Mark Schaller, psicólogo da Universidade British Columbia, em Vancouver, Canadá, concorda com os resultados da pesquisa: “Isso responde a questão sobre por que a fama é auto-perpetuante, mesmo quando a pessoa não faz mais nada digno da atenção”. [New Scientist]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!