,

Por que os lanches do McDonald’s não apodrecem

Por , em 22.10.2014

Se você não mora em uma caverna, não vou contar uma grande novidade ao dizer que os lanches do McDonald’s não são os melhores alimentos para a sua saúde. Há alguns anos, um documentário famoso chamado “Super Size Me” chocou as pessoas do mundo inteiro ao provar por A+B que existe alguma coisa muito errada com os lanches dessa rede de fast food em particular.

O criador do filme passou um mês inteiro só se alimentando de McDonald’s em todas as refeições do dia. No final do “autoexperimento” fez uma bateria de exames que mostraram como aquela comida tinha o estragado por dentro. Inclusive se ele continuasse naquele ritmo, morreria logo.

No início dessa semana, o site Buzzfeed postou um vídeo que trouxe esse debate de volta aos holofotes. No vídeo, que você vê logo abaixo, hambúrgueres de sete diferentes restaurantes de fast food foram armazenados em frascos de vidro diferentes por 30 dias. No final, alguns deles estavam cobertos de mofo, mas alguns (em especial os hambúrgueres do McDonald’s) não pareciam muito diferentes do que eram no primeiro dia.

Apesar de, a exemplo do documentário de que falei anteriormente, esse não ser o primeiro experimento do tipo, os resultados visuais não deixam de ser surpreendentes. E perturbadores. Não tem como não se perguntar que diabos tem de errado com os lanches do McDonald’s para eles simplesmente não apodrecerem.

Mas afinal, porque os lanches do McDonald’s não apodrecem?

J. Kenji López-Alt, um chef e diretor do blog gringo Serious Eats, elaborou cinco hipóteses diferentes com base no que ele sabe sobre a inibição do crescimento de fungos.

1. Há algum conservante especial na carne ou pão;
2. Há um alto teor de sal no hambúrguer;
3. Há pouquíssima umidade nos lanches;
4. Não há mofo em contato com o hambúrguer;
5. O hambúrguer foi preparado em um lugar sem ar.

O hambúrguer é obviamente preparado em um lugar onde esporos de ar e mofo são bastante onipresentes, como qualquer lugar do planeta Terra. Mas eles teriam sido mortos depois que a carne ficasse por um tempo na chapa, assando. Assim, as duas últimas hipóteses foram descartadas rapidamente.

A lista de ingredientes do McDonald’s não é muito diferente da utilizada pelos outros fast food, alegando ser 100% carne bovina. Sendo assim, não vinha na cabeça conservantes óbvios que inibissem o crescimento do mofo. Ainda assim, o chef decidiu testar os hambúrgueres do McDonald’s contra alguns que ele fez em sua própria cozinha.

Nove diferentes combinações de hambúrguer foram feitas, misturando os hambúrgueres do McDonald’s com os de sua cozinha. Alguns de seus hambúrgueres tinham sal, enquanto outros não. Ele também variou os tipos de embalagens. Suas mãos nunca fizeram contato direto com qualquer um dos hambúrgueres, que foram todos deixados ao ar livre.

Mais de três semanas depois, o lanche do McDonald’s ainda não tinha apodrecido, mas os hambúrgueres caseiros também não. Empate técnico até aí. O hambúrguer caseiro sem adição de sal não parecia diferente daquele com sal extra, indicando que o sal não é a resposta.

A resposta, então, parecia estar nos níveis de umidade.

Os hambúrgueres perderam um quarto do seu peso na primeira semana, o que indica que tinham “secado”. Sem umidade, o mofo simplesmente não pode crescer. E como o McDonald’s usa hambúrgueres muito finos com uma área de superfície muito grande, a carne seca rapidamente antes de poder começar a apodrecer. Logo, se a gente mantiver um hambúrguer do McDonald’s selado em um saco plástico, que fará o papel de reter toda a umidade ali em contato com a carne, ele será completamente consumido por mofo dentro de uma semana – no máximo.

Se você reparar bem no vídeo Buzzfeed, verá que faz sentido. Note que as espessuras das carnes dos sanduíches são diferentes de acordo com as lanchonetes, ou contém ingredientes variados que adicionam umidade, como diferentes tipos de queijo ou condimentos. Além disso, não há nenhuma maneira de saber se os hambúrgueres foram selados dentro dos frascos ao mesmo tempo após serem comprados, ou se algum teve mais tempo para secar do que outro.

Muita calma nessa hora

Isso não significa necessariamente que você tenha passe livre para comer no McDonald’s várias vezes por semana.

O fato de a explicação ser suficientemente plausível para essa questão do apodrecimento não muda o fato de que os sanduíches ainda são uma bomba de gorduras muito recheados de outras coisas que fazem mal a sua saúde. Sem contar que muitos produtos da rede excedem a nova recomendação da OMS (Organização Mundial de Saúde) de 25 gramas de açúcar por dia. Poxa vida, um milk shake grande de chocolate tem 120 gramas de açúcar SOZINHO. Além disso, a maioria de seus sanduíches e wraps compõem mais da metade dos níveis diários de sódio recomendados, enquanto batatas fritas médias são um quarto de toda a gordura que você tem autorização saudável para consumir durante um dia. [IflScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

  • Dinho01:

    Isso sempre foi um grande na minha cabeça. Sanduíches possuem todos os principais grupos alimentares.Por que não fazê-los saudáveis?

Deixe seu comentário!