Saser: Inventado o “laser de som”

Por , em 19.06.2009

Lasers são corriqueiros no nosso dia a dia: de scanners em supermercados, aparelhos de DVD e até em armas futurísticas, seu uso é bastante comum. Agora cientistas criaram um “saser”, um equivalente ao laser, que em vez de produzir luz, gera ondas de som de freqüências altas em nanoescala. No futuro, o saser poderá ser utilizado nas áreas de computação, imagiologia médica, como forma de segurança antiterroristas e até como forma de detectar defeitos em objetos de escala nanométrica, como micro circuitos elétricos.

“Embora nosso trabalho com o saser tenha sido feito por pura curiosidade científica, acreditamos que a tecnologia tem potencial para transformar a área da acústica, assim como o laser transformou a óptica nos 50 anos desde sua invenção”, afirma Anthony Kent, da área de física da Universidade de Nottingham, na Inglaterra, que realizou os estudos.

Enquanto o laser usa partículas da vibração eletromagnética chamadas de fótons, o saser utiliza ondas de som compostas por vibrações sônicas, chamadas de fônons. No laser, o feixe de fótons é produzido quando elétrons são estimulados com uma fonte de energia exterior, fazendo com que liberem energia quando colidem com outros fótons em uma cavidade ótica refletiva. Isso produz um feixe de luz de laser no qual todos os fótons têm a mesma frequência e taxa de oscilação. O saser funciona de forma semelhante, mas usa o som para produzir um feixe sônico de fônons. Este feixe viaja por uma estrutura feita de aproximadamente 50 camadas de poucos átomos de espessura, feito de materiais semicondutores.

O saser é o primeiro instrumento que emite ondas sonoras em taxa de frequência terahertz, o que faz com que o feixe de som tenha comprimentos de onda em escala nanométrica – alguns bilionésimos de um metro.

Quando aperfeiçoado, o saser pode gerar, manipular e detectar essas ondas de som, podendo ser usado para fins científicos e tecnológicos.

Assim como já temos armas laser superpotentes, será que os militares conseguirão criar armas saser também? [Live Science, Science Daily]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Kibern:

    Canhão de som já existe, e já vi um em acção (A destruir uma maquete). Não se consegue é direccionar para um ponto como um laser.

  • roberto:

    Boa essa matéria, muito interessante. Pena que para o público ligo, como eu, fica um pouco difícil de entender sobre os fõnons.

Deixe seu comentário!