Ficar olhando celular no escuro pode levar a cegueira temporária

Por , em 5.07.2016

Cuidado: ficar mexendo no seu smartphone deitado na cama, à noite, pode causar estragos na sua visão. Duas mulheres ficaram temporariamente cegas por constantemente usar seus telefones no escuro, segundo os médicos que estão alertando para o fenômeno incomum. A prevenção, porém, é simples. Basta ter certeza de que você está olhando para a tela com os dois olhos, já que é fácil cair na tentação de fechar um dos olhos para fugir da luz de vez em quando ou deixar um escondido no travesseiro.

Segundo o jornal britânico “The Guardian“, os médicos detalharam os casos no “New England Journal of Medicine”. As duas mulheres, com idades entre 22 e 40 anos, passaram por uma “cegueira passageira de smartphone” por meses.

Elas sofreram com episódios de perda temporária de visão recorrente por até 15 minutos e foram submetidas a diversos exames médicos, de ressonância magnética e testes cardíacos. No entanto, os médicos não conseguiam encontrar nada de errado para explicar o problema.

Porém, minutos depois de entrar no escritório de um oftalmologista, o mistério foi resolvido. “Eu simplesmente perguntei: ‘O que exatamente você estava fazendo quando isso aconteceu?'”, lembra Gordon Plant, do Hospital dos Olhos de Moorfield, em Londres, em entrevista ao “Guardian”. As mulheres normalmente olhavam para seus smartphones com apenas um olho enquanto estavam deitadas de lado na cama, no escuro – o outro olho estava coberto pelo travesseiro. “Então, um olho está adaptado à luz porque está olhando para o telefone e o outro olho está adaptado ao escuro”, explica.

Quando paravam de usar o telefone, elas não conseguiam enxergar com o olho que estavam usando para olhar a tela. Isso porque ele levava vários minutos para recuperar o atraso em relação ao outro olho, que estava adaptado ao escuro.

Mal temporário

Segundo o médico, a cegueira temporária acabou por ser inofensiva e é facilmente evitável, bastando olhar para nossos smartphones com ambos os olhos.

Uma das mulheres ficou aliviada que a cegueira de curto prazo não sinalizava um problema mais grave como um acidente vascular cerebral iminente. Conforme conta Plant, a segunda mulher estava mais cética quanto ao diagnóstico e manteve um diário rigoroso ao longo de um mês para acompanhar sua perda de visão antes de finalmente acreditar nele. Mesmo assim, ela não conseguia parar de verificar seu telefone na cama.

Rahul Khurana, um porta-voz da Academia Americana de Oftalmologia, afirmou que essa hipótese é fascinante, mas disse que dois casos não são o suficiente para provar que o uso de um olho só para olhar smartphones no escuro causou o problema. Ele também duvida que muitos usuários de smartphones passariam por tal fenômeno.

Khurana, que reconheceu ser um usuário ávido de celular, disse que ele e sua esposa tentaram recriar o cenário em uma noite, mas acharam difícil usar seus telefones com apenas um olho. “Foi muito estranho”, contou. [The Guardian, Gizmodo]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

  • Andrew Piolli:

    Titulo meio forçado para um site que a maioria das pessoas tem um conhecimento legal, mas lembra a época dos piratas e seus tapas olhos

Deixe seu comentário!