iPhone 5 deve começar a ser vendido em outubro nos EUA

Por , em 24.08.2011

Segundo o jornal americano Wall Street Journal, o iPhone5 vai estar disponível pela Sprint Nextel. Os clientes da Sprint podem esperar o dispositivo em meados de outubro, exatamente quando todo mundo espera obtê-lo – a data prevista do seu lançamento.

Se isso for verdade, significa que o iPhone estará disponível em todas as principais companhias americanas pela primeira vez. Ou seja, mais de 250 milhões de pessoas terão acesso ao iPhone, com a adição de 52 milhões da Sprint, o que é excelente para a Apple, empresa do iPhone.

Mais do que isso, uma das fontes do jornal diz que a Sprint vai poder comercializar o iPhone 4 ao mesmo tempo, o que indica que a Apple vai repetir a estratégia que usou com o iPhone 3G, que é continuar vendendo o modelo do ano passado por um preço bem mais barato.

Quanto a essa união, ficam algumas questões: será que o iPhone 5 da Sprint terá superpoderes de tecnologia 4G e WiMax? Sprint ainda será campeã exclusiva de dados ilimitados depois que começar a vender o iPhone 5? Basta imaginar um iPhone 4G com dados ilimitados para saber que a Sprint tem grandes chances de lucrar muito. [Gizmodo]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

4 comentários

  • Malu Azevedo:

    Eu vou para os Estados Unidos em março, e estou louca para comprar um iPhone 5, mas não sei o que ele vai trazer de novo. Alguém poderia me ajudar?

  • cesar:

    todo mundo fala em custo Br mas ninguem observa o”lucro” Br que é absurdo. Aqui é o paraiso para empresários e Banqueiros. O resto é conversa fiada. A culpa é de quem compra igual uns desesperados.

  • Rodrigo Almeida:

    Isto é fato, a carga tributária no Brasil é absurda! Dá pra comprar 2 iPhones ou até 3 com aqui na Europa com o preço que é vendido no Brasil.
    As empresas tinham de começar a informar quanto é que dão em impostos só ao governo brasileiro, que suga o que pode.

  • Lucas Palma:

    Mal saiu a 4 versão já lançam a 5, não compensaria comprar, ainda mais aqui no Brasil quando chegar, já que os impostos são absurdamente altos. Pelomenos essa é a minha opnião

Deixe seu comentário!