Telescópio captura “momentos finais” de uma estrela

Por , em 10.07.2012

Esse “olho” que o leitor vê na imagem acima é, na verdade, um retrato dos momentos finais de uma estrela distante, registrado pelo Telescópio Hubble. Localizada a 1.500 anos-luz da Terra, a U Cam faz parte da constelação Camelopardalis (“girafa”, em latim) e está no fim da sua vida. Em outras palavras, ela tem “apenas” alguns milhares de anos pela frente (o que, comparado com sua idade, não é quase nada).

U Cam é uma estrela de carbono, um tipo raro cuja atmosfera contém mais carbono do que oxigênio. Nos últimos milhares de anos, uma vez ou outra a estrela expeliu uma nuvem de gás, devido à instabilidade de seu núcleo. Normalmente, por estar tão distante, U Cam mal é vista mesmo pelo poderoso Telescópio Hubble. Desta vez, porém, foi possível registrar um momento em que ocorreu a expulsão de gás, quando seu núcleo se torna mais brilhante.[Daily Mail UK]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

7 comentários

  • Eloyr1:

    Concordo com vcs. que estão dizendo: “magnífico, fantástico, bonito, etc…”
    É isto tudo, desde que estejamos onde estamos: 1500 anos luz de distância; do contrário, estaríamos usando outros adjetivos, como: ASSUSTADOR, APAVORANTE, ATERRADOR, etc… Não é mesmo?

  • Alberto Campos:

    Pode não ser nada disto. Pode ser também uma semi explosão por raios gama de pouca intensidade ou que passou tangente a estrela. Ninguém tem ainda uma ideia do que faz uma estrela explodir.

  • Pedro Arigoni:

    Quando leio artigos sobre o universo e estrelas para os quais MIL anos significam um curtíssimo intervalo de tempo lembro-me do quão “insignificamente” é o homem que vive 70 ou 80 anos. Lembro-me também do glorioso filme baseado no HQ Watchmen, quando a personagem Espectral (Laurie Juspeczyk) pede ajuda ao Dr Manhattan para salvar a humanidade e diz que toda a vida na terra irá se extinguir e ele responde: “e o universo nem mesmo notará”. Passei a pensar de forma mais “grandiosa” depois disso, sem olhar somente para nós aqui na terra e concluí: é verdade rsrs.

  • Bryan Carvalho:

    Sem esquecer que a luz demorou 1500 anos-luz para chegar aqui,então o satélite captou a luz da estrela de 1500 anos atras não sendo essa imagem do presente e sim do passado.

  • Danilo Moço:

    simplesmente fantástico!!!

  • MÁRIO MIRANDA:

    “Magnífico”

  • Jonatas:

    Um belo espetáculo cósmico.

Deixe seu comentário!