Tomar café da manhã pode diminuir risco de ataque cardíaco em homens

Por , em 23.07.2013

Pular o café da manhã pode aumentar o risco de ataque cardíaco nos homens, segundo um estudo da Universidade Harvard (EUA).

A importância de tomar café da manhã

Homens mais velhos que não se incomodam em comer depois de se levantar são até um quarto mais propensos a ter um ataque cardíaco ou morrer de doença coronária do que aqueles que tomam café da manhã.

Os pesquisadores dizem que a falta de uma refeição matinal – ou comer muito tarde da noite – pode provocar alterações no metabolismo do corpo, que levam à doença coronariana. Por exemplo, pode afetar o nível de açúcar no sangue e os níveis de hormônios que aumentam as chances de doenças cardíacas.

A pesquisa durou 16 anos e analisou a saúde de 26.902 profissionais de saúde do sexo masculino de 45 a 82 anos. Todos os participantes tiveram que completar uma série de questionários. No total, 1.572 homens tiveram algum “evento cardíaco” pela primeira vez durante esse período.

Os homens que não comiam de manhã tinham um risco 27% maior de ataque cardíaco ou morte por doença coronária. Mesmo após a contabilização de diferenças modestas no estilo de vida, o vínculo persistiu.

“Não tomar café da manhã pode levar a um ou mais fatores de risco, incluindo obesidade, pressão alta, colesterol alto e diabetes, que, por sua vez, aumentam as chances de um ataque cardíaco ao longo do tempo”, explica a pesquisadora Leah Cahill.

No estudo, os homens que não tomavam café da manhã eram mais propensos a ser mais jovens, fumantes, empregados em tempo integral, solteiros, menos fisicamente ativos e a beber mais álcool.

Os homens que comiam depois de ir para a cama tinham um risco de doença coronária 55% maior do que os que não comiam tão tarde, mas essa era uma pequena minoria do total de participantes do estudo. [DailyMail]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!