Vitamina D previna fraturas, mas seu papel no câncer é incerto

Por , em 22.12.2011

Tomar vitamina D em conjunto com suplementos de cálcio pode reduzir o risco de você quebrar um braço, mas ainda não há evidência suficiente que comprove a redução no risco de câncer.

Em uma pesquisa, pessoas que tomaram a vitamina com suplementos apresentaram chances 11% menores de fraturar um osso. A redução foi ainda maior – cerca de 30% – no grupo de idosos.

Essa nova análise foi requisitada pelo governo americano, que pretende lançar uma campanha de recomendações para o uso de vitamina D.

Sobre os estudos do papel da vitamina na prevenção do câncer, “nós não temos informação suficiente”, comenta a pesquisadora Mei Chung.

A vitamina D está presente em poucos alimentos. Peixes como salmão e atum assim como gemas de ovos são boas fontes. Ela também é sintetizada pela pele quando ocorre exposição ao sol.

Pesquisas comprovaram que a vitamina está envolvida no processo de depositar minerais nos ossos. Mas na questão do câncer, alguns estudos sugerem que ela promove a divisão celular e outros processos relacionados à doença, assim como várias pesquisas atestam o efeito contrário. Ao que parece, o efeito varia de acordo com a parte corpo – em algumas partes a vitamina ajuda o câncer, em outras impede.

A análise de Chung incluiu 19 estudos do efeito da vitamina D em fraturas e 28 no câncer.

No primeiro aspecto, a vitamina teve efeito positivo se tomada em conjunto com cálcio. Mas os estudos analisados por Chung entram em conflito sobre o câncer. Em alguns, foram apresentado efeitos positivos na frequência da doença. Em outros, ocorreu diminuição no câncer de cólon e aumento nos outros. Para ela, chegar a uma conclusão não é possível.

Para determinar melhor se a vitamina D reduz ou não o risco de câncer, testes controlados são necessários, onde os participantes têm os níveis sanguíneos registrados, e dados sobre alimentação e suplementos coletados.

Outro ponto negativo, apontado no estudo de Chung, é que tomar vitamina D em conjunto com cálcio aumentou o risco de pedras no rim.

Em nosso corpo, quase todos os órgãos têm receptores para a forma ativa da vitamina D, encontrada no sangue. Ela está relacionada com muitos processos celulares, e compreender melhor esse funcionamento pode ajudar na prevenção de muitas doenças.[LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

  • Rafael:

    Desde esse ano , uso filtro solar no dia-a-dia para prevenção do câncer de pele.

Deixe seu comentário!