10 maneiras de impulsionar seu sinal de Wi-Fi

Se você estiver sofrendo com velocidades lentas, má recepção e outros problemas ligados ao Wi-Fi (e provavelmente está), confira dez maneiras de melhorar o sinal da internet em sua casa.

AVISO: Já havíamos feito um artigo bastante semelhante em 2013, mas este foi atualizado com informações adicionais do portal LifeHacker.

10. Use as últimas tecnologias

Uma das melhores maneiras de se certificar de que sua rede seja tão rápida e confiável quanto possível é usar hardware atualizado. O principal que você precisa saber sobre roteadores é que Wireless A, B, G e N são padrões sem fio mais antigos, sendo o AC o mais atual.

Se você é do tipo que assiste muitos vídeos em HD em dispositivos como Chromecasts ou smartphones, ter uma conexão AC sem fio irá ajudar, graças à sua capacidade de mover mais dados a uma taxa mais rápida do que o padrão N antigo. Observe que você precisará de um roteador AC sem fio e de um dispositivo, placa de rede ou dongle USB com suporte AC sem fio no seu computador, se você quiser aumentar a velocidade total.

Você também pode considerar comprar um sistema de rede sem fio. Empresas como Luma, Eero e até o Google já lançaram roteadores de rede de malha (ou rede mesh), roteadores menores que você coloca em toda a sua casa para melhorar o WiFi. Todos eles apresentam um processo de instalação fácil através de um aplicativo de smartphone que permite monitorar quase tudo o que está acontecendo dentro da sua rede, incluindo sites visitados e dispositivos conectados.

9. Encontre o local perfeito para o seu roteador

Roteadores podem ser feios, mas não devemos escondê-los atrás dos móveis. Se você quer o melhor sinal, precisa deixá-lo em um local aberto, sem paredes e obstruções.

Se a localização ideal do seu roteador é um espaço sem mesa ou superfície plana, verifique se você pode colocá-lo na parede. Aponte suas antenas perpendicularmente e eleve o roteador se puder. Por fim, certifique-se de que ele esteja no centro da sua casa, para que você tenha a melhor cobertura possível.

Claro, roteadores geralmente são confinados a locais específicos por conta de onde a conexão com a internet entra em sua casa. Você pode resolver esse problema com cabos Ethernet mais longos (usando clipes para segurá-los contra a parede e fora do caminho).

8. Encontre o canal sem fio certo

Se você tem vizinhos, os roteadores deles podem interferir com o seu e fazer com que o seu sinal se degrade.

Roteadores sem fio podem operar em vários canais diferentes. O melhor é que o seu esteja naquele com a menor interferência possível. Use uma ferramenta como “Network Analyzer Lite” ou “WiFi Analyzer” para encontrar o canal perfeito para sua casa.

Basta procurar o canal com o maior espaço possível e usá-lo, em vez do que está usando atualmente. Observe também que, embora você possa pegar sinais concorrentes no mesmo canal, se eles forem todos muito fracos, ainda podem ser uma escolha melhor do que um canal menos usado com um sinal forte concorrente.

7. Livre-se das interferências de outros aparelhos

Outros roteadores não são os únicos que podem causar interferência em seu sinal Wi-Fi. Telefones sem fio, micro-ondas e outros aparelhos também podem “sujar” sua internet.

Comprar um roteador de banda dupla pode ajudar com isso, ou ainda comprar telefones sem fio em outras bandas. Se você não quer comprar mais hardware, você pode tentar mover seu roteador para longe de dispositivos interferentes, também.

6. “Esconda” seu Wi-Fi

Muitas vezes, “ladrões” de Wi-Fi prejudicam a qualidade do seu sinal. “Esconder” sua conexão é uma medida eficaz para mantê-los longe, embora usuários mais experientes em tecnologia possam usar scanners gratuitos para encontrá-la com relativa facilidade.

De qualquer forma, se as pessoas não conseguem ver sua rede Wi-Fi, provavelmente não podem se conectar a ela. Você pode manter olhos curiosos longe do seu roteador escondendo seu SSID (o nome da rede Wi-Fi), o que força todos que desejam se conectar com ela a digitá-lo manualmente.

Você pode alternar a opção de transmissão SSID nas configurações de firmware do seu roteador.

Em termos de proteção por senha, o nome de usuário e a senha padrão do administrador do seu roteador devem ser alterados imediatamente. Além disso, você deve habilitar a proteção de senha WPA2 em sua rede Wi-Fi. Essa opção criptografada é mais segura do que os protocolos de segurança WPA ou WEP mais antigos.

5. Controle o uso do Wi-Fi

Se alguém em sua casa regularmente bate-papo por vídeo, joga games online, baixa arquivos torrents ou usa serviços como Netflix, eles podem “acumular” largura de banda e tornar a internet mais lenta para todo mundo.

Por sorte, você pode usar algo chamado Quality of Service – ou QoS – para administrar essa largura de banda. Com o QoS, você pode priorizar determinados aplicativos sobre outros, para que os mais importantes obtenham a largura de banda que merecem. Saiba como configurar seu QoS aqui.

4. Aumente sua faixa Wi-Fi com truques do tipo “faça você mesmo”


Você pode ampliar o alcance de seu Wi-Fi com truques simples que você pode fazer em casa. Por exemplo, cuidadosamente dobrar papel alumínio (como na imagem acima) e colocar na antena de seu roteador pode aumentar sua força consideravelmente. Os resultados não serão necessariamente inacreditáveis, mas você deve conseguir um sinal um pouco melhor a maior distância da sua rede, com um esforço mínimo.

Se não quiser fazer nada sozinho, você pode gastar pouco para aumentar a sua gama. Quase todos os roteadores usam antenas de torção com conectores RP-SMA. Você pode comprar cabos de extensão, ou mesmo uma antena direcional para aumentar o desempenho do seu Wi-Fi.

3. Impulsione o sinal do seu roteador com um pouco de hacking

Outra maneira de ampliar o alcance do Wi-Fi é “hackear” seu roteador e instalar o firmware DD-WRT. Isso lhe dará excelentes recursos de segurança, a opção de aumentar a sua potência de transmissão e outros aprimoramentos.

Vale notar que isso pode ser perigoso para o seu roteador, mas a maioria deles consegue lidar com um aumento de até 70 mW sem problemas.

2. Use seu roteador antigo como um repetidor Wi-Fi

Repetidores não são muito caros, mas, se você não quiser pagar por outra peça de hardware, você pode transformar um antigo roteador sem fio em um extensor, com o firmware DD-WRT mencionado acima.

Talvez você não seja capaz de obter uma conexão tão rápida. No entanto, se você simplesmente não consegue um bom sinal nas extremidades da sua casa, é o suficiente.

Você também pode conectar um roteador a outro através de um cabo Ethernet e criar mais um ponto de acesso em sua casa.

1. Configure seu roteador para reiniciar diariamente

Se você é uma das muitas pessoas que tem que reiniciar seu roteador de vez em quando para que ele não falhe, você pode executar alguns testes para garantir que o problema não seja causado por calor, firmware antigo ou download excessivo.

Uma maneira fácil de resolver o problema é apenas reiniciá-lo automaticamente uma vez por dia ou algo assim. Você pode fazer isso usando o DD-WRT, ou um temporizador normal. [LifeHacker]

Por: Natasha RomanzotiEm: 11.08.2017 | Em Principal, Tecnologia  | Tags: ,  
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (11 votos, média: 4,55 de 5)
Curta no Facebook:

Uma resposta para “10 maneiras de impulsionar seu sinal de Wi-Fi”

Deixe uma resposta