Fumar ‘emburrece’: mais uma razão para parar

Publicado em 10.06.2008

Fumantes adultos na meia-idade tendem a ter performances mais pobres em testes de memória e raciocínio comparados com não-fumantes, aumentando a lista de razões para não fumar, disseram pesquisadores franceses nesta segunda-feira.

Envie esta notícia para um fumante
» Mais notícias sobre o tabaco

Revista HypeScience

Analisando dados previamente coletados sobre cinco mil funcionários públicos britânicos, os pesquisadores descobriram que os que fumavam tinham mais chance do que pessoas que nunca fumaram de pertencer ao grupo de pior desempenho, de um total de cinco grupos, em testes de memória, raciocínio, vocabulário e fluência verbal. » 5 Passos para parar de fumar definitivamente

O fumo foi associado com o declínio mental na meia-idade, assim como com demência e doenças físicas, eles descobriram.

“Fumar na meia idade está associado com déficit de memória e redução nas habilidades de raciocínio”, concluiu Severine Sabia e seus colegas do National Institute of Health and Medical Research em Villejuif, Fança. » Crianças ‘maneiras’ ajudam colegas a não fumar

Comparado com os fumantes, as pessoas que disseram que haviam parado de fumar tendiam a adotar hábitos mais saudáveis como beber menos álcool, ser fisicamente mais ativo, comer mais frutas e vegetais, Severine escreveu na revista científica Archives of Internal Medicine.

Os participantes estavam entre os 35 e 55 anos de idade no começo do estudo, que acompanhou os voluntários durante até 17 anos. » Parar de fumar é contagioso

O estudo também demonstrou como pode ser difícil conduzir pesquisas de longo prazo com fumantes: mais do que o dobro dos fumantes, em comparação com os que não fumavam, se recusaram a repetir os testes de memória ou não puderam repeti-lo, em alguns casos por haverem morrido no ínterim. [Fonte]

Autor: Alessandra Nogueira

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

6 Comentários

  1. Fumar prejudica a memória de curto prazo e as habilidades de raciocínio. Fumei durante 24 anos e posso testemunhar de que minha memória foi prejudicada pelo uso prolongado do tabaco.

    Thumb up 4
  2. isso na frança,,o meu tcc é sobre memoria de fumantes e aq no brasil os fumantes se sairam melhor do q os não fumantes nos testes de memoria de curto prazo, longo prazo e memoria numerica, outros tipos de de memorias ñ foi analisado

    Thumb up 5
  3. Nossa serioo meu vo fuma em meia meia hora !!
    o que eu faço pra ajudar ele para ?
    Beijos e Abraços

    Thumb up 0
  4. PARA O FELIPE:

    Imagine se nem o seu professor nem o Einstein fumassem:

    - seu professor teria pelo menos 10 doutorados;

    - Albert Einstein teria elaborado a “Teoria da Relatividade” , no mínimo, dez anos antes!!

    Abraços!

    Thumb up 4
  5. meu profº fuma desde os 20 anos, e possui um curriculo com 3 pós-doutorados em Física de Partículas, nos EUA e na Suíça.

    ALBERT EINSTEIN fumava

    só deixo minha opinião de que nao se pode generalizar certas pesquisas

    Obrigado

    Thumb up 9
  6. Fumar “EMBURRECE’, salvo melhor conceito, penso que a melhor maneira para atingir o público fumante e freiar os futuros imitadores de tal vicio, deveria começar com uma frase “de efeito ” e que choque, principalmente o
    lado social daqueles que ainda insistem em fumar. Pois as campanhas existentes contra o fumo já não atinge a população, as mesmas são dotadas de eufemismo , o humano já sabe que vai morrer, é óbvio, assim tornou-se indiferente a certas frases. ederomferreira@ig.com.br

    Thumb up 1

Envie um comentário

Leia o post anterior:
relaxar-g
As 5 mais simples maneiras de desestressar

Se você tem alguns m...

Fechar