19 alimentos saudáveis e com alto teor de gordura que irão te manter satisfeito

Por , em 10.08.2019

Hoje em dia, as pessoas já sabem que não precisam mais ter medo da palavra “gordura”, pois ela nem sempre faz mal para nós – pelo contrário.

Você já ouviu falar das “gorduras saudáveis”? Estas são as gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas que, ao contrário das saturadas, carregam diversos benefícios para a saúde, como a redução do colesterol LDL (o ruim).

As monoinsaturadas “estão entre as mais saudáveis de todas as gorduras”, de acordo com a nutricionista Dana Hunnes, da Universidade da Califórnia em Los Angeles (EUA), e são particularmente boas para o coração.

Já entre as poli-insaturadas, os principais tipos são os ácidos graxos ômega-3 e ômega-6, gorduras essenciais que nosso organismo precisa para o funcionamento do cérebro e para o crescimento celular.

E em quais alimentos podemos encontrar essas substâncias fundamentais para uma boa dieta?

Abacate

Um abacate médio possui cerca de 23 gramas de gordura monoinsaturada e 40% da nossa necessidade dietética diária de fibras, além de ser uma boa fonte do antioxidante luteína, supostamente benéfico para a visão, e de não conter sódio. É um bom substituto para maionese e manteiga em pães e torradas.

Nozes

Nozes são excelentes fontes de ácidos graxos ômega-3, especialmente o ácido alfa-linolênico, encontrado em plantas. Combinam com alimentos doces e salgados. Coma de lanchinho ou tente colocar um pouco em sua salada.

Outras sementes oleaginosas

Além da noz tradicional, fruto da nogueira, outras oleaginosas contêm gorduras saudáveis, como noz-pecã, pistache (ricos em carotenoides benéficos para os olhos, como luteína e zeaxantina), castanha-de-caju e amêndoas (ricas em vitamina E).

Manteiga de amendoim

O amendoim é tecnicamente um legume, mas também contém gorduras monoinsaturadas e ômega-6. Tanto ele quanto as sementes oleaginosas mencionadas acima são bons para se fazer uma manteiga gostosa e comer com pão e torrada.

Azeitonas

Uma xícara de azeitonas pretas contém cerca de 15 gramas de gordura principalmente monoinsaturada, e pouco sódio. É um alimento que dá um bom lanchinho ou aperitivo, pois te ajudam a se sentir mais saciado.

Azeite de oliva

Uma colher de azeite tem 14 gramas de gordura monoinsaturada. É o melhor óleo para se cozinhar.

Linhaça

A linhaça é uma excelente fonte de ácidos graxos ômega-3, além de conter fibras solúveis e insolúveis, boas para a saciedade e para o intestino. Podem ser colocadas no iogurte, na salada e em vitaminas, por exemplo.

Salmão

O salmão e outros peixes gordurosos, como sardinha, cavala e truta, são boas fontes de ácidos graxos ômega-3. O ideal é comer duas porções por semana.

Atum

O atum é outra opção recheada de ácidos graxos ômega-3 e é um alimento mais conveniente – além de existirem versões enlatadas, pode ser usado em saladas, pizzas, sanduíches e pode ser cozinhado de muitas formas.

Chocolate meio amargo

Uma porção de chocolate meio amargo (cerca de 30 gramas) contém gordura saturatada, mas também contém as “boas gorduras”, as vitaminas A, B e E, cálcio, ferro, potássio, magnésio, 3 gramas de fibras e antioxidantes conhecidos como flavonoides. Boa opção de sobremesa.

Tofu

O tofu é uma proteína feita de soja. Contém gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas, é rico em cálcio – possui um quarto da necessidade dietética humana diária – e baixo em sódio. É um bom substituto para carne, e vai bem com legumes e grão-de-bico.

Edamame

O edamame é a soja ainda na vagem verde. Ou seja, é cheio de gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas, além de rico em fibras e proteínas. Pode ser comido cozido, ou utilizado em um purê.

Semente de girassol

Um punhado de sementes de girassol contém aproximadamente 15 gramas de gordura insaturada, 6 gramas de proteína e 3 gramas de fibra. Pode ser comido como lanche ou usado na salada.

Chia

A chia é rica em ácidos graxos ômega-3, fibras, proteínas, minerais e antioxidantes. A semente pode ser usada em iogurtes, bolos, tortas, saladas e tapiocas.

Ovo

O ovo é um ingrediente bem conhecido, mas será que seus benefícios também são? Ele é rico em proteínas, gorduras saudáveis e na vitamina B colina (boa para o cérebro e o sistema cardiovascular). E, ao contrário dos rumores, ele não é mais um vilão do colesterol.

Carne bovina magra

A carne bovina magra ainda contém gorduras saturadas, então deve ser comida com menos frequência que os demais itens dessa lista, mas também é rica em proteína, ferro, zinco e boas gorduras. Uma porção de 85 gramas contém 25 gramas de proteina, tres vezes mais ferro que uma xícara de espinafre e um terço das suas necessidades dietéticas diárias.

Carne magra de porco

O mesmo vale para a carne de porco, especialmente os cortes mais magros como lombo, por exemplo. É uma boa fonte de gorduras saudáveis e proteína.

Laticínios integrais

Uma xícara de leite integral contém 8 gramas de gordura boa, versus 5 gramas de gordura saturada. Não é bom tomar muito, mas os laticínios integrais garantem uma maior saciedade. Além disso, sua gordura ajuda o organismo a absorver nutrientes como vitaminas A e D.

Queijo parmesão

Sim, é um laticínio, mas está em um item separado por conta de suas muitas vantagens. O parmesão contém 8 gramas de gorduras boas e 5 gramas de gorduras saturadas por grama, mas é rico em cálcio – fornece quase um terço de suas necessidades dietéticas diárias – e contém mais proteína do que porções semelhantes de carne e ovo. [Self]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (43 votos, média: 4,65 de 5)

Deixe seu comentário!