Dinheiro alivia a dor, diz pesquisa

Por , em 3.08.2009

O dinheiro pode diminuir a dor física e aliviar a rejeição social, de acordo com uma nova pesquisa, realizada por psicólogos chineses e uma professora de marketing estadunidense. Em seis experimentos realizados pelo grupo, foi demonstrado que tocar notas de dinheiro ou apenas pensar em gastos passados afeta os participantes fisicamente e emocionalmente.

Em um experimento, 84 alunos universitários foram divididos em dois grupos. Um dos grupos contou 80 notas de 100 dólares, enquanto o outro grupo contou papel. Depois disso, os voluntários jogaram Cyberball, um jogo de computador em que quatro jogadores passam uma bola um ao outro. Eles acreditavam estar jogando com pessoas reais, mas, na verdade, um computador simulava os outros jogadores.

Pessoas estão ganhando dinheiro extra na internet com coisas feitas em casa

Na metade dos jogos, todos os participantes receberam a bola em um número igual de vezes, mas na outra metade eles foram excluídos depois de dez passes. Os que participaram da segunda versão do jogo contaram que se sentiram esnobados. Entretanto, aqueles que mexeram no dinheiro antes do jogo reportaram se sentir melhor que aqueles que lidaram com papel.

Para testar o efeito do dinheiro sobre a dor física, 96 voluntários foram divididos em dois grupos e também contaram dinheiro ou papel. Depois, um assistente mergulhou as mãos dos participantes na água quente, com 50 graus. Os participantes que contaram dinheiro afirmaram, na maior parte, sentir menos dor que aqueles que contaram papel.

Os cientistas então se perguntaram se a contagem de dinheiro não teria sido apenas uma distração, então os experimentos foram repetidos, mas sem as cédulas de dinheiro.

Em vez disso, eles pediram a um grupo de voluntários que escrevessem sobre os seus gastos no último mês, e o outro grupo escreveu sobre o clima. Depois, os participantes jogaram Cyberball ou colocaram as mãos na água quente. O simples ato de escrever sobre o dinheiro gasto causou desconforto social, de acordo com os participantes, e intensificou a dor da água quente e o incômodo após o jogo de Cyberball.

“Estes efeitos falam sobre o poder do dinheiro, mesmo como um símbolo, para modificar as percepções de sentimentos muito reais, como a dor”, afirma Kathleen Vohs, professora de marketing da Universidade de Minnesota e co-autora do estudo.

O poder do dinheiro

De acordo com os autores do estudo, os resultados da pesquisa reiteram outras pesquisas que afirmam que o efeito do dinheiro sobre as emoções surge de seu poder simbólico sobre as interações sociais. Ele dá popularidade e aceitação às pessoas, além de permitir àqueles que têm dinheiro possam conseguir o que querem socialmente – independente de serem populares ou não.

Os efeitos físicos ligados ao dinheiro podem estar ligados à evolução dessas interações sociais. Uma pesquisa anterior, realizada pelos psicólogos Geoff MacDonald, da Universidade de Toronto, no Canadá, e Mark Leary, da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, mostrou uma ligação entre a dor psicológica e a física.

A hipótese mais bem aceita é de que no princípio das interações sociais, o cérebro humano não criou novos “caminhos” para processar coisas como relacionamos e cultura, e sim utilizou seu antigo caminho, da dor física, para trabalhar para as duas tarefas.

De acordo com Xinyue Zhou, psicólogo da Universidade de Sun Yat-Sem, na China, e co-autor do estudo, os resultados provam que a compensação em dinheiro para pessoas que foram fisicamente agredidas é justificada. Segundo Zhou, já que o dinheiro é ligado à dor física, então obrigar agressores a pagar suas vítimas é uma punição que se aplica bem ao crime. [Live Science]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Rosangela:

    Interessante…
    Mas eu posso garantir que para mim gastar e ganhar, por pouco que seja, me traz uma sensação de bem estar, me considero vitoriosa. Afinal contas quantas pessoas neste mundo não podem se dar ao luxo de comprar seus objetos de desejo por menores que sejam?

  • lucas:

    Ele dá popularidade e aceitação às pessoas, além de permitir àqueles que têm dinheiro possam conseguir o que querem socialmente.
    Nossa nem dsconfiava disso

Deixe seu comentário!