5 coisas horríveis que você não sabia que aranhas podem fazer com você

Por , em 29.10.2019

A grande maioria das pessoas têm asco ou medo de aranhas. Aquelas oito perninhas abusadas, as quelíceras que inoculam veneno e aquele monte de olhos que tudo observam. Mas se você tem fobia de aranhas, é melhor parar de ler por aqui, para evitar ataques de ansiedade.

Veja 5 coisas estranhas que aranhas podem fazer:

5. Aranhas podem se esconder no seu ouvido

via GIPHY

Susie Torres achou que tinha água no ouvido e resolveu passar no médico depois do trabalho. Mas água não tem oito pernas e uma mordida venenosa.

A assistente médica que a examinou saiu correndo da sala e voltou com duas enfermeiras, três estudantes de medicina e um médico para anunciar que uma aranha estava acampando em seu ouvido.

Por incrível que pareça, Susie continuou calma enquanto o médico injetou água em seu ouvido para tentar convencer a aranha a sair. Isso não deu certo, e ele precisou retirá-la de lá com ajuda de pinças.

Os médicos de Kansas City, em Missouri (EUA), retiraram com sucesso a aranha-marrom-reclusa (Loxosceles reclusa), espécie com picada venenosa e perigosa para humanos. O GIF acima é de uma aranha genérica, não mostra Susie e sua inquilina.

Essas aranhas reclusas fazem exatamente o que o nome diz: se escondem. Elas gostam de esconderijos em pedras, lenha, armários, porões e calçados.

Susie acha que a aranha entrou em sua orelha enquanto ela estava dormindo, e jurou que a partir daquele dia iria sempre dormir de tampões de ouvido.

4. Aranhas conseguem matar gambás

Duas aranhas ficaram famosas em 2019 por matar e arrastar gambás por aí. A primeira foi uma tarântula do tamanho de um prato que foi flagrada arrastando um filhote de gambá na floresta amazônica. A segunda foi uma Sparassidar comendo um gambá pigmeu na Austrália.

Aranhas normalmente se alimentam de invertebrados, e consomem pequenos mamíferos apenas como um complemento.

3. Esses aracnídeos se disfarçam de bolas de pelo

Os Pholcidae são aracnídeos de aspecto frágil e pernas longas. Elas não são aranhas porque têm algumas diferenças no corpo: não têm abdômen separado e têm apenas dois olhos. Esses aracnídeos pernudos não são venenosos e não são capazes de produzir teia.

Confira abaixo como a bola de pelos se desmancha em vários aracnídeos que correm pelas rochas na cidade de Ajijic (México).

2. Aranhas podem arremessar teias venenosas em você

A aranha mais especial do mundo provavelmente é a Scytodes thoracica, a única capaz de lançar teia em suas vítimas como Spiderman. Ela tem seis olhos, ao contrário dos oito que as aranhas normalmente têm.

Ela têm glândulas para formar teia de aranha em seu abdômen, mas essas glândulas se conectam com glândulas de veneno. Assim, elas conseguem fazer teia venenosa, que é lançada em suas vítimas, imobilizando-as. Elas não representam perigo para pessoas, apenas para insetos.

Elas são encontradas no mundo todo, mas gostam de temperaturas quentes. Para viverem em locais frios como no norte da Europa, precisam encontrar um esconderijo em casas aquecidas.

1. Aranhas podem fazer um buraco na carne humana

A picada de algumas espécies, como a aranha-reclusa-marrom do tópico número 5, podem fazer as células vermelhas do sangue explodirem. Isso causa uma cascata de eventos que faz o tecido necrosar enquanto o corpo tenta combater a invasão tóxica.

Aqui no Brasil a aranha mais famosa por causar necrose é a aranha marrom, que é mais frequente no Paraná e Santa Catarina. Elas vivem em cascas de árvores, folhas secas e tijolos empilhados, e dentro das casas gostam de ficar atrás de armários, quadros, livros e roupas. A maioria dos acidentes acontece quando a pessoa veste a roupa e aperta a aranha contra a pele, causando a picada.

Poupamos os olhos dos leitores de imagens muito gráficas de necrose por aranha marrom, mas se você tem estômago forte, pode conferir esta apresentação dos Bombeiros do Paraná. Nos casos mais graves, é necessário fazer cirurgia plástica reconstrutora.

Como o veneno da aranha marrom é anestésico, a pessoa só percebe a picada dias depois. Se suspeitar de picada do animal, procure o posto de saúde mais próximo, levando a aranha junto em um recipiente caso seja possível. [Cracked, CNN, Secretaria da Saúde, Bombeiros do Paraná]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (21 votos, média: 4,95 de 5)

Deixe seu comentário!