6 fatos assustadores sobre golfinhos

Por , em 19.06.2010

O golfinho é um animal marinho, pode saltar até cinco metros acima da água, nadar a uma velocidade de até 40 km/h e mergulhar a grandes profundidades. Sua alimentação consiste basicamente de peixes e lulas. Pode viver de 25 a 30 anos e dá à luz um filhote de cada vez.

Ok, nada disso assusta.

Mas se você sempre pensou em golfinhos como aqueles animais bonitinhos, que brincam com os instrutores no parque aquático, pegam o peixinho que você joga para o ar e brincam com a bola de praia, prepare-se para desconstruir essa visão.

6. Golfinhos evoluíram da terra para a água

Todo mundo faz na cabeça a imagem de evolução como peixes que se cansaram da monotonia do fundo do mar, criaram pseudo-pernas e se arrastaram para fora da água. Pois os golfinhos fizeram justamente o caminho contrário. Há fortes indícios de que eles eram predadores em terra, que, enjoados da lentidão com que a gravidade os forçava a se locomover, foram migrando para a água. A base para essa teoria é o formato do embrião do golfinho, no qual é possível ver quatro membros querendo se definir. Os golfinhos, então, teriam passado a viver na água por cada vez mais tempo e os membros foram perdendo importância, o que caracterizou sua evolução. Coisa de umas dezenas de milhões de anos…

5. A Orca é um golfinho

As pessoas chamam a Orca de Baleia Assassina. Mas esse apelido é muito injusto. “Por quê?”, Perguntará você. “Porque ela não é assassina”? Não. É porque ela na verdade não é uma baleia, e sim um golfinho. O apelido é injusto com as pobres baleias. Agora, assassina a Orca realmente é. Tanto que uma delas chegou a matar três pessoas de uma só vez. Detalhe: ela era amestrada para não atacar ninguém.

4. Golfinhos são pervertidos

O golfinho é um dos animais mais ativos sexualmente no mundo. Tirando os primatas, é o único que faz sexo apenas por prazer. Apesar de uma gestação levar de 12 a 17 meses (dependendo da espécie) eles podem muito bem fazer orgias, se engajar com quantas parceiras e – pasmem – parceiros que encontram pela frente. Sim, existe até homossexualidade entre os golfinhos. Alguns chegam até mais longe, usando brinquedos sexuais , tais como gravetos e ossos, para apimentar as relações.

3. Golfinhos são caçadores malandros

Não restam dúvidas de que o golfinho é um animal esperto. Em alguns pontos, essa esperteza é esticada ao ponto de se tornar ardilosa, mordaz: eles são caçadores muito astutos. Eles agem em cooperação para caçar peixes. Um grupo pequeno de golfinhos consegue se posicionar bem de modo a encurralar facilmente centenas de peixes, garantindo uma refeição para todos do bando.

2. Golfinhos podem ser treinados para lutar

Existem histórias pouco divulgadas, durante a guerra fria, entre Estados Unidos e União Soviética. Uma delas, esquisitíssima, diz que os soviéticos venderam “golfinhos de combate” para o Irã. Felizmente, eles acabaram não sendo usados. Imagine só um bando exército de golfinhos atacando algum lugar!

1.Golfinhos são estupradores

Em 1997, cientistas americanos acharam vários cadáveres de filhotes golfinhos mortos. Ninguém acreditou que fosse obra deles próprios, mas ao que parece, golfinhos são assassinos doidos. E foi descoberto que eles possuem o hábito de abusar sexualmente de sua própria espécie (e aí nenhum golfinho está excluído, abusa-se de machos, fêmeas, jovens ou velhos), e até seres humanos, se tiverem a chance. [Environmental Graffiti]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (15 votos, média: 3,93 de 5)

140 comentários

  • Amanda Dias:

    O autor do artigo disse q golfinhos estupram qualquer espécie (macho,fêmea,idosos,jovens). A maldade humana se estende à natureza e animais.

    • Cesar Grossmann:

      Maldade humana? Golfinhos tem “maldade humana”?

  • Josenias Ribeiro:

    Esse site é uma fraude, quer que acreditamos que animais fazem o mesmo que os humanos. Me provem o que estão dizendo

    • Cesar Grossmann:

      Você quer ver um bando de golfinhos machos estuprando um golfinho fêmea? Procure um biólogo que trabalhe com cetáceos, ele vai te mostrar vídeos deste tipo.

    • Claudia Alves:

      ô amigão, não sei se vc sabe mas os humanos são animais tbm, são mamíferos. Podem sim apresentar comportamentos parecidos. Vê no google.

  • Jean Carlos:

    esse e o bicho piruleta

  • Hortência Morais:

    A orca que você falou que matou três pessoas “de uma vez” se chama Tilikum (do Sea World) e, na verdade, matou três pessoas com um espaço de tempo considerável entre elas. Além disso, não há registros de ataques de orcas a seres humanos, até onde eu sei, na natureza, apenas em cativeiro (justamente porque essas orcas “adestradas” vivem um ambiente muito extressantes e dispoem de muito pouco espaço).

  • Filipe Correia:

    ” Em 1997, cientistas americanos acharam vários cadáveres de filhotes golfinhos mortos.” Oh não! Cadáveres mortos! Como isso é possível D:

  • Gean Medeiros:

    só falta agr ta la nadando d boa e ser molestado por um golfinho kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Leonardo Arosteguy:

      Engraçado vai ser vc preenchendo um Boletim de Ocorrência

    • Ivanna Fabiani:

      hahahahahahahah!a Muito bom!

  • Masahito Iwasaki junior:

    crismn75, é óbvio que ouvimos falar mais sobre estupro praticado por seres humanos, pois nós vivemos em uma sociedade humana, a não ser que você tenha um rádio/tv capaz de captar sinais das emissoras marítimas do Sr Lula Molusco.

    “e outra quantos humanos foram mortos por golfinos, e quntos golfinhos foram mortos por humanos? Quem são os vilões aqui?”

    Então me diga, quantos humanos desarmados foram na praia pra se divertir com a família e se deparou com um golfinho em quanto nadava no raso?, quantos golfinhos ganharam 2 pernas pra sair correndo atrás de crianças humanas pela cidade a fim de estupra-las? assim como eles fazem com os filhotes da própria espécie? (A diferença é que no mar eles não são punidos, caso contrário isso não seria normal na sociedade deles) Vamos parar com essa hipocrisia irracional de endeusar os animais e referir a própria espécie (Cuja qual inclui nós, nossos pais e nossos ente querido) como sendo algo maldito. Isso já deu pra encher o saco, pare de querer jogar o estima da humanidade na lama e chupar os pés dos animais. Acredite e considere um pouco a própria espécie, vamos amigo você não é um verme, pare de se achar um

    • Erick Renan:

      Cara…..Vc disse tudo que penso! Parece que fui eu que digitei…

    • Cleibe Junior:

      pelo que sei é o homem que polui, desmata, mata animais simplesmente por matar, destrói o meio por onde passa, e ainda se diz racional.

  • Carlos Ribeiro:

    kqwqkwqkwqkwkqwkw’ pra quê fui ler isso?!
    O.o”

  • Gracy Medeiros:

    Ah, agora faz um pouco mais sentido os humanos gostarem tanto das atitudes de golfinhos. lol

  • Jhonata Ferreira:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk golfinhos estupradores essa foi massa..

  • Rodrigo Carvalho:

    Lendo essa matéria me lembrei o especial Dia das Bruxas do desenho Os Simpsons onde os golfinhos dominavam o mundo e matavam a todos, hehehe

  • Daniel Neri:

    uuuuuuuuuuuuuaaaaaaalllllllllllll

  • Sérgio Oliveira:

    Golfinhos têm o cérebro mais complexo que o humano e a linguagem deles é como se pudéssemos contar um filme transformando cada 3 ou 3 fotogramas em uma palavra – sim eles falam depressa. Também são capazes de aprender e de ensinar e têm consciência de si. Também praticam rotineiramente uma matemática sem dígitos, com base na interação de seu corpo com a água e o mundo submerso. Temos muito a aprender com eles embora jamais sejamos capazes de modelar água ou expressar imagens fônicas, a vivência deles vai enriquecer a nossa. Mas o que poderíamos lhes ensinar em troca? Que talento você ensinaria a alguém assim? Temos de continuar buscando canais de comum – nicação para dizer-lhes: Temos algo em comum.

  • Gargwlas Gargw Gargwlas:

    “1.GOLFINHOS SÃO ESTUPRADORES”

    cade os que gostam de falar mal da humanidade e elevar os animais?

    bando de hipocrita sem conhecimento e vontade pensar

    • Doer Doa a quem:

      Não liga para isso não. Mesmo quem nasce loiro dos olhos azuis também vai sofrer preconceito mais cedo ou mais tarde.

    • crismn75:

      Quantos casos você conhece de humanos etupradores e quantos casos de golfinhos estupradores? Fala sério…golfinho estuprador..e ainda mais estuprador de humanos…fala sério, rs…e outra quantos humanos foram mortos por golfinos, e quntos golfinhos foram mortos por humanos? Quem são os vilões aqui?

  • Cristiano Berserker:

    Só um comentário sobre o tópico 5: a orca é sim um golfinho, porém não deixa de ser uma “baleia” assim como os golfinhos. O que acontece é que os cetáceos, incluindo aí os golfinhos, são divididos em duas subordens: Odontoceti, que são as baleias com dentes(golfinhos, orcas,cachalotes, belugas, botos…) e Mysticeti, que são as baleias sem dentes (baleia-azul, Jubarte, baleia-cinzenta…).

  • Rayane Rodrigues:

    “Meu Deus será que é tao dificil de se entender!…
    homem é racional!…
    Animal é irraciona!…”

    • Ezio José:

      Rayane, para uma grande maioria é difícil! E também não entendem que temos nosso lado irracional paralelo ao racional. Muitas vezes agimos por instinto, o que representa o nosso irracional que neste caso seria quando aprendemos por métodos repetitivos a praticar algum tipo de ação. Os animais aprendem por este método e não raciocinam ao agir; agem por instinto o que é um ato irracional.
      Mas não adianta discutir com fanáticos, eles são irracionais por completos.

    • crismn75:

      Muitos animais raciocinam. Como é que os golfinhos respondem aos comandos humanos nos shows de parques aquaticos? Eles entendem o comando, fazem o que pedem, e o fazem porque sabem que vão ganhar uma recompensa. O que seria isso , senão um tipo de raciocínio?

    • Henrique Terra:

      Em que século vc vive, Rayane??
      18???
      Esse conceito já caiu por terra há muito tempo!

    • Agatha Silva:

      E foi justamente essa matéria que fez eu unir mais a maneira que nos parecemos com os animais. Há tantos loucos no mundo fazendo essas mesmas atrocidades, que se isso for racional eles também são racionais. Ou se eles são irracionais, nós também somos. Porque nós, humanos, também somos pervertidos, assassinos e estupradores.

  • flavio luis:

    ai gostei de saber que ate em seres humanos eles tambem metem se tiverem chance.
    eu daria essa chance.

  • Ana:

    Orcas tem o apelido de assassinas por uma tradução errada: elas são “whale killers”, ou seja, ASSASSINAS DE BALEIAS. Mas traduziram como “baleia assassina”. Não tem nada a ver com pessoas.

    Orcas matam até tubarões brancos.

  • maneljoao:

    eu queria saber qual é o resvestimento do golfinho?

  • Hynara Lopes:

    QUEM ESCREVEU ISSO SOBRE OS GOLFINHOS?!mó mané,hein?n acho q os golfinhos sejam td isso.assassinos,estupradores,pervertidos,malandros,treinados para lutar,evoluíram da terra para a água…afe.prefiro pesquisar sobre tubarões brancos.msm eles tendo feito 348 ataques e 67 mortes aos humanos.

    • Ana:

      Não acredita porque é burra. Tudo isso já foi provado.

  • DelphinDatena:

    kde a policia golfinha pra prender esse vagbundos, esdtrupadores são uns vagabundos

    • bj:

      kkkkkkkkkk rachei

  • may:

    Interessante porém difamação total contra uma espécie tão maravilhosa’ E ao citar sobre que eles podem ser treinados a lutar… Quem os treina são os homens não é mesmo????? Acha mesmo que eles teriam outra opção a não ser lutar!
    A orca tem um apelido Horrivel”assassina” graças ao homem tambem só porque a uns anos atras o treinador dela caiu na grande piscina cadeia e quiz brincar (kkkk

    Agora fala sério neh? quem somos nós para julgar os golfinhos 😉

  • lucas:

    nada de assustador, e eu já sabia q a orca é um golfinho, ou golfão.

  • evelin:

    Achei lindo esses golfinhos queria estar la para ver de perto

  • Cesar:

    FlavioSN, você deveria estudar e entender mesmo a Teoria da Evolução. Assim você não escreveria bobagens.

  • FlavioSN:

    Felipe, se Darwin estivesse certo sobre essa teoria você ainda seria um macaco, pois como explicar a existência ainda de macacos ou “primatas” na atualidade e os outros animais supostamente evoluídos não terem seus “primatas”??Heim,heim? Pensem nisso com o raciocínio próprio e não com a opinião de uma minoria que impõe suas idéias tentando destruir a harmonia entre Deus e as suas criaturas,valeu? Um abraço a todos e fiquem com Deus.

  • eu:

    De qualquer forma, isso não é motivo para “julgar” um animal, se ele pensa ou não, se faz por que quer ou por necessidade.
    Tem gente aí dizendo que TAL BICHO é mais ASSASSINO que o outro, ele devia ir pra cadeia então?

  • eu:

    Golfinhos pensam sim.

    Não falem asneiras, pesquisem antes de falar.

  • enzo:

    Os golfinhos são animais inracionais isso significa que ele não pensa por isso não mata o ser humano …
    Alcontrario o ser humano que mata e não os golfinhos …
    Eu já vi com meus prop´rios olhas um ser humano matar um golfinho com um arpão de matar beleia no dia seguinte a carcasa do golfinho tava na beira so mar …

    Os golfinhos podem ate matar mas pensar nunca vão pensar e nunca vão entras na lista de assasinos …

    A orca pode ate ser um golfinho …
    E ata ser chamada de assasina e como falou o apelido de baleia assasina e impropripo pq ela não mata …

    E papo furado que o golfinho evoluiu da terra …

    Eu acredito que o golfinho não mata pode ate matar mas não pode pensar …

    quando crescer vou ser protetos dos animais …

  • Kátia:

    Que pena que ninguém viu o documentário onde um grupo de golfinhos, arriscando suas próprias vidas, salvou uma família inteira, de ataque de tubarões brancos ( esses sim assassinos ) .

  • Universo Paz e Amor:

    Olá!
    Desculpe invadir seu blog, mas queria pedir que vc me ajudasse a divulgar.

    Tem aqui no Pará, aonde moro, uma indústria pior que essa de Taiji

    280 MIL TUBARÕES SÃO MORTOS TODOS OS ANOS AQUI. RECOLHE-SE AS BARBATANAS DE TUBARÃO E O RESTO VAI PARA O LIXO.
    São tubarões em extinção.

    Veja a matéria completa aqui
    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/790192-ibama-apreende-14-t-de-barbatanas-de-tubarao-irregulares-no-para.shtml

    Se tiver medo de clicar no link, procure no google por Barbatanas de tubarão no Pará, é matéria da folha

    por favor, ajude a apoiar essa causa. é fácil olhar para o problema dos outros e não reconhecer que temos um problema pior em casa. Se puder divulgue no seu blog. Estamos no Brasil fazendo uma matança ainda pior que essa e sequer comemos a carne do tubarão.

  • Natália:

    Tomara que um dia os golfinhos evoluam e façam com os seres humanos as mesmas atrocidades, crueldades e torturas que o homem faz hoje com todos os animais que habitam esse planeta, que são cometidas por desejo corpóreo, por diversão, por puro prazer e até mesmo pela “ciência”…mas, como os animais são superiores, eles não se prestariam a esse papel,,, maltratar e judiar dos outros seres para se divertir é uma característica única e exclusiva da nossa espécie!

  • Nay:

    patético, golfinhos usam galhos como objeto sexual??!
    fala serio, nao leio mais esse site

  • César:

    Eduardo, você está certo! Realmente, a espécie não perde um órgão por desuso, o que provavelmente aconteceu foi que, na água, os elementos que tinham os menores membros tinham mais vantagem (menor consumo para se deslocar, menos custo metabólico) e acabavam tendo vantagem na hora de passar seus genes para a próxima geração. Com isto a espécie foi gradualmente perdendo os membros.

  • Eduardo Garcia:

    Segundo a teoria de evolução de Darwin (naums sei se é assim que se escreve) o primeiro topico está conflitante, nenhum ser consegue perder alguma parte de seu corpo por falta de uso ou de aumentar de tamanho com uso excessivo, essa é uma teoria do “Lamarckismo”, que ja está em desuso.

  • Joao Marcos:

    Se eles são parecidos com os seres humanos tudo é possível.

  • anonimo:

    Agora vai começar uma nova mania de zoofilia
    Onde esse mundo vai para

  • Marco:

    Nossa e eu que gostava de golfinhos

    • Ivanna Fabiani:

      Continue gostando! Acredito que outras razoes movimentem a mídia para o desprezo dos golfinhos, estão descobrindo que somos 99% DNA deles.

    • Cesar Grossmann:

      Ninguém quer desprezar os golfinhos, Ivanna. Fatos são fatos, a natureza não é o que os hippies da década de 1960 ensinaram.

  • Ezio Jose:

    Um golfinho para segurar no gol do Flamengo.

  • Iguanodonte:

    Homem é homem.
    Menino é menino.
    Macaco é macaco
    E golfinho é golfinho

  • Jorginho:

    Bem,já que todos comentaram,vou comentar:
    Parece que alguns discordam que animais raciocinam.
    Provalmente não devam ter um animal em casa ou usa-os como cobaias!
    Acham que humanos são superiores e animais vivem apenas a serviço da humanidade?
    A esses :
    Aconselho que tenham um animal de estimação e assim terão tempo para entender e respeitá-los.
    Mude seu conceito e não venha me dizer que humano são superior absolutamente!
    Sua arrogância ou pretensão é típica de muitos humanos.
    Cientistas só falam verdades?… Não esqueça que muitos e muitos,são manipulados por ”n” motivos e muitas vezes acabam desmentindo a si mesmos.
    Muitos animais têm fechado as bocas de muitos cientistas; quebrando velhos conceitos que animais são irracionais.
    Lembram do cão que conhece mais de 200 palavras e objetos?
    Do papagaio(já falecido)que dialogava e conhecia vocábulos e não apenas lembranças de palavras… pois aplicava-as em devido tempo?
    Do Chimpanzé e seu raciocínio em memorizar e, seu reflexo maior que os humanos que o colocava em provas? Da cadela que salvou uma criança do cão pit bull?
    Também daquele Orangotango que salvou uma criança no zoológico de uma fera?
    Do chimpanzé criado por pesquisadores americanos, que fazia gesto de “sujeira” (seu jeito de pedir para ir ao banheiro) só para escapar das aulas. Que malandragem, algo típico dos seres humanos. Não? (*)
    Dos elefantes e seus rituais fúnebres… Além de comunicar por infra-som?
    Os papagaios que além de inteligentes, ficam de birra, tem ciúmes e gostam de fazer suas bagunças e sabem que estão aprontando.
    São tantos e tantos fatos surpreendentes que vou deixar para outra ‘’oportinity’’… Ou façam vocês mesmo uma pesquisa.
    Deixo um link para quem quiser começar e continuem que descobrirás coisas interesantes:
    http://poppop.com.br/curiosidades/os-animais-pensam/

    http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI9477-15224,00-O+QUE+OS+BICHOS+PENSAM.html

  • silmara:

    Gente, que doideira, então o ser humano que é um animal racional, tem o instinto de qualquer outro animal, porque essas coisas tem no meio dos bichos mesmo, agora o ser humano tem a capacidade de pensar e faz coisa até pior.

  • Val Brand:

    Faltou dizer que a treinadora foi atacada por uma orca que vivia num cativeiro, longe de sua realidade e de seu habitat. Não é de se admirar que animais livres e independentes como orcas e golfinhos, por mais bem tratados que sejam, não venham a sofrer de stress e que em algum momento venham a surtar.

  • Eddy:

    Cesar e família

    Existe Ciência e “ciência”.
    Ciência com consciência, normalmente é inspirada em soluções reais.
    E “ciência” com interesses, normalmente é inspirada por corporações que querem remediações o domínio econômico.

    Somente para ilustrar respeito às farmacêuticas olhe isso: http://www.dailymotion.com/video/xdoln6_dr-john-virapen-1-de-3_news#from=embed?start=0

    Bon voyage

  • Eddy:

    Cesar e família
    Existe Ciência e “ciência”.
    Ciência com consciência, normalmente é inspirada em soluções reais.
    E “ciência” com interesses, normalmente é inspirada por corporações que querem remediações o domínio econômico.
    Somente para ilustrar respeito às farmacêuticas olhe isso: http://www.dailymotion.com/video/xdoln6_dr-john-virapen-1-de-3_news#from=embed?start=0
    Bon voyage

  • Wanderson:

    @Cesar,concordo em genero,número e grau com que vc falou sobre as crianças índigo ou cristal.
    Na verdade,esse termo criança índigo,cristal,foi criado por oportunistas do meio do mercado editorial americano que viram mais um filão para ganhar dinheiro vendendo livros de qualidade duvidosa,se aproveitando de pesquisas sérias de psicólogos e terapeutas sobre as crianças super dotadas ao redor do mundo.

    Porém,sei que existem crianças especiais realmente,que vieram com uma mensagem ou lição para dar a nossa geração, no entanto,são poucas.Logo,esse idéias de que toda criança super dotada é alguém superior não é verdade,pois nem sempre inteligência é sinônimo de sabedoria por que há algumas crianças super dotadas que são extemamente egoístas e soberbas se tornando um desafio para pais e educadores.

  • Eddy:

    Cesar e família
    Existe Ciência e “ciência”.
    Ciência com consciência, normalmente é inspirada em soluções reais.
    E “ciência” com interesses, normalmente é inspirada por corporações que querem remediações o domínio econômico.

    Somente para ilustrar respeito às farmacêuticas olhe isso: http://www.dailymotion.com/video/xdoln6_dr-john-virapen-1-de-3_news#from=embed?start=0

    Bon voyage

  • Gelmirez:

    acho que voltaram e estão infiltrados na turma do PT

  • Cesar:

    “Quem lambe a minha cria, adoça a minha boca” é um ditado antigo. O resto é da minha lavra.

  • Rowibema:

    Cesar,
    Com sua permissão, gostaria de passar adiante o seu comentário Nº 29. É de sua própria lavra?
    Rowibema

  • Marcos:

    Dille, meu caro,
    moro em Brasília e aqui, como em qualquer outra cidade do Brasil, tem gente ruim e gente boa. Quanto a os que os governantes fazem, não esqueçamos que fomos nós que os colocamos aonde estão e a chance de reverter isto, é seu voto.
    No mais, ladrão e safado tem em todo lugar, infelizmente.
    Quanto aos golfinhos, sei não … Vou reler o artigo e procurar fontes científicas mais confiáveis …
    Abraços

  • Renato Bueno:

    “Pervertidos, pedófilos, estupradores… daqui a pouco vão tá no vaticano rezando missa.”

    [3]

  • Raton:

    Um golfinho para presidente do Brasil!!!

  • marcos:

    VEJAM o documentario sobre os golfinhos chamado “the cove” ali vc tem uma impressionante quantidade de informação destes maravilhosos golfinhos. Faltou a reportagem falar das centenas de pessoas que foram salvas pos golfinhos.

  • Rita B.:

    Andréia vc foi brilhante, com poucas palavras falou tudo, nem preciso dar a minha opinião vc já falou tudo.
    abraços

  • Ely:

    Matéria exelente para o meu momento!!!! Até então, antes de, eu, ter lido, estava meio macambuzia. Depois……………..rsrsrsrsrsrs rí, muito com as considerações dos participantes. Amei a opinião de todos. Bendita comunidade de golfinhos que tão bem souberam camuflarem-se no mar, estes cientistas não tinham nada que violarem a privacidade da comunidade “golfinhence” KKKKKKKKKKKK.
    É……..também se assim não fosse, não teria saido da minha macambuzice.

  • Gentil:

    Alguém acima disse que os golfinhos são tão inteligentes que dormem alternando os hemisférios do cérebro; sinto dizer, mas não é por isso: é que os golfinhos tem respiração pulmonar e precisam subir á superfície para respirar. Assim, quando eles descansam, eles precisam do ar da atmosfera, e por isso alternam os lados para dormir, se não, afundariam e morreriam afogados. Quanto aos costumes de cada espécie, é preciso lembrar que os animais não tem consciência de si. Assim, não cabe julgamento. Já com relação aos humanos, a coisa é mais complicada, por causa da consciência de si, pois aí cada um é responsável pelo que faz, e certamente cada um vai ter que confrontar a própria consciência, mais dia, menos dia. Abraço.

  • Luan:

    Golfinhos pervertidos só faltava essa kkkkkkk

  • gargwlas:

    Luiz Carlos falou tudo… tem muita gente depre nesse site.. logico q tem gente q faz as barbaries q vcs dizem q fazem…

    mas como eu sempre pensei e agora corroborado por esta materia… tudo tem um lado positivo e negativo.. inclusive ser inteligente.

  • Cesar:

    “Dogones”, Eddy? Sabendo mais que os “científicos” sobre estrelas? Tem certeza? Ou só por que a informação é contra a ciência você já acha que só pode ser verdadeira?

    É o que mais se vê hoje, pessoas com “opiniões próprias” e pessoas contra a “ciência oficial”. Mordem a mão que os alimenta, veste, transporta, protege desde a infância ao túmulo, estende a sua vida, salva a vida de seus filhos, faz com que vivam até a idade de conhecer os bisnetos, e com saúde, e por aí vai. E em troca do quê? Hocus-pocus. “Dogones”, claro…

  • Eddy:

    Pouca ciência nisso tudo verdade?
    Se fosse vocês, não acreditaria fielmente em tudo que traz a etiqueta “informção científica”.
    Na maioria dos casos são interpretações desde uma perspectiva puramente humana baseada em uma mecânica newtoniana.
    Os nossos “grandes” científicos [formadores corporativos de opiniões] até defendem sistema de combustão para os automóveis. E foram eles que tiraram os automóveis elétricos das ruas? Igual acontece na medicina, nos transgênicos, etc.etc.etc.
    Investigue e apóie sistemas desinteressados, independentes…
    Porque será que as farmacêuticas são donas de universidades? Será que pretendem influenciar a medicina?
    Não verdade???
    Agora se te arranco do mar, te coloco em uma prisão chamada aquário, te dou comida na boca como um imbecil, você não terminaria matando também? Podes ser chamado de assassino?

    Porque será que não difundem o fato de uma tribo como os dogones que conhecem mais das estrelas que nossos “científicos”, afirmam que o conhecimento deles provem de golfinhos que vieram visitar-lhes?
    Me imagino que existem diferentes tipos de golfinhos verdade, não todos serão Gandhi’s assim como, certamente, não todos serão Jack’s estripadores.

  • Joke.Dam:

    Até logo e obrigado pelos peixes…

  • ISABEL PORTO:

    Achei muito interessante sua reportagem, principalmente porque vi num documentário na TV fechada, um golfinho tentando estuprar um homem com quem estava brincando a pouco tempo antes. Achei aquilo muito estranho (mas foi filmado) pois golfinhos são usados também como terapia para idosos e pessoas que tem problemas mentais (autismo). Provavelmente são golfinhos treinados para serem afetuosos e não atacarem as pessoas. Mas essa reportagem não me surpreendeu, pois já tinha visto e me dado conta de que não são tão inofensivos assim. Gracias…

    • Ivanna Fabiani:

      o autismo nao e um problema mental.

    • Cesar Grossmann:

      Ivanna, o autismo está ligado à formação do cérebro. Se não é um problema mental é o quê? Um tipo diferente de unha encravada?

  • Cesar:

    O problema não é tanto se os homens são melhores ou piores que os golfinhos (acho que parte da humanidade é pior, por que ao mesmo tempo que proclama altos valores morais e éticos, age da pior forma), mas o fato que se criou uma imagem idealizada dos animais e da natureza, a famosa frase “a natureza é perfeita”, e “os animais sabem viver com sabedoria e equilíbrio”, quando na verdade não é nada disso, os animais agem por instinto e não tem valores morais ou éticos. O golfinho que salva alguém de se afogar (e isto acontece muito) na verdade está só brincando de empurrar coisas para a praia (eles fazem muito isto), e não está nem aí para a pessoa que está se afogando. Da mesma forma, eles não são animaizinhos perfeitos, exemplos de comportamento moral e ético: eles não tem moral e nem ética, agem conforme seus impulsos e instintos. Só isto.

    Esta matéria é para quebrar a ilusão que os animais são superiores ao homem: não são. Eles não tem intenção alguma por trás de seus atos, apenas estão satisfazendo seus instintos e impulsos. Não há moral. Não há ética. Estas coisas foram inventadas pelo homem.

  • @Elderock:

    Creio que os golfinho não são assim tão inteligentes, eles acabam com sua própia espécie e fazem coisas ruins uns aos outros, é uma especie fardada as suas mesquices. Quanto aos seres humanos se não acreditarmos em nós mesmos quem vai acreditar? Se continuarmos do jeito que estamos nossa espécie pode se arruinar, mas creio que tem muito mais pessoas boa e dispostas a melhorar está humanidade.

    • Nizzio:

      “Creio que os golfinho não são assim tão inteligentes, eles acabam com sua própia espécie e fazem coisas ruins uns aos outros” Esse comentário foi extremamente ignorante, @Elderock, pois é facilmente percebido que infelizmente é isso que a inteligencia traz as espécies. Ou você quer me dizer que os humanos não matam a si próprios, não causam mal uns aos outros? Fazem isso, e fazem isso muito mais que os animais. Não entendo como conseguiu dizer algo tão fora de senso, sabendo que nós, muito mais que qualquer outro animal no planeta Terra inteiro, fazemos guerras, roubamos uns aos outros, prejudicamos outros apenas por questões sexuais, estupramos (mesmo que você não pratique isso, sabemos que os seres humanos tendem a sentir essa tentação e que só na nossa raça isso ocorre extrememamente frequentemente). Você precisa rever seus conceitos, pois o ser humano é tão ou mais afundando em sua própria mesquinhez e egoísmo material que os animais.

    • ira:

      Nizzio,100% com estrelas e nota 10

  • wemerson:

    gostei muito queria que falasse de outro animais tão curioso quanto o golfinhos

    • Naty:

      nossa, desde quando golfinhos atacam pessoas?E se atacam é porque precisam, o homem mata, o homem rouba, o homem faz muitas coisas terriveis, e ainda vem falar que os golfinhos fazem coisas ruins? Eles esqueceram de mencionar que os golfinhos salvam vidas…

  • Juu:

    Agora vi o episódio dos Simpsons, onde os golfinhos invadem a terra e expulsam os humanos para a água, se tornando realidade.
    É… os golfinhos são maus. AHAHAHA

  • Luiz Carlos:

    Pq sera q tem tanta gente com vergonha de ser um humano? Se vcs acham sua especie assim tão ruim, se suicidem! Morram! Desapareçam, virem vacas, sei lá! Eu sou humano e me orgulho muito disso e q se danem os revoltadinhos hipocritas…

    • crismn75:

      Quem fala como você é porque não quer reconhecer os “erros ” que os humanos cometem e acham mais cômodo responder dessa forma. Você já parou para pensar nas carnificinas e genocídios que a humanidade já cometeu? Nas guerras? No ódio, inveja, violência gratuita? E noas atrocidades que cometemos com animais? As vacas e os porcos , por exemplo, são escravos humanos, não são se quer tratados como seres vivos, que sentem dor, sofrem. O que você acha de criar um bezerro confinado sem espaço para se mexer apenas para não criar músculos e sua carne ficar mais macia apenas para satisfazer o paladar humano? O que você achde dar pauladas em chinchilas até que se quebrem todos os ossos, para depois poder arrancar sua pela com ela viva, pois se arrancar com ela morta a pele já não serve mais? Para você é melhor fechar os olhos para isso né? Não estou falando de se envergonhar de ser humano, mas sim de pensar sobre nossas atitudes e mudá-las

  • fatima:

    Af…até os golfinhos?????

  • Roni:

    Adicionando um comentário ao comentário de numero 8 (oito): Não da pra comparar a gente com os animais coitados: isto seria uma afronta. Os piores crimes são nossos mesmo, podendo apenas serem comparados a outros da mesma espécie, afinal: somos os piores.

  • Cla:

    Quem tá falando da horrível raça humana, uma pergunta. Você é pedófilo? Você é estuprador? Gostaria de ser? Não falem generalizando, porque essas atitudes são exceção. E é um artigo, a finalidade não é julgar ninguém, é só constatar que isso também ocorre entre eles.

    Aliás, homosssexualidade não ocorre só entre humanos e golfinhos, existem vários animais que também podem ser homossexuais, inclusive os seus cachorrinhos.

  • Andréa:

    Tá explicado o motivo desse comportamento sinistro dos fofos golfinhos. Se eles tem realmente o cérebro tão desenvolvido, até mais desenvolvido que o dos humanos (como diz o André), tem tudo a ver esse jeito de ser deles, porque me digam: existe comportamento mais perverso do que o do ser humano? Perto do que os homens fazem os golfinhos são uns anjinhos de candura.

  • Cesar:

    Crianças índigo eu sei o que são: o resultado de pais que ficaram inconformados com o diagnóstico de Síndrome de Asperger ou de Déficit de Atenção, e resolveram procurar um guru que inventou uma estorinha bem como eles queriam ouvir, que o filho deles, hiperativo, incapaz de se concentrar e de seguir ordens, era na verdade uma criança especial que iria salvar o mundo. E agora todo mundo tem que aturar estes pirralhos que não são socializados por que os pais acham que as crianças tem o direito de fazer todas as suas vontades por que são “crianças índigo” ou “crianças cristal”. Pior ainda, a criança não recebe a atenção especializada que precisa e que a ajudaria a se integrar melhor no mundo, fazer amizades, ser um cidadão produtivo, lidar com as frustrações de forma construtiva e coisa e tal.

    As crianças índigo são uma desgraça esperando para acontecer, um vale de lágrimas esperando por pais e por filhos, por que os pais foram fracos demais, não conseguiram suportar um diagnóstico que nem é tão terrível.

    Mas como as pessoas preferem ouvir apenas as boas notícias (mesmo as falsas) e como é verdade que “quem lambe minha cria adoça minha boca”, vamos ouvir falar muito ainda destas “crianças índigo” por pais despreparados e engambelados pela conversa fiada da “nova era”. Até que a humanidade acorde desta grande engambelação e perceba que esteve dormindo um sono mórbido, acalentada por falsos profetas e falsos gurus, que acumulavam riquezas e prestígio enquanto diziam o que as pessoas queriam ouvir, não o que elas precisavam ouvir….

  • Dille:

    Eu ate fico surpreso com tal noticias, mas voce amigo leitor , acredita q neste nosso país chamado Brasil,em um antro chamada Basilia,não tem gente mto pior q os golfinhos?basta vc ver oque acontece la no antro de Brasilia, divulguem oque acontece lá, ai vcs vão ver oque os governantes deste país fazem , mto pior q isto, viva a farra dos politicos brasileiros,

  • ira:

    Sem dúvidas Ezio Jose,para sorte do planeta as crianças índigo
    começam a chegar,somente elas para fazer voltar a valer a palavra MORAL NA SUA ESSÊNCIA.
    O mundo atual na sua maioria da humanidade inverteu tanto a existência no seu todo que,somente estas sementes novas
    poderão tirar o humanóide terrestre deste cipoal em que se encontra.

  • Ezio Jose:

    Um garotinho, que não é o político, de seis anos que sabe ler e tocar alguns acordes de violão me fez algumas perguntas capiciosas aos modos humorísticos que lhe é peculiar após ler esta matéria que lhe mostrei. Me perguntou se com tanta inteligência, um bando de golfinhos poderia formar uma banda para acompanhar o canto da sereia? Se eles costumam dar shows nas orlas, o risco de aproximação com o Rio não os comprometeriam com o uso de drogas? Os golfinhos jogavam golfe antes de se tornarem aquáticos?
    Sem comentários! As crianaças índigos são incíveis e diante delas não encontramos muitas respostas.

  • Leopoldo Ruzicki:

    Até parece que estou assistindo o noticiário e lá vêm as cenas da parada gay com um beita golfinho (rosa, é lógico) abrindo o desfile…

  • FlavioSN:

    Felipe, se Darwin estivesse certo sobre essa teoria você ainda seria um macaco, pois como explicar a existência ainda de macacos ou “primatas” na atualidade e os outros animais supostamente evoluídos não terem seus “primatas”??Heim,heim? Pensem nisso com o raciocínio próprio e não com a opinião de uma minoria que impõe suas idéias tentando destruir a harmonia entre Deus e as suas criaturas,valeu? Um abraço a todos e fiquem com Deus.

  • FlavioSN:

    Bom pessoal,por via das dúvidas prefiro não encontrar com um desses maníacos marítimos.E vocês, se cuidem viu?

  • Al Kemist:

    Chamar a orca de baleia “assassina” realmente é injusto; mas não porque ela não é baleia e sim golfinho, mas porque o único ser assassino da natureza é o humano. Dizer que os golfinhos são “pervertidos”, “caçadores malandros” e “estupradores” é pura ignorância, porque os animais não conhecem a imoralidade, o ódio, a astúcia, nem nenhuma das repugnantes falhas de caráter humanas. Ele agem livremente, por instinto natural, sem conhecer a diferença entre o bem e o mal. Para uma mente suja como a humana, compreender isso é impossível…

  • Nelma Pessoa:

    Essa história de querer que os animais obedeçam aos mesmos padrões de comportamento dos humanos é puro egocentrismo. Chamar a orca de baleia “assassina”, condenar o comportamento dos golfinhos e de qualquer outro animal, só porque transgridem as pobres e preconceituosas leis humanas é uma tolice bem digna da nossa ignorância.

  • Adhi Karin:

    O comentário de Salvio Pessoa é perfeito. O comportamento dos golfinhos está sendo analisado através de preconceitos morais e éticos puramente humanos. Os animais estão fora desses padrões.

  • Rodrigo:

    Tomara que não queiram voltar pra terra um dia…

  • ira:

    Andréia com poucas linhas disse tudo com objetividade.
    O humano é perito em conceitos e julgamentos, porem,
    em suas atitudes e pensamentos nefastos,contra tudo e contra todos, e principalmente contra a própria natureza da qual ele é parte,
    ele se mostra não racional, e pior, pois ainda é considerado um genocida racional,o que simplesmente depõe contra a raça humana
    na sua vaidade exagerada e na presunção de que somente ele pensa, e assim sendo tudo o desqualifica em suas ações mesquinhas em beneficio próprio.
    Mas,a raça humana em seus milênios de existencia terrestre ainda é um bebê de fraldas,o tempo é o grande mestre da evolução,então ainda é tempo de aprender de não julgar e conceituar algo alem de sua SOBERBA.

  • Mary:

    rsrsrsrs….ninguem merece héin, mas muito bom saber.Muito massa essas descobertas…Amo esse site.

  • edilson:

    darwin, deu sentido ao cria criacionismo atual! reflita mais profundamente nas escrituras e acharás o Elo perdido que ele decifrou!!! têm gente manipulando seus conceitos!!! acorde!!

  • Felipe:

    Darwin estava certo!!!

    Podemos ver a maravilhosa Evolução ocorrendo.
    Sem dúvidas Charles Darwin matou o criacionismo!

  • João Lima:

    Os humanos são bem piores, nada que vi me surpreendeu, continuo a achar um mamífero 5 estrelas.

  • César:

    Na verdade há uma cientista que tem esta hipótese “maluca” de que parte de nossa evolução se deu na margem de rios ou do oceano, baseada em alguns fatos interessantes, dos quais eu lembro dois deles:

    1. a gordura corporal humana está posicionada em lugares estranhos, se comparada com a de outros macacos;

    2. a relativa ausência de pelos corporais (Desmond Morris escreveu um livro interessantíssimo, “O Macaco Nu”, onde este fato aparece como forma de destacar nossa espécie dos outros macacos – na verdade o título deveria ser “o macaco pelado”, mas acho que a editora achou que “pelado” era muito chulo, mas a ideia era justamente de dizer “macaco sem pelos”);

    De bônus, uma terceira coisa, que não sei se é real ou é da minha cabeça: a orientação dos pelos no nosso corpo é diferente da dos outros macacos (gorilas e chipanzés, que são os mais próximos de nós).

  • yandry:

    Vejo uma questão… Diante de duas espécies: os humanos e os golfinhos; De duas evoluções: a nossa e a deles; Será que podemos esperar muito de nossa raça!? Se uníssemos a mente evoluida do golfinho ( que assemelha se a nossa, porem superior) e a nossa evolução fisica!? O que esperar do futuro evolutivo?? Talvez sejamos todos meio golfinhos!!

  • César:

    Uma das diversões que golfinhos “adolescentes” fazem é se reunir em bando e estuprar fêmeas.

    De uma certa forma, os golfinhos são tão inteligentes quanto nós… Agora, quanto ao sexo, será que eles ganham dos bonobos?

  • ROSEANE:

    Nossa!! E eu que achava minha filha parecida com um golfinho, tão fofinha, nunca mais, eu hein!!!! Qto mais evoluídos, mais pervertidos!!!

  • Alexia:

    “Bando de tarados marinhos”.
    OKSAOKSAOK’

  • fabricio:

    Bando de tarados marinhos.
    Pervertidos, pedófilos, estupradores… daqui a pouco vão tá no vaticano rezando missa.

    [2]

  • Marcos Vinícius:

    Bando de tarados marinhos.

  • José Carlos:

    Foi realizada uma pesquisa pela National Geographic Society e descoberto também que eles são todos torcedores do Sport do Recife.

  • Claudio:

    Acho que um episódio de halloween dos Simpsons foi inspirado nesses fatos… ou vice-versa.

  • Andre Aponte:

    Não me espanto. Já foi estudado o cérebro do Golfinho e confirmaram:

    O Golfinho é a espécie com o cérebro mais bem desenvolvido, melhor que dos humanos. E eles não tem uma sociedade assim como nós porque não tem potencial fisico para construir uma casa ou digitar um teclado como nós temos.

    Mas eles são tão evoluidos que podem dormir com um lado do cérebro e o corpo, depois ele troca e dorme com o outro lado.

  • EDIMILSON:

    JÁ PENSOU SE UM GOLFINHO FOSSE POLÍTICO????

  • Vilma:

    Inteligência é a espertize para cometer maldades e traquinagens.

  • Salvio Pessoa:

    Não é nada disso, gente. O problema é que vocês estão olhando os hábitos dos golfinhos através dos seus valores éticos, morais e estéticos humanos. É o mesmo que horrorizar-se porque os urubus comem carniça ou porque os leões comem carne crua. Os animais simplesmente obedecem aos seus instintos e não têm essas complicações filosóficas dos humanos.

  • Marcelle:

    eu francamente não senti muita seriedade na matéria, achei as informações pouca embasadas.

  • XARDÃO:

    TEM GOLFINHO COM NOME DE RONALDO QUE FOI PEGO NUMA ORGIA COM OUTROS TRÊS, ESTES TRAVECOS.

  • Andréia:

    Essa matéria fala muito do comportamento estranho dos golfinhos, mas pensamos juntos, o que nós seres humanos somos capazes de fazer, quantas crueldades e atitudes nossas vemos todos os dias. Então antes de julgar a forma de viver de um animal devemos olhar para nós mesmos que deveríamos ser seres racionais, mas que as vezes agimos como animais.

  • Everton:

    “será q os golfinhos são cariocas?”
    huauhahuahuahuahuaahuuha chorei… essa foi otima!!!!!

  • Ronald:

    Esses golfinhos gays, na realidade são paulistas e torcedores do São Paulo “os bambis”.
    Realmente não há nenhuma sombra de dúvida pergunte para qualquer palmerense, santista e corinthiano sobre esta questão.

  • Douglas Miranda:

    Pervertidos, pedófilos, estupradores… daqui a pouco vão tá no vaticano rezando missa.

  • Gabriel:

    daqui a uns milhoes de anos eles vao dominar a terra deste modo

    =D

  • Enzo:

    Será ficção ou realidade esses fatos narrados?
    Estou como S.Tomé,só acredito vendo…mas,só não quero ser estuprado por nenhum deles,hahaha!

  • Alice:

    Dos 6 fatos apenas um eu DESconhecia, e pesquisando animais sei que os 5 fatos que eu já li vale para centenas de outros animais, claro em diferentes proporções e aspectos.
    apenas o ultimo fato sobre estrupo me parece bem estranho, creio que seja DIficil deduzir isso apenas observando cadaveres ?
    quantos animais matam instintivamente por sexo ?
    acho que muitos ?
    como saber se tem a mesma conotação que pra nos ? impossivel.

    ESSAS DESCOBERTAS NUNCA vão diminuir minha admiração por todos eles e pelos animais em geral e reforçar minha ideia da maldade humana.

    O ser humano é o unico preocupado em pesquisar coisas que o redimem de suas proprias pervesidades.
    o unico que mata e não come.
    que gospe na agua que bebe
    e envena a comida de todos.
    …………

  • Peter Limer:

    Será que os golfinhos são Cariocas?

  • Peter Limer:

    Se os Gay’s descobrirem, os golfinhos estão empregados.

  • Robson:

    Acho isso verdade mesmo, tem ate um video!
    http://www.youtube.com/watch?v=RKqTOLAKYhk

    • crismn75:

      Então os cachorros que fazem isso em sua perna também são cachorros estupradores

  • Samantha:

    palhacada…golfinho pedofilo…era o q me faltava!eu hein…

  • Rafael:

    A palavra não é “homossexualismo”, é “homossexualidade”.
    Obrigado.

  • Eduardo:

    Daqui a pouco sera descoberto que eles tem sua origem no Brasil.

Deixe seu comentário!