8 Alarmes extremamente bizarros (ou mortais)

Por , em 18.07.2008

Os alarmes que você verá à seguir parecem invenções que o McGuyver pensaria em criar com um clipes de papel, uma bisnaga de desodorante avanço e um clicletes mastigado, mas são, na realidade, máquinas reais; cada uma delas, até as mais letais, existem de verdade.

8. Alarme-ratoeira

alarme

Em dezembro de 2007, quando o seu próprio dinheiro do lanche e de vários colegas começaram a desaparecer consecutivamente Harry Cordayi começou a assistir o History Channel para criar alguma maneira de pegar os culpados. Ele descobriu um documentário sobre armadilhas vietcongues utilizadas na guerra do Vietnã. Então ele colocou uma nota de cinco dólares australianos na ratoeira durante o lanche. Harry havia colocado tinta fresca nas barras da ratoeira para pintar os dedos do bandido. Quando ele voltou do lanche e percebeu que a isca havia sido mordida começou uma caça às bruxas. Um dos bandidos foi pego com os dedos verdes em uma rota desesperada para o banheiro, onde lavaria a evidência.

7. Primeiro sistema de alarmes

alarme

Este alarme foi patenteado em julho de 1852 por E. T. Holmes. Os três pinos à esquerda são para alimentação e circuitos. A alça na parte frontal da direita era o disjuntor para armá-lo. Este dispositivo ficava instalado dentro da lareira, para melhor efeito acústico e, quando armado, e uma porta conectada no sistema fosse aberta, o alarme soaria.

6. Alarme de percussão para janelas

alarme

Este alarme de percussão do começo dos anos 1800 é feito em aço e continha uma carga de pólvora quando carregado. Quando a janela era aberta por um intruso a carga explodia com um alto som para afugentá-lo. Era usado em janelas ou em batentes de portas.

5. Alarme-armadilha de percussão animal

alarme

Este dispositivo fabricado entre 1880 e 1890 podia ser usado como um alarme de percussão ou como uma armadilha de animais. O dispositivo ficava fixado no chão armado com um ou dois cartuchos de projéteis de chumbo ou festim. Um fio era amarrado no gatinho atravessando algum local de passagem (preferencialmente de bandidos). Quando alguém ou algum animal esbarrava no fio o alarme/tiro era acionado. Ainda bem que o menino do alarme-ratoeira não teve uma idéia tão funesta.

4. Alarme com gramofone

alarme

Esse alarme criado de 1939 contém um gramofone e um dispositivo de discagem telefônica. Quando uma invasão era detectada, o equipamento discava para um número telefônico e tocava a mensagem do disco. É uma tecnologia similar aos alarmes monitorados atuais e, ainda nos dias de hoje, pode ser facilmente burlado ao se cortar a linha telefônica. Tem gente que não aprende nunca.

3. Alarme breque de porta com mecanismo de relógio

alarme

Este alarme da década de 1870 é um breque que era acomodado no pé da porta. Quando alguém tentava abrir a porta a lingüeta com o ‘ferrão’ acionava o mecanismo que disparava “uma alta e eficiente” sineta.

2. Arma-alarme de intrusão

alarme

Este dispositivo de aparência monstruosa está em exibição no Docklands Museum, no Reino Unido. Ele é basicamente uma arma que pode conter uma carga apenas de pólvora, para assustar os invasores. Mas pela aparência do cano, possivelmente este não era seu propósito. Conectado a um fio, que era acionado pelo passo incauto do invasor, e disparava a arma.

1. Alarme Kalashnikov integrado com telefone celular

alarme alarme alarme

Um alarme conectado a uma arma automática só pode ser receita para… afegãos. Hanif Molavizadeh, um engenheiro eletricista aposentado de 60 anos, inventou um dos mais terríveis alarmes do mundo. Ele dispõe de uma AK47, a arma automática mais usada no mundo, e uma caixa de circuitos com auto-falantes e microfone. Quando um invasor entra, a caixa começa a fazer sons de alerta e automaticamente telefona para o celular do proprietário. Ele então pode conversar com o invasor, ou mandar bala nele, ou ambos. A única coisa que eu falaria quando recebesse uma ligação é “Hasta la vista, baby”, só para que o meliante fosse para as cucuias com um sorriso no rosto.

Em um dos testes Hanif esqueceu-se de desarmar a metralhadora e a máquina fez picadinho da sua janela. As balas ricochetearam no muro de um vizinho policial (que não ficou muito feliz). Outro vizinho, um político local, ficou tão impressionado com o dispositivo comprou um de Hanif. Sem o Kalashnikov.

[Fontes: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

6 comentários

  • Fernando de Jesus:

    1. ALARME KALASHNIKOV INTEGRADO COM TELEFONE CELULAR
    esse e bom para a minha geladeira

  • gloria:

    O melhor alarme q conheço e tenho em minha casa é meu cãozinho Sadam, ele late tanto quando algo ñ está normal, q enquanto alguem ñ for vê-lo ela ñ para de latir incomodando todo mundo a qualquer hora do dia ou da noite.

  • Luan P.:

    Me perdooem mas, nao seria mais facil o menino simplesmente guardar o dinheiro no bolso ? o.O … O.o

  • Rui Pitta Groz:

    César, é simples, dá um salto ao Vietname….

  • Cesar:

    Onde será que se consegue receitas de antigas armadilhas vietnamitas…

  • alexandre:

    É impressao minha ou dentro do alarme 3, Tem um gato ou um eskilo sei lá… e akele ferrao lah espeta ele…q começa a berrar q nem louco(ou q nem um alarme!)kkkkkkk?!!!!

Deixe seu comentário!