A radical teoria da gravidade que elimina a necessidade de matéria-escura

Por , em 17.08.2019

Preste atenção neste nome: Erik Verlinde. Sua hipótese sobre gravidade publicada em 2009 lhe rendeu comparações com Einstein. Verlinde propôs que a gravidade não seria uma força fundamental da natureza, mas sim uma consequência das interações entre as informações que preenchem o universo.

O pesquisador acaba de anunciar que está se encaminhando para transformar suas hipóteses em uma nova teoria, segundo a Organização Neerlandesa para Pesquisa Científica (NWO, na sigla em inglês). 

Verlinde vai contra os pensamentos de Newton e Einstein e baseia suas hipóteses na teoria das cordas, teoria da informação quântica e na física dos buracos negros. Assim, a gravidade, segundo ele, seria uma força entrópica que surge como resultado de uma “informação associada com as posições de corpos materiais”, segundo um artigo publicado em 2011. O que direciona a gravidade seria o emaranhamento quântico de pequenos pedaços de informação de tempo-espaço.

“Nos últimos dez anos, nós temos aprendido gradualmente muito mais sobre como falar sobre informações do tempo-espaço. Estou considerando seriamente reescrever meu material de 2009, mas agora formulado com muito mais precisão. Eu acho que eu poderia retirar um pouco da descrença que ainda existe”, diz ele ao NWO.

As ideias de Verlinde foram testadas por um grupo de cientistas do Observatório Leiden (Holanda), que concluiu que uma previsão-chave do físico estava consistente. Eles estudaram o efeito de lente de campos gravitacionais que são distantes do centro de mais de 33 mil galáxias e descobriram que o número está batendo com a previsão de Verlinde.

Mas um estudo de 2017 realizado na Universidade de Princeton (EUA) se posicionou contra as ideias de Verlinde, mostrando que elas não eram consistentes com dados observados sobre a velocidade de rotação de galáxias anãs.

Mesmo assim, outros físicos têm defendido o trabalho do pesquisador holandês, e ele recebeu o prêmio Spinoza, a mais alta condecoração dos Países Baixos. Verlinde sente que sua tese de que a informação é o bloco principal do universo está se tornando mais aceita. [Big Think]

Neste vídeo de 2011 (em Holandês, com legenda apenas em inglês), Verlinde falava sobre a necessidade de uma teoria que unisse a mecânica quântica com a gravidade:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (30 votos, média: 4,83 de 5)

Deixe seu comentário!