Pais ignorantes culpados por abuso de drogas de adolescentes

Por , em 16.08.2008

Pais que falham em monitorar as atividades de seus filhos em idade escolar e deixam medicamentos controlados em locais de fácil acesso são grandes contribuintes para o abuso de drogas juvenil, de acordo com uma nova pesquisa.

O relatório baseado uma pesquisa que olha para os “pais problema” – que facilitam que seus filhos adolescentes fumem, bebam álcool ou usem drogas ilegais e medicamentos porque não sabem o onde seus filhos estão durantes as noites dos dias da semana – falham em deixar os medicamentos controlados fora do alcance e não falam sobre os perigos do abuso de drogas e do álcool.

O relatório foi baseado em uma pesquisa conduzida pela Universidade de Columbia, EUA.

Entre as maiores descobertas da pesquisa:

  • Quase metade dos adolescentes entre 12 e 17 anos disseram que freqüentemente saíam de casa para ficar com os amigos durante os dias da semana, mas apenas 14% dos pais disseram que seus filhos faziam isso.
  • Um terço dos adolescentes que tinham amigos que abusavam de medicamentos prescritos disseram que seus amigos conseguiram as drogas no armário de remédios em casa e outro terço disse que amigos ou colegas facilmente poderiam fornecê-los.
  • Um em cada quatro adolescentes disse que sabia que um dos pais de um colega (ou que conheciam um amigo) que fumava maconha e 10% disse que estes pais fumavam maconha com adolescentes.
  • Pela primeira vez mais adolescentes disseram que drogas farmacêuticas eram mais fáceis de conseguir do que cerveja. A percentagem de adolescentes que considerava as drogas prescritas como a mais fácil aumentou 46% em apenas um ano.

“As crianças estão conseguindo estas drogas em casa ou da casa de amigos, mas há uma tremenda desconexão ou negação com os pais sobre isso”, disse Joseph A. Califano Jr. um dos responsáveis pela pesquisa.

Outra pesquisa também revelou uma grande lacuna entre os comportamentos dos adolescentes e conhecimento dos pais sobre estes comportamentos.

Mais de sete em cada dez adolescentes disse que o estresse na escola era a causa mais importante para estes comportamentos e apenas 7% dos pais reconheceu que essa poderia ser a causa possível para abuso de drogas por parte dos seus filhos.

Um em cada cinco adolescentes da pesquisa disse que havia abusado de drogas farmacêuticas e 41% consideraram estas drogas mais seguras do que drogas ilegais. Existem mais de 40 medicamentos de prescrição que podem ser usadas desta maneira.

Uma dica útil seria que os pais fizessem um inventário dos medicamentos prescritos que existem em cada e joguem fora os vencidos, especialmente sedativos, tranqüilizantes, analgésicos e drogas para déficit de atenção.

Os pais também devem considerar fechar com chave quaisquer drogas que possam ser abusadas.

Converse com seus adolescentes

A perda do ator Heath Ledger em janeiro por causa de abuso de drogas levantou várias questões sobre o problema, fazendo com que muitos adolescentes soubessem que os medicamentos da farmácia podem ser tão fatais quanto as drogas que circulam nas ruas, quando usadas em excesso.

A fama do ator por causa do popular filme Batman, o Cavaleiro das Trevas também mostra uma oportunidade única para que pais falem com seus filhos sobre o abuso de drogas prescritas e em geral.

“Pergunte a eles o que eles pensam sobre o que ocorreu com o ator e ouçam-nos de verdade. Conversas assim fazem a diferença. Você não se deve tentar assustá-los com um longo monólogo, mas sim ter várias conversas mais curtas que não tão amedrontadoras. [WebMD, LA Times, TM Times]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 3,00 de 5)

8 comentários

  • Rita B.:

    Agora é tudo culpa dos pais!!! O que vc me diz de crianças que crescem com pais alcoolicos e nem sequer fumam cigarros?
    conheço varios casos que não tem nada a ver. Não dá para apontar o dedo só para os pais. Nosso governantes deixaram as fronteiras abertas para as drogas e adolescentes são curiosos,mesmo tendo país 100% Ninguém mais está livre de ter um filho um neto, um parente qualquer usuário de drogas, ninguém.
    Pais erram, sim, mas se não existisse as drogas de bandeja por ai estes filhos seguiriam outro rumo.

    • J.P.:

      Sim, é tudo culpa dos pais. Negar isso é se omitir da responsabilidade como mãe/pai.
      Vejo pais que responsabilizam a escola, a TV, a polícia, o sistema, o governo, pelo declínio moral dos filhos, pelo uso de drogas, pela gravidez na adolescencia. Culpam até os professores pelas notas baixas dos filhos.
      Mas o que acontece realmente, são lares destruídos, maridos e esposas que não conversam, que sempre empurram os problemas para baixo do tapete, que não conseguem dialogar sobre sexo entre o casal, que dirá falar de drogas com os filhos.
      A matéria fala que os pais deixam medicamentos a disposição dos filhos. Não guardando/escondendo de forma adequada ou mesmo explicando que os filhos não devem usar, o por que, as consequencias.

      Cabe ao governo regulamentar usos e cobrar impostos. E todos os dias há uma nova droga no mercado, sempre teremos mais drogas a disposição no mercado. Não é culpa do governo. É culpa dos pais… São os pais que negligenciam dia após dia a maturidade intelectual, para decidir, para exigir, para orientar, para votar, pra quebrar preconceito, pra se interrogar, pra se conhecer verdadeiramente. Os pais, normalmente são tão arrogantes, que presumem ter todo o conhecimento do mundo. Raramente estão dispostos a ouvir os filhos e se os filhos não querem falar, os pais não estão dispostos a interpretar coerentemente os comportamentos de filhos e amigos dos filhos.

      Portanto, cabe aos pais orientar. Fugir da omissão. Quebrar as amarras da vida medíocre de ser levado sem saber pra onde, quebrar as amarras do orgulho. A vida é um eterno aprender.

      Sei também que a vida é cansativa, a rotina de trabalhar como escravos, estudar como escravos é deveras complicada. Mas deve-se pensar, que se não há tempo disponível pra educar os filhos, não se deve tê-los. Proibir, surrar, tentar impedir, nunca funcionou, pelo contrário, sempre estimulou o uso de drogas. Mas é mais fácil. O tataravó fazia isso e passou para todas as gerações futuras… ninguém nunca se questionou se isso seria correto. Vive-se com base no repetir. Apenas repetir. O que mãe, pai, irmãos sempre viveram. Mudar é pecado na cabeça de milhões de pessoas…

      Vale lembrar que muitos passam a usar drogas na vida adulta.
      Portanto… não adianta reclamar, é tudo culpa dos pais, sim! Pais que permanecem estagnados culpando o governo pelos filhos usarem drogas.

  • Gisele:

    Acho que todo adolescente pode ter acesso as drogas . E que os pais podem ser maravilhosos , mas se os filhos quiserem usar , irao !
    Nao tem formula magica , mas acho que os pais devem estar proximos dos filhos sim , checando , perguntando , telefonando , etc. Essa fase passa , mas esteja sempre com seus filhos incansavelmente conversando , mostrando artigos sobre drogas e mais coisas que podem acabar com a vida de um jovem .

  • hebertom:

    eu acho q o uso de substancias narcoticas sao culpa dos pais q sabm q os filhos estao fazendo uso e nao se preucupam em sabr porq eles estao usando se eles

  • João:

    Eu fumo maconha e mnha casa fica em frente a uma escola.

    Eae? E o meu livre arbitrio, tu vai me dizer que eu nao posso fumar maconha na minha casa agora? Fumo sim…
    Maconha nao é droga… É uma planta…

  • Geovani:

    Na real esse problema é muito maior nos Estados Unidos, aqui o problema é tráfico mesmo. Maconha, cocaina, crack, crianças fumando, eu mesmo vejo quando passo por grandes avenidas a noite,ou mesmo, parques.
    No Brasil esse é o grande erro, as drogas ilegais reinam, aqui mesmo no meu prédio tem 3 que fumam maconha, que fica a 500 metros de uma escola de Ensino Médio.

  • mestre em direito:

    Sou mestranda em Direito e é incrível como várias dessas situações ocorreram comigo. Apesar de ter dificuldade em responsabilizar outros pelo que acontece comigo.

    Desde os 12 anos meu pai me estimulava a beber com ele e muito, às vezes me dava até black out… ele tem tendências tb ao exagero. E na escola eu não me enquadrava com a turma e frequentemente despejavam o cesto de lixo em cima de mim, sofri horrores por causa de colegas maldosos, chorava horrores, mas ele dizia que eu saberia de saber enfrentar… me meti com pessoas erradas, bebia demais para variar quando saía e as drogas me pareciam um grande abraço de urso com todo o amor e compreensão que eu precisava, apenas….

    Apenas aos 18 anos parece que me tornei mais forte naturalmente… e me fui me fazendo sozinha…

    Os pais, a não ser que os filhos sejam uns anjos podem infernizar nossa vida…

  • fulano:

    haha…grande coisa o stress da escola, vão estudar!!
    cadê o bom senso também? os colégios tb deveriam ensinar isso…e os adolescentes ñ sao tao burros asssim neh…(eu axo)

Deixe seu comentário!