Albert Einstein era mesmo um aluno medíocre?

Por , em 14.02.2012

Não, Einstein não era um aluno medíocre. Na verdade, seu problema era menos intelectual e muito mais comportamental: Albert não suportava autoritarismo, tinha má atitude e era temperamental.

Com cinco anos, Albert Einstein teve aulas particulares com um tutor. Isso não durou muito tempo, porque Albert jogou uma cadeira em seu professor porque estava de mau humor. No mesmo ano, Einstein também começou a aprender violino.

A história escolar de Albert é conturbada. Desde 1885, quando ele tinha seis anos, fez parte de uma escola católica de Munique, conhecida como Petersschule. A mãe de Albert escreveu uma vez à irmã: “Ontem Albert recebeu suas notas. Novamente, ele foi o número um, e seu boletim foi brilhante”.

Em outubro de 1888, ele mudou para a escola de gramática Luitpold. Como não foi capaz de lidar com a atitude autoritária da escola, e foi tendo mais e mais problemas graves com alguns de seus professores, abandonou a escola de gramática em dezembro de 1894 sem um diploma. Sua professora uma vez disse-lhe que “ele nunca chegaria a lugar nenhum”.

Para poder estudar no Instituto Politécnico Suíço, em Zurique, Albert Einstein teve que fazer um exame vestibular em outubro de 1895. Seu desempenho em física e matemática foi excelente. Em algumas das outras áreas testadas, no entanto, não foi suficiente.

Albert Einstein não passou no exame! Posteriormente, ele seguiu o conselho do diretor da Universidade de Zurique e foi para uma escola em Aarau, na Suíça, em outubro de 1895, para fechar a lacuna em seu conhecimento.

Em setembro de 1896, ele passou com sucesso em escrita e oral. Em outubro de 1896, ele começou a estudar no Instituto
Politécnico da Suíça. Sua ambição era obter o diploma de professor das disciplinas de matemática e física. Em julho de 1900, concluiu com êxito seus estudos.

Em resumo, no decorrer do seu tempo escolar, Albert Einstein passou a ser um aluno muito bom em matemática e ciências. Nas outras disciplinas escolares, ele era um aluno mais “moderado”.

É claro que este fato não tem nada a ver com uma falta de inteligência. Ele simplesmente não queria entender que também deveria aprender coisas que não lhe interessavam – como qualquer outro aluno de ensino médio hoje em dia.

Em seu certificado de qualificação para a universidade, logo abaixo, as disciplinas as quais ele estava menos interessado podem ser facilmente detectadas. Mas a nota média em sua certidão foi 5, ou seja, “bom”! De qualquer forma, o “aluno moderado” passou a ser um dos mais importantes cientistas do século 20. É isso que chamamos de virada, né?[EinsteinWebsite]

 Legenda: 6 = excelente, 5 = bom, 4 = suficiente, 3 = ruim, 2 = muito ruim, 1 = insuficiente.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (8 votos, média: 4,38 de 5)

67 comentários

  • Alexandre Costa Cruz:

    Quem nao sabe que Einstein e fruto de um do lobby sionista,da qual ele fazia parte?
    Nem os fisicos acreditam que ele fez algum calculo…
    Nao acreditem em tudo que aparece na internet

    http://fora-damidia.blogspot.com.br/2011/09/albert-einstein-e-uma-fraude.html

    • eduardo…:

      Esse blog é de divulgação idéias nazistas. Se você esta dizendo pra não acreditarmos em tudo que vemos na internet, digo o mesmo pra você.

    • Everton:

      Você fala para não acreditar em tudo que aparece na internet e coloca um link para um blog duvidoso na internet?
      Faça-me o favor…
      Qual lobby sionista? De qual “teoria” conspiratória você se refere?
      QUAIS físicos não acreditam que Einstein fez os cálculos?
      Cite nomes, mostre artigos científicos tentando mostrar o contrário, mostre provas concretas e FATOS que amparam isso que você escreveu. Caso contrário, silencie-se!

    • Tangalomango .:

      Cada uma, hein!…

  • claudio hollen:

    Einstein se estivese vivendo hoje certamente dispensaria computadores.

    • José Pantoja:

      Duvido!!
      Ele seria fanatico por computadores.

    • Jonathan Jackson:

      Para que dispensar uma ferramente que pode te dar toda conhecimento já produzido pelo homem?

  • levita:

    Eu sempre odiei matematica apezar dela estar presente em tudo a nossa volta, mas o pico para mim foi quando passei por uma professora da 5 serie muito mas muito xata!! ela me deixou traumatizado e os anos seguintes na matematica nunca mais foi o mesmo 🙁

    • Fernanda Rodrigues de Barros:

      Me descreveu! 5ª série, onde tudo piorou e com professora chata. Me perdi ali, em potenciação, raíz quadrada…

  • edno luiz pizzolatti:

    Quando criança,no ensino do primário adorava matemática que em aquele tempo davam o nome de aritmética.Ganhei até um premio como melhor aluno neste setor.Entretanto a medida que fui avançando nos estudos passei a detestar a matemática em razão dos precários professores,motivo porque hoje em dia só sei de matemática ápenas para o gasto,mas continuo com sede de seus conhecimentos.

  • Ana:

    Um bom professor eu acho que faz toda diferença, eu odiava matemática e ciências no início dos meus estudos até que encontrei professores que me fizeram amar tais matérias.Ele mesmo sem ter toda essa “motivação”, quando criança conseguiu se sobressair…

  • pedro:

    acho que ainda hoje a educaçao ,tem muito para evoluir,lembro-me de nao gostar dos livros escolares ,e depois das aulas ir ler a popular cience,a cientific american,pois estas nao tinham o discurso enfadonho e pessimo grafismo,como os manuais escolares,na minha altura,normalmente quem fazia um livro escolar era um professor,mais preocupado em impressionar os colegas e mostrar-se mais eurudito,do que ensinar,complicar a vida a quem queria aprender ,vaidades .acredito que einstein tenha aprendido mais a trabalhar no registo de patentes ,a interagir com cientistas ,inventores,pessoas de mente aberta ,do que com os repressivos e castradores professores da altura .

  • Dacio:

    PARA AQUELES QUE ACREDITAM TUDO QUE SEUS PROFESSORES ENSINARAM, FRASE PARA REFLETIR!

    “NÃO ACREDITE EM ALGO SIMPLESMENTE PORQUE OUVIU. NÃO ACREDITE EM ALGO SIMPLESMENTE PORQUE TODOS FALAM A RESPEITO. NÃO ACREDITE EM ALGO SIMPLESMENTE PORQUE ESTA ESCRITO EM SEUS LIVROS RELIGIOSOS. NÃO ACREDITE EM ALGO SÓ PORQUE SEUS PROFESSORES E MESTRES DIZEM QUE É VERDADE. NÃO ACREDITE EM TRADIÇÕES SÓ PORQUE FORAM PASSADAS DE GERAÇÃO EM GERAÇÃO. MAS DEPOIS DE MUITA ANÁLISE E OBSERVAÇÃO, SE VOCÊ VÊ QUE ALGO CONCORDA COM A RAZÃO, E QUE CONDUZ AO BEM E BENEFICIO DE TODOS, ACEITE-O E VIVA-O.”

    BUDA

  • Dacio:

    Vou mostra por que Albert Einstein é um lobista! Agora não adianta discutir com vocês, se não conhece sobe física, matemática e história!

    Na 1º Edição da teoria da relatividade de Einstein, que ele chamou de teoria da relatividade restrita. “Ele confundiu medida com grandeza! Isso é fato!

    Na 2º Edição, a teoria da relatividade geral. “Ele confundiu o número com a medida! Um grande erro para qualquer cientistas que estudou anos, você não acha?

    Mais outros podem sitar o premio nobel que ele ganhou em 1921 sobre efeito fotoelétrico! Certo, vamos ver se esse premio foi justo?

    Albert Einstein falou:” QUE A LUZ VIAJAVA COMO PARTÍCULA”. ESTÁ ERRADÍSSIMO como diria José dias( Dom Casmurro – Machado de Assis )A Luz é principalmente onda! Max Planck já tinha constatado que somente na hora da emissão da luz que ela se apresenta como partícula. OU SEJA, ELE GANHOU O PREMIO PELO SEU LOBISMO!

    • Marcelo Reis:

      E vc confundiu Citar com Sitar

      Sem mais.

    • Ivo:

      HAHAHAHAAH muito boa!

      Que burro… dá zero pra ele!

    • MAXX:

      SEM FALAR QUE NÃO FAZ IDÉIA DO SIGNIFICADO DE LOBISTA… PACIÊNCIA…

    • Elcio RS:

      Fala sério, com este português aí, querer criticar um dos maiores gênios da raça humana? Peça alguém para redigir para você e tente novamente…

  • Cesar:

    Alguém conhece aquela estorinha que os religiosos gostam de contar, do menino Einstein corrigindo um professor ateu malvado quando ele apresenta a prova aristotélica da inexistência de deus, baseado na existência do mal? A estória não combina de forma alguma com o perfil do aluno Einstein, o que é mais um aprova que é uma estória forjada.

    • Jonatas:

      Provavelmente o que Einstein queria não era a união da ciência com religião, mas aproximar ciência do meio religioso pra enfraquecer a cegueira religiosa induzida em relação ao meio científico. Mas desvendar o Universo é bom pra conquistar mentes construtivas, mas não mentes crentes fechadas. Para penetrar essas mentes fechadas basta dizer que acredita em deus, que eles não duvidam de nada. É tudo uma questão de manipulação, ele apenas usou o método dos pastores e padres, que é o mais eficiente nesses casos.

    • José Marcello Vertemati Pinto:

      A estória é certamente falsa, pois não faz sentido algum. Posso apontar várias falhas… primeiro Einstein afirma que o frio não existe, pois é ausência de calor. Oras, a ausência existe, é real, logo é claro que o frio existe. No começo do estudo do calor, inclusive, considerava-se o frio como uma substância, e sua ausência seria o calor. Mais tarde, com a teoria cinética dos gases, ficou comprovado que o calor na verdade é o movimento das partículas. Ou seja, segundo essa lógica, nem o calor nem o frio existem. E é claro que o professor saberia disso para contra argumentar Einstein. Ironicamente, a descoberta do movimento browniano por Einstein viria a reforçar ainda mais a teoria cinética.

    • D. R.:

      Provavelmente, essa lenda é derivada das reflexões filosóficas de Santo Agostinho sobre o problema do bem e do mal; a qual ele chegou a conclusão de que o mal não existe de fato, mas é a ausência do bem; assim como, as trevas é a ausência da luz:


      Para que haja o mal absoluto, este mal deve ser total, não pode possuir nenhum bem. Mas se ele existe, possui a existência, e como bem sabemos, a existência é um bem, ou por acaso existir é algo mal? Óbvio que não. Pois foi dada por Deus.

      Então, se o mal absoluto existe, possui o bem da existência, portanto não é absoluto.

      Logo, a existência do mal absoluto é inviável, consequentemente o mal não existe em si mesmo. Não existe como Ser, ente metafísico.

      Então, o mal não existe!

      Mas então nos vem outra dúvida na cabeça: O que é o mal então? Como falamos tanto de algo que não existe? Isso é ilógico!

      Pois bem, isso é muito lógico, pois o mal consiste simplesmente na ausência do bem, assim como a escuridão não existe em si mesma, mas é simplesmente a ausência da luz, pois a luz podemos estudá-la, já a escuridão não o podemos o fazer. Assim também como o frio é a ausência de calor, a inércia é a ausência do movimento, etc.

      ” FONTE: http://murmt.blogspot.com.br/2011/03/o-que-e-o-mal-por-santo-agostinho.html

      Em tempo, Santo Agostinho também afirmava que Deus não permitiria o mal, se dele não pudesse tirar um bem maior ainda.

  • iPedro Martins:

    Tiro notas mal na escola porque eu me espelho em Einstein

    – Minha mãe tem que ver isso

    • N:

      Você olhou a legenda?

      Legenda: 6 = excelente, 5 = bom, 4 = suficiente, 3 = ruim, 2 = muito ruim, 1 = insuficiente.

  • osmar leão:

    Einstein foi um gênio indiscutivelmente, e também um ser humano

    • Leopoldo Rossi:

      Sim. E como tal, ele não era absoluto, e sim relativo, como ele mesmo defendia. Por isso estava sujeito á erros, e forma vários.

  • Ferreira:

    A teoria da relatividade é um lixo a unica coisa que Einstein fez que preste foi confirma a existência do átomo e ele ganho um nobel por isso.

    • Everton:

      Sua ignorância sobre os fatos é assustadora!
      A relatividade é um lixo? Demonstre a sua teoria sobre isso.
      Confirmar a existência do átomo? Nobel por isso? Ele ganhou o Nobel pela lei do efeito fotoelétrico.

    • Dacio:

      Você pelo jeito nunca saiu do país! fala que os europeus endeusam Albert Einstein, fala serio! OS ALEMÃES NÃO ACREDITAM QUE ELE SEJA ESSA COCA COLA TODA, “VOU REPETIR OS ALEMÃES NÃO ACREDITAM” QUE ELE SEJA ESSA COCA COLA TODA!Tem muitos colégios e universidade da Europa que não ensina a teoria de Albert! pesquisa temos o pai do burro ai para todos : google.

      site para você:http://verdade1945.blogspot.com/2008/09/albert-einstein-o-farsante.html

      Tem mais mais pelo jeito não sabe falar inglês , francês ou alemão fica ruim!

      Ah, mais uma coisa escrevo errado porque tenho ” DISLEXIA – DISGRAFIA” SE NÃO SABE PESQUISA!

    • José Marcello Vertemati Pinto:

      Eu iria discordar de você, por exemplo, citando a adequação experimental dos dados com a teoria de Einstein, como o avanço do periélio de Mercúrio, algumas lentes gravitacionais e até mesmo o funcionamento de aparelhos de GPS, que dependem da relatividade para funcionarem, mas aí eu vi que você postou sua fonte, um blog no blogspot… retiro tudo que eu disse, afinal o que são meros dados experimentais contra um blog pessoal? Tem razão, faltou google pra mim…

    • Dacio:

      Você sabe o que é ao menos luz? estude e ver ser ele não ganhou o premio nobel errado!

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Eu que repito que a sua ignorância sobre os fatos é assustadora!

    • B.M:

      cara…se você não tem o que falar, ou melhor, escrever, fique quieto!
      Até o tolo é tido por sábio quando se cala.
      Ninguém é obrigado a ter conhecimento científico o suficiente para um bom debate sobre esse. Contudo, se você não tem conhecimento sobre esse assunto, não fale besteira!
      Uma dica: se no colégio levou pau de física… a culpa não é de Einstein… a culpa é sua mesmo! 😛

    • Lokky:

      Pelo menos ele fez alguma “coisa que preste” mas e você fez o que nessa sua vidinha medíocre?

    • Flor de Lis:

      Ferreira, se não pode falar bem de Einstein também não rotule o trabalho dele de ‘lixo’. Einstein foi uma das grandes mentes da humanidade; e como tal contribuiu para nossas vidas. Por certo vc se dedica a alguma atividade, seja estudar, trabalhar, ou qualquer outra coisa; e sei que por certo também não gostaria de ver o que vc produz ser rotulado pelos outros como ‘lixo’.

    • Elton:

      Epic Fail!
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Nunca li tanta bobagem em únicas duas linhas!
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Flor de Lis:

      Sem falar nos erros grotescos de português né?!! Esses a gente não vai nem comentar!

    • Francisco:

      E você já alguma vez na vida escreveu sobre algo que não seja um comentário em blog? Tenha vergonha cara !

    • Leopoldo Rossi:

      Então não fez nada. Porque o átomo até hoje ninguém viu.

    • Cesar Grossmann:

      Já tiraram fotos de átomos, Leopoldo…

  • Maikon:

    De todos os comentários aqui não encontrei nenhum de alguém que se pareça saber mais do que alguns “eu acho” da vida de Einstein…

    Quem já leu ao menos UMA…. ao menos UMA biografia deste, talvez possa dar achismos melhores que os que constam aqui.

    Essa é a merda da internet, cada um fala um pedaço do que quer da forma que quer e aumenta ou inverte a parte que quiser, depois isso se espalha repetindo o processo e por fim você termina com um Einstein “deus” e outro Einstein “capeta”, e nenhum Einstein que realmente seja Einstein.

    Tem muita gente nesse mundinho da internet que gosta de dar opinião sobre o que nada sabe, ou acha que sabe.

  • eduardo:

    Minha professora tb me disse uma vez que eu não chegaria a lugar nenhum… e realmente, não cheguei a lugar nenhum… mas que professora FDP…. kkkkkkkkkk….

    Brincadeiras à parte, acho que as escolas deveriam fazer testes vocacionais nas crianças, logo cedo… mas é claro, com toda aquela pedagogia para não causar o efeito contrário e traumatizar a criançada…
    Eu realmente acho que muita coisa que “aprendi” na escola pra mim foi desnecessário… apenas serviram pra encher mais a cabeça e me deixar de recuperação…. kkkkk….

  • dacio:

    Não quero ser arrogante, mais os cientistas endeusar muito Albert einstein principalmente os americanos!Muito disse que ele foi uma farsa. Os seus cálculos esta tudo errado já foi comprovado por vários matemáticos e cientistas, em alguns locais da Europa não ensina mais esse cálculo que dizem que foi ele criou ( na verdade o calculo já existia há anos, foi criado pelo um matemático no seculos 17). Penso assim porque as universidade do USA endeusar ele, não aceitam nem criticas, muito que já criticado foram difamado perderam patrocinador! Na verdade quando ele era vivo foram atrás da família dele nenhum confirmo que ele foi um bom aluno, A mãe dele pensou que ele tinha problema mental por não aprender nada!

    • Isis:

      Então faça melhor…

    • Everton:

      “Os seus cálculos esta tudo errado”
      1 – O correto é ‘estão todos errados’;
      2 – prove isso!;
      3 – Mostre a fonte que diz que Einstein ‘inventou’ o cálculo;
      4 – Einstein era Alemão. Por que os Estados Unidos iriam ‘endeusá-lo’ ?;

      “quando ele era vivo foram atrás da família”
      “A mãe dele pensou que ele tinha problema mental ”

      Mostre a fonte desses fatos que você cita. Prove!

      P.S.: Use um corretor ortográfico

    • Tiago Moah Weimer:

      Os EUA gostam dele por que ele ajudou a criar a bomba atômica. Acredito que este é um dos maiores fatos para que gostem tanto assim del, hehehee…
      E, francamente:
      Ceticismo para com o Einstein? Tão de brincadeira né?!

    • Francisco:

      De certo ele criou a bomba atômica do nada? Assim como um passe de mágica? Faça um favor a você mesmo, estude, muito …

    • B.M:

      é verdade…
      os cálculos dele eram tão errados, tão errados que na verdade a bomba que explodiu Hiroshima e Nagasaki não era para ser uma bomba… era um compartimento cheio de donativos para essas duas pobres cidades do Japão, só que por erros matemáticos de Einstein, houve o que houve, e explodiu as duas cidades!
      Como pode um cara tão estúpido desses ganhar um Nobel?
      heheh
      cara… onde você viu isso? você também acredita que as imagens do homem americano na lua na verdade foi uma encenação na praia do forte em cabo frio? que quem bebe coca-cola é um alienado? e que nos livros dos EUA há mapas do Brasil sem a floresta amazônica como parte integrante do país?
      Se a resposta for SIM, parabéns porque você é muito paciente e está guardando a Revolução!
      obs: verifique suas fontes, e pode mencioná-las também, para que todos fiquem sabendo dos erros matemáticos de Einstein e não os repitam.

    • Dacio:

      Humm, humm, humm PELO JEITO VOCÊ JÁ FOI NO USA muito bom é verdade que tem alguns Estado do USA que ensina que “AMAZÔNICA NÃO É DO BRASIL” !

    • Jonatas:

      É óbvio que este comentarista está sendo insensato e quer chamar atenção para si. O legado de Einstein foram comprovações diversas, uma revolução na física, todo estudante de física e outras ciências sabe disso. Toda Universidade européia, americana, brasileira, sabe muito bem e usa o estudo einsteniano.
      Einstein teve seus problemas como muitos gênios tiveram, porque são pessoas diferenciadas, especiais, o que era pouco compreendido na época.

    • Zeca:

      Tá longe de ser arrogante, amigo… Tá mais pra ‘motivo de chacota’.

  • dacio:

    Não quero ser arrogante, mais os cientista endeusar muito Albert einstein perincipalmente os americanos!Muito disse que ele foi uma farsa.Os seu cálculos esta tudo errado já foi comprovado por vários matemáticos e cientistas, em alguns locais da Europa não ensina mais esse cálculo que dizem que foi ele criou ( na verdade o calculo já existia há anos, foi criado pelo um matemático no seculos 17. Penso assim porque as universidade do USA endeusar ele, não aceitam nem criticas, muito que já criticado foram difamado perderam patrocinador! Na verdade quando ele era vivo foram atrás da família dele nenhum confirmo que ele foi um bom aluno, A mãe dele pensou que ele tinha problema mental por não aprender nada!

    • Matheus H.:

      Dácio (isso tambem vale para todos que acham que Einstein plagiou a relatividade),

      Poincaré criou as bases da relatividade, Einstein só fez basear sua teoria nisso (ele unificou as idéias numa só teoria), isso não é plagio (o problema é ninguem dar importância ao Poincaré e endeusarem Einstein), além de que a Relatividade Geral foi algo completamente novo, logo Einstein não foi um plagiador.

      Quanto a parte “eu não acredito na relatividade”, provem que a relatividade está errada.

  • gilberto:

    assim como eu albert nao dava muita moral pra escola!!

  • Paulo Eduardo:

    Quem disse que um gênio já nasce gênio?! Ele se torna gênio!! As vesez rapidamente e as vesez demoradamente. Tudo depende do exato momento em que ele se dedica completamente aos estudos complexos!!

    • Everton:

      Diga isso para Mozart, Pascal, William Hamilton, Francis Bacon, Leibnitz, John Nash …

    • Matheus H.:

      Bem, eu sei que Mozart treinava no piano todas as tardes, de todos os dias desde os 7 (ou 5, não me lembro direito) anos.

    • Paulo Eduardo:

      È por isso que eu tambem disse as vezes “rapidamente”! Capiche!!

    • Cesar:

      Existem três campos em que existem gênios natos: música, matemática e xadrez. Em nenhum outro campo do conhecimento e arte humanas existem gênios natos, gente que se destaca com seis anos de idade.

      Obviamente o que o Matheus falou está certo, os gênios costumam se dedicar integralmente à sua arte. Os músicos, por mais medíocres que sejam, tocam de 8 a 12 horas por dia, todos os dias, e com os gênios não é diferente. Matemáticos também passam o tempo todo a inventar e solucionar problemas. E jogadores de xadrez não se dedicam menos.

      A genialidade é um fator, e outro fator é o esforço, as horas despendidas no treinamento.

      Pode alguém sem talento se tornar tão profícuo quanto um gênio? Pode. Mas isto vai exigir não menos esforço do que o do gênio. Talvez mais.

    • Dacio:

      Nem Um dele nasceu gênio, foram se aperfeiçoando ao longo do tempo! Inclusive o pai de “Mozart” colocava ele todos os dias para estudar, não tinha nem um dias de fogar!

    • pior:

      tomou?

  • Vander:

    O que a história não conta é que a famosa equação de energia E=MC2 vem de Poincaré, e Einstein supostamente plagiou a equação e veio fazer sucesso na América, depois criou a relatividade impondo o conceito de tempo relativo e velocidade C constante pra fazer suas fórmulas funcionarem, e que foi rejeitada por muitos nomes científicos da época, e que eu também não acredito hahahahahaah

    • Everton:

      Ah não! de novo esta ‘estória’… Pesquise melhor.
      Com relação à realtividade, se você não ‘acredita’, mostre uma teoria melhor.

    • Dacio:

      DEVE SER MUITO IGNORANTE CARA! DEIXA EU VER, VOCÊ ACEITAR TUDO O QUE SEU PROFESSOR ENSINOU EM “everton”! ” APRENDE UMA COISA: NINHEM PASSA CONHECIMENTO PARA NINHEM! VOCÊ QUE TEM QUE BUSCA!

      ESTUDE QUEM FOI POINCARÉ!

    • Everton:

      1 – É ninguém, e não “NINHEM”;
      2 – Se você é melhor que Einstein, mostre sua teoria;
      3 – Se você acha que Poincaré provou algo contrário à Einstein nos mostre ou recolha-se a suas páginas de orkut;
      4 – Escrever em maiúsculo é falta de educação ou descochimento o que vem a ser a tecla CapsLock ou o Shoft no Apple;
      5 -Acredito que você queria escrever ‘aceita’ ao invés de ‘ACEITAR’ ;

  • rui da silva:

    eu também sou; mais como dizer todo mundo tem um saber. eu soube da historia, de um que montou uma empresa do nada; só baia ler e fazer contas, mais nunca estudou em escolas, montou um império, os filhos que tomaram conta dos negócios, que estudaram nas melhores escolas, concursaram as melhores faculdades, não souberam administra os negócios e faliram.

  • Walrus:

    Albert recebeu fama de mal aluno por que teve que se esforçar para usar uma matemática relativamente complicada para desenvolver sua teoria de forma convincente… Inveja, enfim…

    • websuffer:

      As pessoas são péssimas pra relatar fatos, porque elas poluem aquilo que viram ou que ouviram com suas experiências.

      É impossível, Einstein desenvolver toda sua teoria da relatividade detestando conteúdos como matemática.

Deixe seu comentário!