Aranha cria superteia após ser alimentada com grafeno

Por , em 2.09.2017

As teias de aranha já são materiais bastante fortes, mas podem em breve ser capazes de suportar o peso de uma pessoa.

Em um novo estudo italiano, pesquisadores detalham como adicionaram grafeno e nanotubos de carbono à água potável de uma aranha, permitindo que ela produzisse seda normalmente, só que cinco vezes mais forte do que de costume.

O material resultante se assemelha, em força, a fibras puras de carbono e Kevlar, os materiais mais resistentes da Terra.

Aplicações

“Nós já sabemos que existem biominerais presentes nas matrizes de proteínas e nos tecidos duros de insetos, o que lhes dá alta resistência e dureza em suas mandíbulas e dentes, por exemplo”, disse Nicola Pugno, um dos autores do estudo, da Universidade de Trento, ao The Sydney Morning Herald. “Então, nosso estudo analisou se as propriedades da seda de aranha poderiam ser ‘aprimoradas’ ao incorporar artificialmente vários nanomateriais diferentes nas suas estruturas de proteínas biológicas”.

A teia aprimorada ainda está nas primeiras fases de teste, e os resultados de Pugno e sua equipe são derivados de apenas uma pequena quantidade de seda, de forma que mais estudos são necessários.

Se tudo sair como esperado, no entanto, a pesquisa poderia eventualmente levar a um material incrível usado para fazer paraquedas, cordas, cabos e muito mais.

E essas são apenas algumas das aplicações potenciais do estudo. Pugno também acredita que o processo poderia eventualmente ser aplicado a outras criaturas além das aranhas.

Um salve para o grafeno

Independentemente das aplicações potenciais desse trabalho italiano, ele nos fornece mais um exemplo da versatilidade do grafeno.

Já fazem anos que pesquisas vêm nos brindando com inúmeras possibilidades das incríveis propriedades desse material.

Somente no último mês, o grafeno foi usado para fazer “tatuagens” usadas para fins de rastreamento de saúde, para construir borrachas inquebráveis e para fazer os elétrons fluírem como água. [ScienceAlert, Futurism]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (16 votos, média: 4,88 de 5)

1 comentário

Deixe seu comentário!