Prêmio Nobel: o Nobel de Física vai para os inventores do Grafeno

Por , em 5.10.2010

O prêmio Nobel de Física de 2010 foi para dois cientistas: Andre Geim e Konstantin Novoselov, da Universidade de Manchester. O que eles fizeram de extraordinário para merecer tamanha honraria? Criaram um material revolucionário com propriedades incríveis – o Grafeno.

Caso você não tenha ouvido falar do grafeno, aí vai nossa explicação: pense em uma folha de papel sulfite. Ela é fina, certo? Agora tente imaginar uma folha com apenas um átomo de espessura. Esse é o grafeno: uma folha extremamente fina, de apenas um átomo de espessura, feita de carbono, transparente, extremamente forte e ótima condutora de eletricidade.

Eles produziram o grafeno isolando camadas de carbono de grafite (sim, o mesmo que você usa no seu lápis). Para você ter uma idéia da espessura do material um milímetro de grafite possui três milhões de camadas de grafeno. Como essas camadas não possuem ligações muito fortes não é difícil separá-las.

As possíveis aplicações para a descoberta de Geim e Novoselov são inúmeras, principalmente no campo da eletrônica. Computadores equipados com grafeno, por exemplo, seriam muito mais velozes. Os transistores feitos com ele seriam extremamente velozes, já que como condutor de eletricidade o grafeno tem uma performance comparável com o cobre e como condutor de calor não há material que supere sua performance. Outras aplicações são células solares e telas touchscreen extremamente finas.

Segundo o Geim, alguns premiados com o Nobel acreditam que esse é o ápice de suas carreiras e, depois de serem laureados, param de contribuir com a comunidade. Isso é exatamente o que ele e seu parceiro não pretendem fazer. Geim disse que, depois de receber o prêmio, voltou para casa e continuou a trabalhar em suas pesquisas.

E sabe quanto foi a “bagatela” que eles receberam junto com o título do Prêmio Nobel? Cerca de 3 milhões de reais. [BBC]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

17 comentários

  • daivolt:

    Não pode-se falar de inventores primeiro porque não foi invento nenhum, foi um descobrimento. Segundo porque foi Hanns-Peter Boehm, quimico alemão que em 1962 conseguiu isolar o grafeno por processos de oxidação da grafita. O premio nobel foi otorgado pelo processo de esfoliação e de experimentos do grafeno descobrindo varias de suas propriedades para confirmar as teorias matemáticas sobre a estrutura cristalina do grafeno, fique claro que não foram eles os “inventores”. Existem varias pessoas que estão na mesma área de pesquisa inclusive brasileiros.

  • Rodrigo Paim:

    Gente, os 3 milhões foram brinde.

    Essa descoberta tem importância incrível, em todos os campos, os investimento serão enormes ( e o retorno maior ainda ) e com certeza esses 3 milhões é pouco comparado ao que espera esses dois.

  • Wanderson:

    @Fernando:”Wanderson:
    Cilício, assim com “c”,era um instrumento outrora usado em flagelação. Acho que você quis se referir ao elemento silício, amplamente empregado em semicondutores, e que nunca estará com os dias contados, em vista de sua abundância na crosta terrestre.”

    Fernando,quando falei que o “Silício” está com os dia contados,me referi ao seu uso na indústria de semicondutores já que o “grafeno” tem tudo parar substituí-lo como exposto no artigo.

  • Jocafe:

    Pesquisas e descobertas como essa valorizam a ciencia.
    Ainda bem que existe cientistas à procura de coisas uteis.
    Quanto ao premio acho de bom tamanho.Trata se de um premio e não de aposentadoria para ambos.
    Mesmo com 1,5 milhão para cada um é uma boa quantia.

  • Edilson Lima:

    Fantástico invento! Agora, falta prêmio Nobel não só para os cientistas na área da tecnologia, que nos fornecem e proporcionam grandes soluções em nossa qualidade de vida em vida. Nos dando muito bem estar e, estilo de vida no nosso cotidiano , dia a dia… Precisamos urgentemente de prêmios anuais! Para o campo dos comportamentos humanos. Sabe eles existem.

    A qualidade e estilo de vida tecnológica aliada, somada a nossa qualidade e estilo de vida emocional é o seguimento de soluções completas. Assim o mundo deixa de ser limpar com todos os cientistas deste seguimento. Nem tudo são soluções tecnológicas. (Olhe em sua volta),equilibro?

    Caros, O que adianta tantos maravilhosos inventos, como este e outros se, quem as usam podem virem a serem pessoas frustradas, decepcionadas, traumatizadas… Patologicamente doentes!!

    Temos que sermos completos! E a academia, organizações… Continuam a ignorar, pecar erroneamente em pleno século XXI. Estamos em um momento epigenético da história da comunidade científica planetária. O COMPLETO, EM TODOS SEGUIMENTOS HUMANOS. SEM EXCESSÃO! No conceito do ser completo.

    Criar e consumir produtos , serviços de todos os cabedais, naipe, escopo em suas idiossincrasias axiomática com metanóia humana do Século XXI. Parabéns, Andre Geim e Konstantin Novoselov, da Universidade de Manchester. Prêmio Nobel de Física de 2010. O COMPLETO.

  • TROLL:

    realmente o pagamento foi ridículo comparado a tamanha importância da descoberta deles, hoje qualquer macaco de laboratório entra em um reality show e ganha uma barganha dessas !

  • thiago:

    mixaria o que pagaram pra eles

  • ALDEMIR P RODRIGUES:

    Venho trazer minhas felicitações a esses gigantes da ciência moderna.
    É intrigante e ao mesmo tempo fascinante tentar compreender como se produz algo com espessura atômica como esse tal de grafeno.

  • Fabiano:

    É assim que faz ciência, pesquizando e criando formas e formulas que melhorem a qualidade de vida da humanidade, o premio, é claro esta longe de ser o merecido, todavia reconhece a importância do feito para o mundo!

  • Odon:

    E eu que vou criar os “pioim” dos grafenos, esperem só pra ver..Rsrsrsrsrs, até parece!!

  • Dany:

    Só achei o valor do premio deles muito pouco! os caras mereciam bem mais!!
    mas a descoberta foi incrivel!!

  • César:

    Tem razao, Ramao, eles vão precisar demais da bençao de deus. Sem ela, eles não saem do canto. Parece até q estou vendo deus detras das nuvens so’ esperando eles darem o proximo passo pra mandar bênção. E enquanto eles nao agem, fica so’ anotando nosso pecados no seu caderninho. Emocionante….

  • ramao:

    parabens,muitos muitos parabens, vocês são um grande exemplo para todos nós,quando vocês entederam que é preciso continua pesquisando,desejo que vocês sejam muito felizes com novas pesquisas,ha façam pesquisas sobre alimentos,exemplo as cascas dos alimentos e seus valores nutritivos,é um grande caminho para que passamos diminuir a fomeno NO mundo,a fome daqueles menos favorecido.que DEUS POSSA CONTINUA ABEÇOANDO VOCÊS.dando a vocês muita sabedoria.

  • Fernando:

    Wanderson:
    Cilício, assim com “c”,era um instrumento outrora usado em flagelação. Acho que você quis se referir ao elemento silício, amplamente empregado em semicondutores, e que nunca estará com os dias contados, em vista de sua abundância na crosta terrestre.

  • João Campos:

    Parabens aos dois. Gostaria de saber mais à respeito, por exemplo:Quando esse benefício alcançará a população brasileira ? Grato.

  • Wanderson:

    Parabéns para esses dois “cabeções” da ciência.O cilício está com os dia contados.Graças a eles vamos colocar toda a informação do mundo em uma cabeça de alfinete,de grafeno,claro.

  • Murilo:

    Parabéns para eles. Foi merecido. 🙂

Deixe seu comentário!