Artista usa ilustrações para mostrar sua percepção de transtornos mentais

Por , em 17.06.2020

A mistura de imagens fofinhas com mensagens de certa forma ofensivas é uma das características que fez com que a Never Stay Dead se tornasse mais conhecida. Os donos da empresa são Sarah Ward e Phil Wall, sendo ele também o artista responsável pelas produções que incluem camisetas, cartões e livros.

Wall fala que o humor de seu trabalho pode mudar, porque ele gosta de se expressar nos desenhos. Para o artista, isso pode ser percebido na série de 2017, Sadness The Monster, que fala de imaginação, emoções e saúde mental.

Outra série da Never Stay Dead é Transtornos como Monstros. Ela teve início em 2018 e continua até hoje. O artista ilustra transtornos mentais como monstros acompanhando as pessoas. Assim, a série ilustra pelo que passam todos os dias as pessoas que convivem com isso.

Wall tentou apresentar os transtornos mais comuns e ser o mais inclusivo possível. Ele deixa claro que não são iguais para todos. Wall não se considera um especialista no assunto e fez as ilustrações a partir de suas experiências e de pessoas que conhece. Cada um pode ter percepções diferentes daquelas ilustradas pelo artista.

Depressão

No Instagram a Never Stay Dead fala que teve ótima resposta a essa série, que trata de um assunto complexo e diferente para cada um. De acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (PAHO), a estimativa é de que globalmente 300 milhões de pessoas são afetadas por depressão. Ela é caracterizada por tristeza, sentimentos de culpa, perda de interesse ou prazer, alteração de sono e apetite, falta de concentração e cansaço. A depressão pode ser de longa duração ou recorrente.

Ansiedade

O transtorno de ansiedade se caracteriza por sintomas muito mais intensos do que a ansiedade normal. Enquanto a ansiedade estimula a pessoa a entrar em ação, o excesso pode impedir a reação.

O artista ilustra esse monstro como um grande parasita que se alimenta do medo e paralisa o indivíduo. Para criar as ilustrações ele usou experiências dele e de pessoas que conhece. Wall considera difícil captar todos os aspectos de um transtorno em um desenho, mas no mínimo abre a discussão sobre o assunto, em vez de ignora-lo.

Autismo

A PAHO considera o autismo como um dos transtornos de desenvolvimento. O distúrbio atinge áreas de comunicação, linguagem e interação social.

TDAH

O Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade se caracteriza por sintomas de distração, inquietude e impulsividade.

TOC

O artista representa o transtorno obsessivo-compulsivo como um monstro irritante que prende a pessoas na repetição.

Insônia

A insônia é representada pelo artista como um fantasma que pode se manifestar devido a outras condições. Acorrentado ao hospedeiro, esse monstro faz com que a pessoa se sinta como um fantasma dentro de seu próprio corpo. O indivíduo fica inconfortavelmente acordado sem poder dormir e muito cansado para realizar tarefas normalmente.

De acordo com o artista, o corpo do espectro é feito de estrelas de todos os sonhos que comeu e arrasta pelo chão um relógio pesado. As vítimas são constantemente lembradas do tempo perdido e da pressão de começar um novo dia cansadas e inquietas.

Vício

https://www.instagram.com/p/BvFIikLBxuz/?utm_source=ig_web_copy_link

Esse mostro parece desejável e brilhante, descreve o artista. Mas ele engana o hospedeiro com curtos momentos de prazer que levam a consequências adversas.

Dismorfia corporal

O monstro do transtorno dismórfico corporal envolve o hospedeiro e distorce a percepção em relação à própria aparência. Isso faz com que exagere qualquer defeito que possa encontrar. Essa percepção fica rondando a pessoa até que fique obcecada por ela. Esse monstro pode até acarretar outras condições.

Borderline

O artista ilustrou o transtorno de personalidade borderline como um demônio de asas quebradas, mas que com frequência pensa ser um anjo. Ele tem medo de ser abandonado ao mesmo tempo em que tem dificuldade com relacionamentos estáveis. É complexo e frequentemente incompreendido, pode assumir o controle da mente e emoções.

TEPT

O monstro do transtorno de estresse pós-traumático foi um aliado forte e confiante, mas agora está ferido e quebrado, revivendo todos os dias sua dor.

Bipolar

O transtorno afetivo bipolar consiste em episódios de mania e depressão separados por período de humor normal. O artista usou um monstro de duas cabeças com características opostas, segurando os braços do hospedeiro como se estivesse pronto para mudar sua direção a qualquer momento. [Never Stay Dead, Bored Panda]

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

Deixe seu comentário!