Veja uma bola de fogo se extinguindo no espaço

Por , em 21.07.2014

O que é isso? Uma estrela se formando, uma bola de fogo alienígena, um ser estranho iluminado?

Não. É apenas um teste envolvendo fogo espacial.

Desde março de 2009, a agência espacial norte-americana, NASA, está conduzindo experimentos com fogo na Estação Espacial Internacional. A ideia é entender melhor como esse elemento se comporta em ambiente de microgravidade.

Os experimentos até agora foram tão legais – claro, é fogo em gravidade zero – que pensávamos que seria impossível que ficassem ainda mais incríveis. Estávamos errados.

O experimento Flame Extinguishment-2 (FLEX-2, ou “extinção de chama 2”) é a segunda parte de um experimento desenhado para testar como gotas de combustível se comportam no espaço.

Ao contrário das outras experiências de incêndio a bordo da Estação Espacial Internacional, FLEX-2 foi feito com as gotículas em suspensão, livres do apoio de outros objetos (como, digamos, um pavio) para estudar melhor a velocidade com que as misturas de combustível evaporam e queimam, e quais as condições necessárias para fuligem se formar.

Segundo a NASA, “a compreensão destes processos pode levar à produção de uma nave espacial mais segura, bem como ao aumento da eficiência de combustível em motores que utilizam combustíveis líquidos na Terra”.

Esse vídeo mostra alguns resultados do experimento:

Através desse registro, podemos ver que a chama se extingue devagar e de forma assimétrica no espaço, se deslocando no final como uma espécie de geleia espacial molenga.

Um dos pesquisadores de FLEX-2, Vedha Nayagham, afirma que mudar a mistura de gases no espaço ao redor da gota de combustível pode afetar drasticamente esse processo de extinção.

“Usamos diferentes diluentes no ambiente. Por exemplo, na Terra você tem oxigênio e nitrogênio, mas podemos alterar esses gases para oxigênio e dióxido de carbono, ou oxigênio e hélio. Diluentes inertes alteram o comportamento de como essas gotas queimam. Por exemplo, a bordo da EEI, utilizamos dióxido de carbono como extintor de incêndio, mas será que esse é o inerte mais eficiente que podemos usar? Nós testamos diferentes inertes como hélio, dióxido de carbono e até xenônio, para saber qual é o supressor de fogo mais eficaz no espaço”, explica. [io9]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!