Caneta engolida passa 25 anos no estômago de uma mulher e ainda é utilizável

Por , em 20.12.2011

Segundo o relato de um caso médico muito incomum, uma caneta pode facilmente vencer o ácido do nosso estômago.

O caso é de uma mulher britânica de 76 anos, enviada a um especialista gastrointestinal por causa de perda de peso e diarréia.

Ela foi diagnosticada com diverticulose severa, uma condição que é comum em pessoas mais velhas, causando inflamação por causa de pequenas bolsas que são empurradas para fora do cólon.

Mas, quando os médicos fizeram um teste de verificação, eles notaram algo estranho: um corpo estranho linear no estômago da mulher. Sendo assim, os profissionais perguntaram a ela sobre isso, que se lembrou de acidentalmente engolir uma caneta 25 anos atrás (caso você esteja se perguntando, dentaduras e palitos são dois dos itens mais comuns que os adultos ingerem acidentalmente, não canetas).

Segundo o gastroenterologista Dr. Oliver Waters, autor do relato do caso, a mulher disse que engoliu acidentalmente a caneta quando caiu de escadas enquanto usava a caneta sem tampa para cutucar um ponto de suas amígdalas.

Ela contou ao seu marido e ao seu médico o que tinha acontecido, mas eles foram céticos em relação à história. Raios-X feitos na época voltaram normais e não encontraram vestígios da caneta. Mais de duas décadas depois, uma nova imagem revelou o acidente: a caneta.

Embora os problemas digestivos da mulher não tenham nada a ver com a caneta, os médicos decidiram removê-la de qualquer maneira. A lógica usada foi um caso antigo de uma criança que acidentalmente engoliu uma caneta esferográfica que furou seu intestino.

Incrivelmente, a caneta da britânica ficou 25 anos em seu estômago sem causar danos significativos ao seu trato gastrointestinal. Após um banho de ácido por duas décadas e meia, a caneta ficou corroída e o plástico esquisito, mas, surpreendentemente, ela ainda tinha tinta utilizável e dava pra escrever com ela.[MSN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

30 comentários

  • Aurelio Lourenço Guimarães:

    O Rick Harrison do Trato Feito vai querer comprar essa caneta, mas vai chamar um amigo pra saber se é Bic

  • Ligyane:

    Quero uma dessas, eu joguei uma caneta na cabeça de uma amiga pq ela não me ouvia e ela falhou, fiquei invocada! Essa que é guerreira.

  • eEUcomISSO [tassio bruno]:

    veiiia safadinha, estorinha pra boi, digo, pra medico dormir! rsrs, q bom q ela ta bem agora.

  • Shift:

    Essa caneta tem qualidade O.O

    • Ezio José:

      Deve ser Bic.

    • Diana:

      Com certeza =D

  • aldo:

    a velha nao quer leiloar a caneta? estou interessado nessa de 25 anos….pessoas loucas

  • Mariana:

    Como assim engolir uma caneta? Como que esse troço entra todo guela abaixo sem a pessoa nem tentar puxar, e ainda mais descendo escada? Tem algo errado nessa historia

    • Ezio José:

      Você pode até estar ceto! Mas por outro lado, era comum as pessoas adquirirem livros de mágicas em qualquer livraria.

  • Sandra:

    Jesus!Há 4 anos, um aluno meu disse ter engolido um lápis antes de entrarmos para sala de aula.Ficamos preocupadíssimos,providenciamos exames e tudo mais, porém o lápis nunca foi encontrado em seu organismo.Alguns acreditam que a criança mentiu.Agora fico pensando, será que possivelmente esse lápis ainda está dentro dessa criança, hoje com 9 anos? Jesus toma conta!!!!

  • Dellanno David:

    Não percebo como o ácido do estômago é suficientemente poderoso para digerir alimentos extremamente pesados e de composição intensa, mas não corrói uma simples caneta de plástico! E, mais incrível, a caneta ainda funciona! Quero ver quem é o corajoso ou corajosa que faria um exame de vestibular com uma caneta dessas.

    • Polícia !!!:

      Nem ácido clorídrico ou sulfúrico concentrados corroem a maioria dos plásticos.

  • Marte:

    A pergunta que não quer calar: como é que alguém engole uma caneta e se esquece disso?

    • Ezio José:

      Quem disse que ela esqueceu?

  • Reynaldo Andrade:

    Já sei onde guardar minhas moedas, no canetomago, nem o ácido corrói e nem o ladrão destrói.

    • Ezio José:

      É! Mas moedas escapam pelo bucado do cofrinho.

  • ALX:

    Lendo a materia, muito sem noção isso hein? vai ser azarada assim la no inferno kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • ALX:

    A ta, vendo direito, parece que ela entrou ao contrario, ou seja a ponta ta pra cima e pelo jeito ao precionar a parte de cima a ponta ficou pra dentro da caneta, sorte dela rsrs!

  • ALX:

    Achei estranho a ponta parece ser fina e não perfurou nada ai

  • Utilidades Virtuais:

    Tenho um amigo que engoliu um lápis quando era pequeno, será que a madeira e o grafite do lápis também resistem ao suco gástrico? Fiquei preocupado agora…

  • JHR:

    Ainda bem que a caneta eles conseguiram salvar…já a senhora…

  • Hugo:

    Esta definitivamente era uma BIC…

  • Gabriel.¿:

    cutucando ponto hmm sei, tava treinando pra algo talvez? trolololo

  • João:

    Vinte e cinco anos em um estômago não foram suficientes para destruir uma caneta. Agora imaginem todas as canetas que são extraviadas por aí, quanto tempo permanecerão no ambiente?

    • Ezio José:

      Quatrocentos e cinquenta anos é o tempo de degradação para objetos plásticos. Os sacos e sacolas plásticos apenas cem anos.

  • AgoraQueSouRica:

    Isso que eu chamo de digestao lenta…25 anos depois ainda estava inteira e usavel…rsrsrrsrsrrs

  • Fist os God:

    “caiu de escadas enquanto usava a caneta sem tampa para cutucar um ponto de suas amígdalas” quem cutucaria as amígdalas enquanto desce uma escada? Historinha esquisita…

    • Jessica:

      auahuahuahauh boa pergunta!!!

  • Rafael:

    Eca

    • dENNYs:

      Gente! Que marca é essa caneta? Quem a fabricou?
      Melhor propaganda que essa não há!

Deixe seu comentário!