Chá verde pode combater a AIDS

Por , em 19.05.2009

Novos estudos descobriram que o sêmen possui um fator que potencializa infecções virais e leva o HIV diretamente até a célula que ele deseja infectar. Esse poder potencializador vem do SEVI, derivado do sêmen. O SEVI é um beta-amilóide formado na próstata. Uma molécula que combate os efeitos destes beta-amilóides (que causam ainda outras doenças como Alzheimer e Parkinson) é o EGCG, presente no chá verde.

O pesquisador Ilona Hauber, PhD do Instituto Heinrich-Pette para Virologia Experimental e Imunologia em Hamburgo, Alemanha e seus colegas descobriram que o chá verde pode bloquear o SEVI e combater a infecção do HIV. Em estudos laboratoriais mostraram que EGCG degrada as proteínas formadas pelos peptídeos da próstata e evita que o sêmen potencialize a ação do HIV. Além disso, não prejudica nenhuma célula humana.

O EGCG é estável em ambientes ácidos. Portanto, os pesquisadores acreditam que pode ser um componente importante para o gel anti-HIV que está sendo desenvolvido. Trata-se de um gel que as mulheres podem aplicar para evitar a contaminação durante o sexo. Para os alemães, o EGCG é um ingrediente natural que pode ter um valor como inibidor desse efeito potencializador da infecção viral e a transmissão sexual do HIV. [WebMD]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

3 comentários

  • luciana:

    Sempre me causou espanto o fato do HIV ser bem mais potencializado no sêmem e não em outros fluídos. Está explicado.

  • Larissa:

    vc não é dona da verdade mais fica se fazendo de vitima.Do mesmo jeito que você leu esse artigo,você concerteza leu,ouviu,cansouu de saber como se pega aids então meu bem..fica na sua! respeite

  • Vitória:

    Bom, minha gente vamos trabalhar em cima disso então !! é baratinho não vai ter tanto custo (como os antirretrovirais, que os laboratórios fazem a festa), seria realmente interessante, porém, não acredito que isso funcione.

    Se o problema da AIDS, fosse resolvido com uma “plantinha” não tinha mais de 33 milhões de infectados no mundo sendo que 22 milhões são na África, gente morrendo entra ano e sai ano. FAÇA MIL FAVOR… Não sou dona da verdade e nem tenho formação, mais sou portadora e tenho que ficar lendo informações que nos obriga a ficar criando expectativas onde não tem … prefiro esperar. Cansei!!! Um abraço.

Deixe seu comentário!