Cientista americano busca criar o “plástico sustentável”

Por , em 18.12.2011

A sociedade atual já está quase totalmente dependente do plástico, que tem numerosas aplicações na indústria. Mas também não faltam ambientalistas para alertar dos riscos que esse material representa para o planeta. O plástico rejeitado e não reciclado, que vira lixo, continua sendo um corpo estranho em qualquer ecossistema.

Um químico americano da Universidade do Minnesota, Marc Hillmyer, desenvolveu o conceito de “plástico sustentável”, baseado em uma mudança na composição. O pesquisador passou a trabalhar com materiais orgânicos, tais como carboidratos, óleos vegetais e outros compostos baseados em plantas para a fabricação do plástico.

Hillmyer se especializou no estudo das cadeias de polímero, a molécula básica que compõe a forma química do plástico. O professor, que faz experimentos químicos desde a infância e passou a pesquisar polímeros na graduação, explica que o estudo visa desafogar o montante de plástico que é depositado no ambiente.

Para isso, como explica ele, basta analisar aquelas velhas tabelas que mostram o tempo de decomposição de cada material no ambiente, e verificar que o plástico é tóxico e poluente, para concluir a necessidade urgente de um plástico biodegradável. E o novo material, além de melhor nesse quesito, segundo Hillmyer, deve no mínimo ser tão eficiente quanto o plástico de que dispomos hoje, senão mais. [LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

9 comentários

  • Val:

    Plástico biodegradável já existe, foi desenvolvido na Universidade de São Carlos por pesquisadores brasileiros. O plástico é feito a partir do bagaço da cana.
    A propósito:- A uns dois anos fizeram uma grande cobertura jornalística sobre um japonês que teria (inventado) o carro movido à água… Merda!! Nos anos 70, aqui no Brasil um João Ninguém fez um fusca movido à água, conclusão, sumiram com o cara, nunca mais ouvimos falar dele.

  • gloria:

    Não podemos simplesmente acatar tudo q se diz para o bem da natureza, há inventos e práticas q ao longo dos anos é catastrofico p\ todos nós, o q tem q ser feito é o consomo consciente e responsável, vejo sempre propagandas dizendo q a madeira usada em certas empresas de papel é de reflorestamento, mas penso, se está reflorestando p\ corte das árvores é porque já foram desmatadas todas essas áreas, ñ há mais o q cortar, qual a vantagem disso?Vantagem seria se o reflorestamento fosse permanente p\ ñ mais cortar, p\ permanecerem p\ sempre naquele lugar.E o papel fosse reciclado, reaproveitado 100%, q nada se perdesse , deixando a maioria das árvores reflorestada de pé.

  • Oshida:

    Aqui no Japão o plastico sustentável vem do Brasil q foi desenvolvido pela Braskem fiquei surpresa em saber a origem do plastico sendo que não e vendido e fornecido em grande escala no Brasil apenas algumas empresas aderiram e muitas internacionais.

  • Marcos-DF:

    Olá a todos !
    Como disse a Chanel, isto já existe há algum tempo.
    No entanto, é louvável que esta informação chegue ao público que assim, poderá reinvidicar seu uso maciço no país.
    Abraços

  • marizete assis alves:

    Parabéns ao cientista, mto bom, o planeta agradece..rss

  • Roberto:

    Ainda não há plastico biodegradavel ecologicamente correto. Embora ja circule plastico biodegradavel em todo o mundo, fato é que o mesmo libera muito gas metano na atmosfera ao degradar. Pior que o petroleo é o gado, os 7 bilhões de pessoas no mundo, as cidades, pastagens, “ocupações” de áreas impróprias, matança de animais e vegetais por meio de incendios florestais, esgotos da civilização que vão até para os oceanos, subsolo… E esses “ecochatos” que constroem em meio a áreas que deveriam ser preservadas e não entendem de nada daquilo que se propuseram defender.

  • Eddy:

    Enquanto a paradoxal relação investimentoviabilidadepreço continuar sendo dirigida pelo corporativo petróleo, a estrutura científica de forma geral vai seguir o caminho do que é permitido, não do que é adequado ou necessário.

  • Chanel:

    esse plastico sustentavel nao é novidade nenhuma , moro na Europa e aqui ja se usam sacolas plasticas feitas de vegetais e 100% biodegradavel a mais de ano…..Désolé , mas a matéria esta um pouquinho atrasada..

  • Karlloz:

    O primeiro plástico surgiu em 1862. Alguns tipos de plástico, como o usado em garrafas de refrigerantes, levam mais de 200 anos para desaparecer. O que é um problema muito serio! A ilha de lixo do Pacifico, já somariam mais de seis milhões de toneladas de plástico. Então em minha opinião o “plástico sustentável” deveria ser Lei.

    Vamos salvar a terra enquanto ainda da tempo!

Deixe seu comentário!