Clonagem de humanos: cientistas criam embriões que poderiam se desenvolver e nascer

Por , em 16.05.2013

Um estudo recente que usou técnicas semelhantes às que foram utilizadas para criar Dolly, a ovelha clonada, está sendo criticado porque “irá levar inexoravelmente à clonagem para produzir uma criança”, conforme explica o bioeticista O. Carter Sned, da Universidade de Notre Dame (EUA).

No estudo, cientistas da Universidade de Saúde e Ciência do Oregon e do Centro Nacional de Pesquisas Primatas do Oregon (EUA) colocaram o conteúdo de uma célula epitelial de um adulto dentro de um óvulo que teve seu material genético retirado previamente. A equipe conseguiu que o óvulo se dividisse e reproduzisse como um óvulo fertilizado, mesmo sem ter usado esperma.

O processo é chamado de clonagem terapêutica, por que cria células-tronco embriônicas para tratamento de doenças degenerativas, como a degeneração macular, Alzheimer, esclerose múltipla, etc. Também pode ser usado para curar ferimentos. As células-tronco embriônicas são conhecidas por terem um maior potencial que as células-tronco somáticas.

Mas, para os críticos, o que a equipe fez foi uma abominação. Segundo o Cardeal Seán O’Malley de Boston (EUA), a clonagem terapêutica é inconsistente com a responsabilidade moral de “tratar todos os membros da família humana como presentes de Deus, com dignidade inerente”.

Ele afirmou que, apesar dos cientistas do Oregon e outros especialistas dizerem que a nova técnica não poder ser usada para criar bebês, ela pode. E mesmo usá-la para tratar pacientes que estão sofrendo não altera essa equação moral. Segundo o bispo, os avanços técnicos na clonagem humana não são um progresso para a humanidade, e sim o contrário.

Como a técnica utiliza óvulos humanos, o bispo afirma que isto “cria novas formas de coerção, especialmente para as mulheres pobres e vulneráveis, a tratarem seus corpos como um objeto de comércio”.

De acordo com o National Conference of State Legislatures, 15 estados dos EUA já tem leis que tentam regular a clonagem. A Califórnia foi o primeiro estado a banir a clonagem reprodutiva já em 1997, ano do anúncio da criação de Dolly. Cerca de uma dúzia de estados seguiram a Califórnia, e alguns outros apenas proíbem o uso de fundos públicos para a clonagem reprodutiva. Cerca de seis estados baniram também a clonagem terapêutica – o Oregon não faz parte deste grupo.

Na Inglaterra, a lei obriga a destruição de embriões criados por clonagem quando eles atingirem 14 dias, e torna ilegal a implantação dos mesmos em uma mulher. No Brasil, a Lei de Biossegurança permite a clonagem terapêutica e de pesquisa científica, mas a clonagem reprodutiva é crime. [Reuters, Daily Mail]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

9 comentários

  • MiltonC:

    Já imaginou um dono de empresa mandar clonar milhares de cópias de si mesmo e as colocar para trabalhar em sua própria empresa ? Mão de obra grátis, lucro garantido.
    Já imaginou um ditador de um pequeno país, mandar clonar soldados para enfrentar seus inimigos e se perpetuar no poder ?
    Imagine a Coreia do Norte clonando seu ditador e montando um exército de assassinos ?
    Realmente dá medo só em imaginar ….

  • Filipeh Souza:

    Primeiro passo pra guerra nas estrelas so faulta emcomtrar alienigenas e criar o lightsaber

  • Daniel Duarte:

    a clonagem humana seria perfeita, porque estaria pegando os genes exatos do pai e da mãe e isso não daria espaço para o “erro”
    porque o processo em que você duplica uma pessoa não é perfeita, você mistura a informação genética do pai com a informação genética da mãe e combina essas duas coisas, e a tantas moléculas nessa história que o casamento nunca é exato
    são esses erros que pedem ocorrer as mutações.

  • Kleber Rebouças:

    Um bispo querendo insunuar o que é comércio ético ou não? É isso mesmo? Façam-me uma garapa.

    Outra coisa: Devemos impedir o avanço científico porque algumas pessoas fazem mal uso da tecnologia? Aliás, qual é mesmo o problema em se fazer clones humanos?

  • Matheus de Moura:

    Ridiculo!!!!se a clonegem tivesse um objetivo ambiental tudo bem…mas isso nao passa de um capricho.Querer fazer um mamute nao passa de querer dizer que estao alcançando Deus ou algo do tipo,se ouvesse um bom motivo ate acharia legal,salvar especies de extinçao por exemplo,nao seria dificel,mas nao fazem isso pq nao querem,pq nao dao a minima para qualquer especie ameaçada,so querem clonar um mamute por pura BABAQUIÇE.
    A ciencia nao deveria ser usada para dar controle,poder, mas para dar sabedoria,entendimento sobre as coisas ao seu redor,uma melhor qualidade de vida e o melhor que o mundo pode te dar,mas paresse que de uns tempos para ca ja quebrarao essa barreira,os cientistas de hj paressem trabalhar em sua maioria em armas,clonagem coisas que nao melhoram a vida de quase ninguem(sim sei que ha exceçoes).

    • Carlos Ossola:

      Essa estória de dizerem que querem imitar Deus é tolice. Os humanos foram produto de clonagem em priscas eras, por parte dos enviados de Nibiru para criar e aperfeiçoar a humanidade. Não fossem os annunakis (os nefilins da Bíblia) estaríamos até hoje pulando de galho em galho e se matando por um cacho de bananas. Recomendo a leitura do livro “Gênesis Revisitado” (www.estantevirtual.com.br) do famoso orientalista Zecharia Sitchin. Confiram e provarão que o filme é antigo, muito antigo. Podemos clonar o humano, mas apenas Deus pode soprar no gajo o espírito de uma vida passada. Se não somos o corpo e sim o espírito, esse papo vulgar da clonagem imitar Deus é conversa pra boi continuar dormindo, à revelia do progresso da humanidade. Novamente te digo: o filme é muito, muito antigo. Valeu?

  • David Willian:

    sabemos que isso vem acontecendo a anos secretamente pelo governo americano que fazem clonagem e sabemos também que ética não e o forte do ser humano.

    • Cesar Grossmann:

      “Sabemos”? Qual foi o clone que você encontrou por aí, descontando os clones naturais (popularmente conhecidos como “gêmeos idênticos”)?

      Tem muita sacanagem vindo dos EEUU, mas não dá para colocar todo mundo no mesmo saco e dizer que ninguém presta, nem mesmo no governo – lembra do escândalo de Watergate? Foi um funcionário público descontente que abriu o bico, e foi a imprensa que foi contra o governo.

      Acho complicado que algo esteja sendo feito em segredo quando as melhores mentes do mundo, trabalhando às claras, ainda não conseguiram sucesso…

  • Hermes Machado:

    Fora de controle.

Deixe seu comentário!