Há alguma maneira de causar câncer em outra pessoa?

Por , em 10.01.2012

No dia 29 de outubro do ano passado, o ex presidente Lula foi diagnosticado com câncer. Mas não foi o único: quatro líderes do continente, ainda em exercício, também lutaram contra a doença em um passado recente. Um deles, o venezuelano Hugo Chavez, declarou que isso parece “coincidência demais”. Ele especula que os norte-americanos teriam inventado um meio de induzir a doença nos presidentes. Mas será que isso é possível?

Biologicamente falando, a insinuação de Chavez parece infundada, porque não existe uma maneira reconhecida pela medicina para se “induzir” câncer em alguém. Nem mesmo a injeção de células cancerígenas de um organismo externo é capaz de causar a doença em um corpo estranho.

Supondo que o medo do venezuelano seja legítimo, e que agentes americanos tenham mesmo tentado deixá-lo com câncer, só haveria um caminho. Em primeiro lugar, o sistema imunológico de Chavez já deveria estar enfraquecido. Os agentes precisariam coletar algum tecido de seu corpo, expor tal tecido a um carcinógeno (qualquer indutor de câncer, seja uma substância ou a radiação) e reinjetar esse material de alguma forma no presidente. Ainda assim, não se sabe se isso daria resultado.

Mas se ainda parece impossível originar um câncer em um inimigo, há várias maneiras de aumentar as chances de contração da doença. A mais discutida seria implantar no corpo, através de um cateter, um dispositivo que emitisse radiação nociva, até induzir a formação de um tumor. Esse método, no entanto, também parece duvidoso, porque uma dose muito alta de radiação seria detectada pelo portador, que iria ao médico e o problema seria revelado na hora.

Pela via alimentar, a “técnica” menos complicada seria incluir clandestinamente altas doses de aflatoxina na dieta dos presidentes, o que aumenta as chances de câncer de fígado, por exemplo. Outra possibilidade seria contaminar a comida com agentes biológicos nocivos como a Helicobacter pylori, uma bactéria que envenena a mucosa do estômago e está associada ao surgimento de alguns tipos de câncer. Mas estas alternativas são consideradas remotas pelos cientistas.

Já houve casos na história em que médicos fizeram, com boas ou más intenções, experiências com indução de células cancerígenas em organismos alheios. Mas todas as técnicas falharam, e a ciência continua sem garantir se isso seria possível. No caso de Chavez, por enquanto, as teorias têm mais embasamento na rivalidade política do que na medicina em si. [NewScientist]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

31 comentários

  • Francisco Carlos Lacerda:

    Uma outra possibilidade é ser visitado por um presidente radioativo como o Mahmoud Ahmadinejad do Irã, o qual esteve andando pela América Latina há alguns anos. Mas é claro que seu envolvimento com a a energia nuclear tem apenas fins pacíficos. O único problema desta tese é que se ele realmente fosse um foco de radiatividade também deveria ter desenvolvido a doença. É, pode ter sido uma coincidência mesmo. Se os americanos não eliminaram nem mesmo o candidato a Anti-Cristo acima, que pode atrair um ataque preventivo do país da estrela azul (dos índios Hopi?), o que seria o estopim da 3ª Grande Guerra, por que se preocupariam com nossos inofensivos presidentos (masculino de presidenta)latinos?

  • João Paulo:

    O discurso da maioria e falar mau dos EUA, mas porque então ninguém quer ir a Cuba, Venezuela, Ira, China e Coreia do Norte? Vai tirar ferias nestes países para conhecer o que e democracia, respeito ao próximo, direito a liberdade de imprensa e divisão de renda entre pobres e bilionarios!
    Fumar charutos, beber bebidas alcoólicas diariamente, comer embutidos nas refeições e como petiscos, … Causam câncer!!!!!

  • Luciano Baía Meneghite:

    Resumindo: Não se pode afirmar, nem descartar por completo a hipótese. Triste é a guerra de informação que envolve inocentes úteis que enganadas pela mídia golpista passam a ter uma visão distorcida sobre Hugo Chaves que é sempre ridicularizado e mostrado como ditador, bronco, truculento. É revoltante

  • Neville Martins:

    Então não há substâncias cancerígenas ?

  • jane:

    Hugo Chaves=Bossal
    Então se for assim tem alguém querendo matar os atores.

    Afff destas besteiras todas.

  • alx:

    Acho que a melhor maneira de causar Câncer em alguem é deixa-la bem deprimida, pra baixo, vamos dizer que morta por dentro, ela fica com tanto desejo da morte que a morte vem ate ela e vai se auto destruindo atraves do Cancer

  • Ezio Jose:

    A mutação com crescimento desordenado de uma célula pode ocorrer por diversos fatores. A ciência baseia-se nos casos comuns em que comprovaram a maioria dos casos usando culpas em algo que habitualmente o paciente tem por costumes ou vícios.
    Temos dois sistemas nervosos regulares em nosso organismo: Sistema Nervoso Simpático (SNS) e o Sistema Nervoso Parassimpático (SNP). Nossas glândulas trabalham concorrente à esses dois sistemas, porém, a ciência só leva em conta o Sistema Nervoso Simpático. É pelo Parassimpático que funcionam as doenças psicossomáticas que também tornam-se realidades no organismo. O nosso pensamento atrai ou repulsa aquilo que imaginamos de acordo com a fé ou a formação cultural. É aí que os feitiços, bruxarias e outras formas negativas manifestam em nossa vida.
    Os americanos sabem disso com conhecimento de causa e as emais cultura absorve com vivência da ignorância.

  • Elizabeth:

    De acordo com a teoria do maluco do Chavez, que se cuide a presidente da Argentina, porque os americanos vão tentar de novo. rsrsrsrsrsrs

  • Nika Pinika:

    Acho que tem mta gente no mundo para supervalorizar os Estados Unidos, pqp…
    Ainda que se admitisse a possibilidade da teoria, pq teria que ser ação dos americanos? É como se qq outro país do mundo fosse composto de uma série de idiotas incapazes de pensar em qualquer coisa (mesmo que maléfica, rs). As mentes geniais, mesmo que a serviço do prejuízo coletivo, são só dos EUA… Ah, esse povo tá precisando de um tanque cheinho de roupa suja!

  • Lucyano Valdez:

    Já pensei nisso. É coincidência demais. Se já se falam que os EUA podem causar terremotos, maremotos, e furacões por conta de armas secretas, por que não induzir câncer em líderes nocivos aos seus objetivos na América do Sul??

  • eduardo:

    Os americanos já são o câncer do mundo…

    • wilsonr:

      voce, caro colega, deve ter fugido da aula em que fala da 2ª guerra ou outras.
      Nós não estamos falando alemão(se vc estudasse história, saberia que existia um plano, ou acordo entre a Argentina e a Alemanha, durante a segunda guerra, onde, a parte do sul e sudeste do Brasil, seria anexada pelos alemães, se eles tivessem ganho a guerra) graças a eles. Nâo vivemos em um regime comunista, como de Cuba, tambem, graças a eles.
      Este povo, é admirável.
      Se vc tem celular, carros modernos, tvs e outras, não se esqueça de que tudo é graças, em grande parte, a eles, a não se esqueça de que até o pc que vc ta usando para falar isto, foi desenvolvido lá, pelo Bil e pelo Estive, e se não fosse eles, povo americano, voce não teria acesso e este portal, kkkkk. desculpe voce deve ter falado do signo de cancer

    • MariannaGoret:

      Cara… seu comentário foi 10!
      Parabéns pela explicação.

      As pessoas ignorantes, tem o conhecimento mas não fazem questão de segui-lo.

    • Ezio Jose:

      Graças ao Lula que deu condições aos brasileiros.

      Graças a abertura política que lutamos por ela porque senão estávamos batendo continências para os milicos por ordens dos EUA. E ainda há pouco tempos tirando os sapatos para pisar em solo lamacento dos incas.

      Se demorasse mais como eles queriam e a rede Globo de Televisão idem, nós já tínhamos a bandeira como ela é.

    • jane:

      Concordo plenamente, não adianta ajudar e destruir ao mesmo tempo, apenas pelo seu próprio bem, tudo q fazem, visam o melhor para eles.

  • Garrete Reis:

    Olha, não duvido. Eles têm tecnologia, e já mostraram q podem fazer mal uso dela. No mais, eles já enviaram cartas com Antrax pra própria população, tentando acusar terroristas e alimentar a “guerra contra o terror” (duvida? vai no google). Um país q ataca seu povo com um vírus tão mortífero pode fazer qualquer.

  • Tiago Moah Weimer:

    Huuuu…
    Teoria da Conspiração!!
    Ela nunca morrerá!!!
    Hahahhaa

  • Rone:

    O Hugo anda vendo filmes americanos demais ( isso é pecado, pra ele k k k … Ele fala demais . ” porque não te calas ?!

  • Angélica M.:

    Ah que bobeira! Parece que não tem mais nada pra falar de útil então abre a boca pra falar besteira. Pra mim isso é típico de politicos.

  • Luis Alfredo:

    Se fosse fácil assim para os americanos induzirem câncer nos políticos sul americanos, então por que Evo Morales, aquele presidente boliviano que era líder dos plantadores de coca, e que expropriou as petrolíferas estrangeiras, mastigou folhas de coca dentro da ONU, não pegou câncer ?

    • Ezio Jose:

      Não pegou nesse caso por que?
      Os EUA é um grande consumidor de coca.
      Mastigar folhas coca na Bolívia ou tomar seu chá é um costume daquele povo. No trem boliviano quando ganha algumas altitudes nas Cordilheiras dos Andes é comum servir o chá da folha de coca.
      A benzoilmetilecgonina, sim, esta é droga e muito consumida no mundo inteiro. Ela é subtraída da coca e tem seus malefícios.

    • Jorge:

      Fácil não deve ser, nem impossivel, mas, confiar de mais na medicina e seguir à risca todos seus conselhos é muito perigoso.
      Parece que muitos médicos estão mais do lado da industria farmaceutica do que dos pacientes.
      Eu não duvido de nada.

  • Junior macedo:

    Bem eu axo ke por meio da ciência td pode acontecer mais caso seja com ela ou não, eles jamais nos revelaria isso se existe é um grande segredo de estado, mais eu acredito ke possa ser por meio de bruxaria pq esses lideres tem suas religiões ao qual tem suas intidades e muuito desses politicos e lideres cultuam magia negra em secreto o Hugo Chaves não é tão lunatico a ponto de viajar nas idéias ele sabe muito bem como funciona os bastidores do meio politico mundial,é melhor nóis peskisarmos e não fikar na onda dessas explicações meio ke lavagem celebral…..

    • Juliano:

      Nossa cara, lavagem ceLebral foi de doer os olhos! Temos que pesquisar sim, mas primeiro como se escreve corretamente, ou não iremos á lugar algum!

  • Bruno Ávila:

    E, como sempre, os norte-americanos querendo matar a humanidade… ou não!

  • Raimundo C Santos:

    Talves pelas vias que a ciência imagina, fica difícil induzir um câncer, mas adicione uma dose extra de ressentimentos, mágoas, pressões psicológicas, sede de poder, raiva e uma série de outros sentimentos inferiores que ficam guardados no interior destas pessoas que ocupam posições e cargos tão distintos, manifestam no organismo em forma de doenças crônicas como forma de drenar as energias acumuladas ao longo do tempo. E isso vale pra qualquer um de nós…

    • antônia:

      Essa linha de raciocínio eh preconceituosa e sem embasamento científico. Não, não estou defendendo esses loucos ditadores. Eu explico: só quem já teve câncer sabe como eh irritante ouvir pessoas ignorantes comentando que isso eh causado por sentimentos inferiores como mágoa ou rancor. Não bastasse estar sofrendo entre a vida e a morte, tendo que enfrentar os efeitos colaterais da quimioterapia e rádio, ainda ter que lidar com esse tipo de acusação eh demais!!! Câncer eh causado por predisposição genética (como no meu caso) e agentes externos (cancerígenos químicos como agrotóxicos, ou radioativos, inclusive radiação solar). Eh claro que mágoa ou tristeza profunda pode baixar o sistema imunológico e proporcionar um ambiente propício ao desenvolvimento de diversas doenças, mas eh quase impossível que seja o único agente causador.
      Espero que essa crendice típica do nosso país um dia acabe, pois nenhum paciente com câncer merece, de “brinde”, esse tipo de estigma.

    • Ronin679:

      Sua colocação é muito oportuna, caro Raimundo. Pena que muitos “cientistas” preferem achar que isto é que é ficção.
      Abraço.

  • Jessica:

    Parece que a matéria original é de um site americano… talvez seja só coincidência mesmo.

  • Paulo Rodrigues:

    gostaria que o artigo comentasse sobre a possibilidade de se haver desenvolvido uma forma de utilizar os celulares usados pelos presidentes como receptores de grandes concentrações de ondas de rádio, o que durante meses seguidos poderia induzir o câncer – alô, Sr. Presidente ? Alguém liga para o presidente, e enquanto este fala ao celular, uma antena direcional de alta potencia seria utilizada…

    • Renan:

      Muito interessante a tua hipótese Paulo, porém acredito que essa emissão, mesmo que exagerada, não iria ocasionar danos certeiros. Fora que o aparelho em questão deveria ser fabricado com a característica de quando usado expor o usuário à níveis extremos de radiação, o que um aparelho comum não teria a capacidade de fazer, acredito eu. Mas fica a dúvida.

Deixe seu comentário!