Compostos orgânicos que criaram vida na Terra podem ter se formado ao redor do sol

Por , em 2.04.2012

Os planetas do sistema solar, de acordo com as teorias mais aceitas, teriam se formado por volta de 4,5 bilhões de anos atrás. A formação aconteceu a partir do choque entre pequenas partículas, que pouco a pouco foram se juntando e formando rochas, até que se tornaram massivas o bastante para ter gravidade e “nascerem” como planetas. Mas como se criaram as moléculas orgânicas que proporcionam a vida?

Um estudo recente, conduzido por dois geofísicos da NASA, sugere que a matéria necessária para que haja vida foi resultante de dois compostos: inicialmente, as substâncias resultantes de um disco de poeira que orbitava o sol. A estes grãos de poeira, dentro do próprio disco, teria sido adicionada radiação ultravioleta, o que deu origem às primeiras moléculas orgânicas.

Dessa maneira, foram criados “blocos criadores de vida”, ou seja, compostos fixos de matéria orgânica em órbita. De alguma maneira (que ainda é tema de debate entre os cientistas), tais “blocos” teriam chegado à Terra ainda em estágio primitivo de formação geológica, e a vida teria se iniciado em nosso planeta a partir deste instante.

As explicações dos geofísicos da NASA foram elaboradas a partir de um modelo computadorizado para explicar a teoria. A base desta união de compostos solares, segundo eles, seriam átomos de oxigênio e nitrogênio, que gradativamente foram se recombinando e dando origem a materiais mais complexos.

Mais do que explicar o que teria acontecido em nosso sistema solar, os pesquisadores defendem que este mesmo procedimento pode ter acontecido em estrelas semelhantes ao sol, o que dá margem a ideia de que pode haver vida em outras regiões do espaço, ao redor de qualquer estrela. [LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

23 comentários

  • Arianna:

    Para mim,tudo o que se diz respeito à origem da vida aqui na terra,ainda é um grande enigma!!Mas acho super interessante os resultados das pesquisas dos cientistas,afinal,eles já descobriram muitas dúvidas nossas e quem sabe um dia,de fato,provem como surgimos…Isso já é um grande avanço,temos o privilégio de está presenciando alguns fenômenos como esse da notícia acima!!

  • João Alberto da Silva Frota:

    Acredito que o Universo esteja repleto dos elementos dinâmizadores da vida orgânica. O sol como toda estrela emite iradiações ionisantes e calorificas e sua insidência sobre os seres vivos transforma-os, nutri e mata diacordo com as condições ideais ou não. Não creio que o sol seja reponsável por tudo, mas cada mundo está ou não condicionado por fatores extruturais de distancia e geologia vulcânica, pressão atmosférica e outros fatores inerente aos propósitos do criador que usa suas Leis harmônicas para que tudo siga dentro do estabelecido naturalmente, até que nós tenhamos instrumentos e capacidade de compreender.

  • Bovidino:

    Claro que o Sol é no mínimo o responsável direto pela existência de vida no nosso planeta. Sem a energia dos raios solares, todos sabem o que ocorreria conosco. As energias que promovem e sustentam as miríades de vidas estão por todo o universo.

  • João da cruz:

    Já vi de tudo com relacão a nossa *Origem, vei de adão e eva, veio dos ETEs, chegamos aqui atraves de mêteorito, r muito mais , afinal realmente de onde vimos, qual nossa origem?, agora os cientistas alegam que somos das imediações do *Sol, será mesmo? tambe acredito, são 4 bilhões de anos, pode ser.

  • Willian:

    O Universo é um jardim, e nele, a vida surge de diversas formas e maneiras.

  • Imuniverse:

    Faz tempo que é fato existirem moléculas organicas no espaço interestelar.

  • @Giih_Liish:

    Sinceramente, eu acho uma bobagem esses brilhantes cientistas dedicarem o seu tempo para essas pesquisas de como o Universo surgiu, como a vida surgiu e blá blá blá… se isso realmente fizesse grande diferença os estudos hoje não estariam tão avançados. Isso é passado e não interessa tanto assim, o que realmente deveria ser o foco atualmente é essa doença chamada câncer, que vem matando milhões de pessoas todos os dias, entre outras… estes deveriam usar suas mentes magníficas em coisas que realmente vão trazer um impacto real para a vida das pessoas.

    • Giovane:

      É justamente a sede por respostas que movem a humanidade. Foi graças a curiosidade humana que nos permitiu evoluir até os dias de hoje.
      Estudos de cura do câncer já existem de monte por aí; diversos testes em cobaias humanas estão sendo feitos e a cada ano surgem novas técnicas de tratamento e cura p/ o câncer.

    • @Giih_Liish:

      Eu não critico a curiosidade humana, eu só questionei o fato de usarem isso pra coisas que não tem muita importância, só isso. E eu sei dos estudos já realizados em cobaias, mas se o esforço usado nessas pesquisas fosse tão grande quanto o de pesquisas sobre a origem de tudo, com certeza as coisas já estariam muito mais avançadas.

    • Alex:

      se conseguimos entender como tudo se originou, poderemos entender os próximos passos para o futuro, e acredito, isso é importante…

    • Sagas:

      @Giih_Liish compreendo sua visão. E sim deveria haver uma maior preocupação a questão biológica, afinal a natureza já nos deixou para trás ao criar uma bactéria substituta a nossa síntese celular. Há bilhões de anos tal acontecimento levou a uma das maiores extinções em massa conhecidas. Vale ressaltar que agora é a hora de mudanças. O aquecimento global é uma realidade e se queremos manter nosso DNA não devemos nos preocupar apenas com doenças e sim com a realidade quântica, com a transformação que a Terra fará para se tornar semelhante a Vênus. A astronomia é a base para a vida. Sabe se pegarmos a ideia no rascunho poderemos fazer diferente e sobreviver a regra das extinções em massa. Sinto em dizer isso, sou vegetariano e contra testes com animais, mas, no momento a física é mais importante.

    • john:

      @Giih_Liish, com o que você trabalha e por que você não pára de fazer isto(seja qual atividade for) para se dedicar à pesquisa da cura do câncer, que é muito mais útil e importante?

      Sabe porque eles não pesquisam o câncer? Porque não querem. E tem todo o direito de não querer.

    • cicero nascimento da costa:

      Minha cara,toda forma de buscar conhecimento é de grande valia para a humanidade,geofisicos,astronônomos ,astrofísicos,exobilogistas tem q pesquisar a cerca do macro mundo q nos cerca,afinal a vida nos remete ao universo,é de que q nós viemos realmente sugiro q leia:” a ordem implicada das coisas” de David Bohm.Aos biologistas e genticista cabe pesquisar sobre O cãncer e outros males biologicos. Mas o universo hje tem q ser entendido,afinal de pensarmos direito é nele em útima intacia que nos estamos inseridos,o universo faz parete de nòs,ou nos remetemos a ele.

    • haha:

      Nossa, que isso??
      Cada cientista tem sua área, não tem lógica um astrônomo descobrir a cura do câncer e tbm não tem lógica um médico tentar descobrir um planeta habitável por exemplo

      Todas áreas são importantes, astronomia também é muito importante, graças a ela temos computadores pessoais, telecomunicações e muitas outras coisas

      Além de prever possíveis perigos no espaço, por exemplo um asteroide vindo em direção a Terra, toda humanidade poderia ser extinta para sempre, mas prevendo um asteroide, podemos ver alguma forma de que aquele asteroide não se colida com a Terra

    • Lulu:

      Oi? Já ouviu falar que a ciência tem ramos de estudos diferentes?
      Acredito que os cientistas que se dedicam a estudar a origem da vida no planeta não são os mesmos interessados em descobrir a cura para o câncer ou qualquer outra vertente da Biomedicina.

  • JHR:

    Refutar a hipotese da panspermia atualmente seria como um tribunal de inquisitores determinar que a terra é o centro do universo.

  • André Luis:

    Eu imagino que o Universo deva estar “recheado” de vida, isto contando apenas a nossa galáxia!

  • Walrus:

    Qualquer coisa…, menos dizer que a vida surgiu de um meteorito!

  • Danilo Ramos:

    Se a vida foi transferida do sol para a Terra em blocos, todos os planetas vizinhos deveriam ter recebido os mesmos blocos e assim a vida teria surgido em todo o sistema solar. O fato de que a vida desenvolveu-se aqui na Terra e não nos outros planetas nos faz pensar que tais elementos necessários à vida são encontrados na Terra. Sem esta ligação da Terra com “tais blocos” a vida com certeza não existiria. Da mesma forma que tais “blocos” foram formados no sol e transportados até a Terra, nos faz pensar que em outros sóis o processo teria sido o mesmo. Assim, outros planetas que tem caracteristicas comuns ao nosso, com certeza abrigam formas de vida mais desenvolvidas ou menos desenvolvidas que a nossa. Tudo isso iria depender do tempo em que tais blocos conseguiram chegar a superficie do planeta. Como o sol é ainda uma estrela anã e existem muitos outros que são muito mais velhos….nao estamos sós no universo.!!!!

    • @Matheus_:

      Danilo,

      Não esqueça que esses “tijolos” de vida não vingariam se as condições do planeta não fossem favoráveis para a criação da vida como a conhecemos (Não me venham falar do Silício!).

      Além de estar próximo de uma estrela que estivesse “expelindo” essa matéria bruta, o planeta concorrente a berço de vida também deveria estar naquela zona de conforto em que a água pode ser líquida em sua superfície.

    • R^ml:

      Não se desgastem com detalhes do tipo: onde, como, quanto de “tijolos da vida” se formaram.

      Não importa se existem causas naturais para a formação deles, pois existe um caminho ainda muito mais loooooooooooongo para que eles se organizem em qualquer tipo de vida.

  • R^ml:

    Pelo visto, eles vão ganhar mais um milhãozinho para continuar suas pesquisas…

  • Jonatas:

    Pelo visto, o paradigma da Panspermia ganha cada vez mais força.

Deixe seu comentário!