Conheça a exótica lula de tentáculos incrivelmente longos

Por , em 25.11.2013

As lulas Magnapinna são uma das criaturas que vivem nas camadas mais baixas dos oceanos – tão profundas que até recentemente desconhecíamos muitos dos seres que lá vivem. Até hoje, na realidade, pouco se sabe sobre estes animais, uma vez que pouquíssimos exemplares desta espécie já foram capturados. No entanto, desde a última década, tem havido um aumento expressivo no uso de veículos operados remotamente (ROV, na sigla em inglês) e de submersíveis, que cada vez mais frequetemente têm relatado a presença destas curiosas lulas.

A grande estranheza que se tem quando se observa uma dessas criaturas é o fato de os tentáculos representarem até 90% do comprimento total do seus corpos. As lulas ainda são capazes de levantá-los em um ângulo de 90˚ ao lado do seu corpo.

A primeira vez que uma lula Magnapinna foi avistada foi aqui no Brasil – quer dizer, quase. A tripulação do submarino francês Nautile encontrou uma destas lulas em alto mar, na costa da Região Norte, a 4.375 metros de profundidade – isso mesmo, mais de 4 quilômetros para baixo na água!

Mais recentemente, em novembro de 2007, um veículo operado remotamente da companhia de petróleo Shell capturou imagens de uma Magnapinna em vídeo (abaixo) a uma profundidade de 2.386 metros.

É fácil perceber quão exótica essa criatura parece para nós, que estamos acostumados com os seres vivos daqui da superfície. Quais outros seres fascinantes o fundo do mar ainda possui que nós nem imaginamos? [Deep See News]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Andony Nóbile:

    Uau, parece de outro mundo. E tecnicamente é, existir animais que suportam essa pressão enorme que é exercida a essa profundidade, significa que a vida não é sempre como nos é padronizado.

  • Susan Bacelar:

    Parece um ET…

Deixe seu comentário!