Raio mata 323 renas na Noruega

Por , em 29.08.2016

A cena encontrada no sul da Noruega na última sexta-feira (29) faria Papai Noel (e qualquer outra pessoa) passar mal: 323 renas foram encontradas mortas em um parque que permite caça. A Agência Ambiental da Noruega informou que 70 eram filhotes e que cinco animais que ainda estavam vivos tiveram que passar por eutanásia.

Autoridades acreditam que o que causou as mortes foi uma descarga elétrica durante uma tempestade que atingiu a região de Hardangervidda naquele dia.

Esta é a tempestade mais mortal já registrada. “Já ouvimos falar de animais que foram atingidos por raios e morreram, mas não lembro de um raio ter matado animais nesta escala antes”, diz o porta-voz da Fiscalização da Natureza da Noruega (FNN), Knut Nylend. “Não sabemos se foi um ou mais raios; isso seria apenas especulação”, completou.

renas mortas raio noruega

Nylend encontrou as carcaças em uma parte remota de uma área particular de caças, e funcionários da FNN foram enviados para colher amostras dos animais. O Parque Nacional Hardangervidda abriga cerca de 10 mil renas selvagens que migram pela região durante o ano.

Recorde de mortes

O raio mais mortal envolvendo animais matou 68 vacas na Austrália, em 2005, de acordo com o Livro dos Recordes Guinness. Já envolvendo pessoas aconteceu em 1971, quando um avião peruano foi atingido por uma descarga e caiu na Amazônia, matando 91 pessoas. [The Verge, Gizmodo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

1 comentário

Deixe seu comentário!