Desenvolvimento de savanas está relacionado com a evolução dos hominídeos

Por , em 17.08.2011

As savanas africanas – e não as florestas – podem ter sido o berço da evolução humana. Esse ecossistema pode ter abrigado nossos antepassados em momentos cruciais da evolução.

A linhagem humana se originou cerca de 2,5 milhões de anos atrás, coincidindo com a expansão das savanas (pradarias com árvores) em toda a África Oriental. Pesquisadores afirmam que essas savanas foram fundamentais para nossa evolução, pois a posição ereta foi possível pela substituição das florestas tropicais pelos espaços abertos das savanas. Assim, as mãos ficaram livres para o uso de ferramentas.

Um novo estudo com isótopos de carbono de solos antigos demonstrou que, aparentemente, a gramínea e as árvores espalhadas da savana prevaleceram pelos últimos 6 mil anos no leste africano, onde alguns dos mais antigos fósseis humanos foram encontrados.

Onde quer que encontremos ancestrais humanos, encontramos evidências de habitats abertos, semelhantes aos cerrados – muito mais semelhantes com savanas do que com florestas.

Ao que tudo indica, até mesmo os nossos ancestrais australopitecos, típicos moradores de florestas, tinham parte da dieta com gramínias e plantas relacionadas com a savana, pelo menos nas épocas de calor.

Antes das descobertas da nova pesquisa, muitos cientistas acreditavam que as savanas tinham surgido depois, cerca de 2 milhões de anos atrás. O estudo sugere que o desenvolvimento do bipedismo, 4 milhões de anos atrás, é extremamente relacionado com as savanas.

Os ancestrais humanos possivelmente preferiram as florestas inicialmente porque elas forneciam comida, abrigo e sombra. O que poderia ter, em seguida, promovido a evolução dos hominídeos – as espécies da linhagem humana que vieram depois dos chimpanzés – foram os diversos novos recursos disponíveis em savanas e em suas proximidades.[LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 3,67 de 5)

Deixe seu comentário!