Dica de prova: fazer 20 minutos de exercício físico logo antes pode ajudar nos resultados

Por , em 17.03.2014

Dizem por aí que em dia de prova vale tudo para se dar bem. Acordar com o pé direito, vestir a camiseta da sorte, pé de coelho, olho grego, trevo de quatro folhas, e por aí vai. Mas, se você estudou tudo o que deveria e está concentrado para uma prova, talvez você esteja procurando a tal da “mãozinha” no lugar errado. Nem mandingas, nem amuletos, nem nada disso. Se quer uma boas dicas de prova – que possam contribuir com bons resultados, além de beber água, faça 20 minutos de caminhada anteriormente.

Dica de prova: faça uma caminha antes da prova

As pesquisas que resultaram nesta conclusão começaram em 2010, quando um grupo de pesquisadores da Universidade de Illinois (EUA) reuniu crianças de 9 e 10 anos para um estudo. Eles dividiram as crianças em dois grupos, e apenas um deles foi estimulado a fazer exercícios físicos (como correr, caminhar ou jogar bola) antes de fazer uma avaliação escrita. E, ao comprar os resultados, eles verificaram que as crianças que haviam feito exercícios antes tiveram resultados melhores.

Os pesquisadores repetiram a ideia deste teste utilizando técnicas mais complexas e um conjunto diferente de crianças, e o resultado foi o mesmo. Então, elas foram submetidas a exames de ressonância magnética, que deixaram mais clara a relação entre os exercícios aeróbicos e as notas mais altas.

Na imagem, podemos ver bem o que acontece:

p7gpfamluddimbtx4nyc

As crianças que praticaram exercícios físicos tinham gânglios basais maiores, uma parte-chave do cérebro que ajuda a manter a atenção e o “controle executivo”, ou a capacidade de coordenar ações e pensamentos mais objetivamente. E, como todas as crianças que participaram do estudo tinham origens socioeconômicas semelhantes, bem como índices de massa corporal e outras variáveis muito parecidas entre si, os pesquisadores concluíram que estimular o corpo por meio de atividades físicas tinha sido o fator responsável pelo aumento dessa região de seus cérebros.

É difícil dizer se o que é verdade para crianças em idade escolar é também verdade para adultos mais velhos ou adolescentes, mas há indícios que sim. Um estudo paralelo fez um comparativo entre a aptidão cardiovascular e cognição em adolescentes e jovens universitários. Os resultados mostram que a saúde física tem um papel bastante significativo na saúde mental. E mais: fazer exercícios durante a manhã, antes de provas decisivas, ou pelo menos andar até o local da prova ao invés de pegar uma carona, pode ser o que diferencie os seus resultados. [Life Hacker]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

3 comentários

  • Oswaldo pereira:

    as informaçoes sao de muita utilidade e reflexao.

  • Waltinhoo Junior:

    Olá, meu nome é Walter Rodrigues dos Santos Junior, sou estudante de Educação Física. São vários fatores, a autora não identifica detalhadamente quais foram os métodos utilizados para a avaliação, qual foi o tempo de coleta de dados e também a quantidade de horas de estudos, só informou que um deles fez 20 minutos de exercícios físicos. Eu acho que ficou muito vago o texto no site.

    Vou procurar na integra esse trabalho dos cientistas da Universidade de Illinois, está muito vago o texto.

    • Marcelo Ribeiro:

      Vai na fonte. Está ali no fim. Investigue.

Deixe seu comentário!