Em quais países o casamento gay é legalizado?

Por , em 30.06.2015

No final da semana passada, a decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos fez com que o país norte-americano se tornasse o 23º do mundo a reconhecer o casamento homossexual como legal em todo seu território. (Isto é, se a gente considerar o Reino Unido, onde o casamento gay é legal em todos os lugares, exceto na Irlanda do Norte.)

Mapa mundial do casamento gay

O parlamento holandês legalizou o casamento gay na Holanda em 2000, mas a maioria dos outros 19 países desta lista só seguiram esse incrível exemplo nos últimos anos. A Irlanda, em 2015, foi o primeiro país a legalizar o casamento gay através de uma votação popular.

A lista abaixo foi compilada pelo Centro de Pesquisas Pew e está em ordem alfabética, relacionando os países e o ano em que o casamento gay foi reconhecido legalmente.

País/ ano em que o casamento gay foi legalizado

  1. Argentina – 2010
  2. Bélgica – 2003
  3. Brasil – 2013
  4. Canadá – 2005
  5. Dinamarca – 2012
  6. Inglaterra (Reino Unido) – 2013
  7. Finlândia – 2015
  8. França – 2013
  9. Guiana Francesa – 2013
  10. Groenlândia – 2015
  11. Islândia – 2010
  12. Irlanda – 2015
  13. Luxemburgo – 2014
  14. México – 2015
  15. Países Baixos – 2000
  16. Nova Zelândia – 2013
  17. Noruega – 2009
  18. Portugal – 2010
  19. Escócia (Reino Unido) – 2014
  20. África do Sul – 2006
  21. Espanha – 2005
  22. Suécia – 2009
  23. Estados Unidos – 2015
  24. Uruguai – 2013
  25. País de Gales (Reino Unido) – 2013

No México, a Suprema Corte decidiu que as leis locais que proíbam o casamento entre homossexuais eram inconstitucionais. Embora a decisão não ataque automaticamente essas leis, casais gays podem exigir seus direitos, e fazer com que os tribunais inferiores sejam obrigados a conceder a união. É uma área cinzenta na constituição do país, mas os ativistas ainda defendem que o casamento gay seja considerado legal em todo o país.[qz]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)

2 comentários

  • Cesar Grossmann:

    Muitos americanos indignados com a aprovação do casamento gay disseram que iam se mudar para o Canadá. Santa ignorância…

  • Júnior Freitas:

    Faltou a peque as Ilhas Pitcairn que aprovaram uma lei que autoriza o casamento entre homossexuais

Deixe seu comentário!